Início » Celular » TB Cast #53 – O melhor e o pior da tecnologia em 2013

TB Cast #53 – O melhor e o pior da tecnologia em 2013

Por
5 anos e meio atrás

ArtPod53

Neste último TB Cast de 2013, os editores do Tecnoblog Thiago Mobilon, Paulo Higa e Giovana Penatti se unem aos colaboradores Jacqueline Lafloufa e Thássius Veloso para relembrar o que teve de melhor e de pior no mundo da tecnologia: a espionagem da NSA, o crescimento das Bitcoins, grandes lançamentos de smartphones e de games, os serviços que foram desta para uma melhor no ano. Qual foi o acontecimento mais marcante de tecnologia para vocês?

Pautas do ano

Estes são os posts referentes aos assuntos que abordamos no TB Cast #53. Se prepara que a lista é grande!

Espionagem:

Bitcoin:

Protestos:

Telecom no Brasil:

Nova geração de consoles:

Principais lançamentos de smartphones e cia.:

Novos sistemas operacionais:

Serviços que deram adeus:

Se você chegou até o fim desta lista e/ou ao fim do TB Cast, já sabe das nossas duas notícias mais “pessoais”: a primeira é que, o TB Cast e o TB Live vão sair de férias por algumas semanas. A segunda é que nossa sede em São Paulo, o Tecnocenter, irá acabar junto com o ano, mas vem outra maior aí! O Tecnoblog, como sempre, continua firme e forte e com muitas resoluções de Ano Novo. 😉

Você deveria ler

Especiais da semana:

Posts mais compartilhados do ano: 

  1. Adeus, Winamp: player de mí­dia vai ser descontinuado em dezembro (18.574 compartilhamentos)
  2. Brasileiro vende item raro de DotA 2 por quase R$ 90 mil (11.739 compartilhamentos)
  3. Pode tomar um calmante: o PlayStation 4 vai chegar ao Brasil por R$ 4 mil (10.575 compartilhamentos)
  4. Adeus, memes: novo algoritmo privilegia páginas de “alta qualidade” no News Feed do Facebook (9.560 compartilhamentos)
  5. Você pode acelerar o carregamento de ví­deos do YouTube desativando o DASH (8.488 compartilhamentos)

Comentários dos ouvintes

Thyago Neves

Drones não são puramente pilotados, existem drones autônomos em teste. Porém, creio que no caso da Amazon, serão pilotados sim.
Um exemplo de drones autônomos: http://www.youtube.com/watch?v=dgDRQbyiM8U. Obviamente, as tomadas de decisão são pré programadas, utilizando inteligência artificial, portanto, para algo assim (drones autônomos) chegar a ser usado livremente no meio comercial, ainda vai bastante tempo.
Um abraço. O trabalho de vocês está cada dia melhor.

Felipe Simonetti

Thiago Mobilon, trago a você a prova de que é possível pedir para a Siri procurar por Foo Fighters! Kkk E olha que consegui de primeira!
Fora isso gostaria de dizer que adoro tbcast e passei um bom tempo imaginando esse futuro cogitado por vocês com drones, interações pesadas entre pessoas e googles now ou siris e por ai vai. Além disso, gostaria de sugerir um tema, as tecnologias que foram cogitadas para a Copa do Mundo de 2022 caso essa fosse realizada no Japão.
Abs Mobilon, Higa e Giovana

FrankCastle

Fala pessoal!
Esses aplicativos de avaliação deram o que falar mesmo ein? Até o perfil no twitter do Ponto Frio entrou na brincadeira: https://twitter.com/pontofrio/status/406182756125646848
Sempre fui entusiasta de ferramentas de reconhecimento de voz. Vocês se lembram do IBM Via Voice para PC? *acho que não, devem ser “novinhos” 😉 Foi algo bem inovador antes dessa explosão do Google e seus milhares de serviços. Ainda assim, confesso que, na prática, não acho muito útil. (já no XONE, parece que este recurso ficou bem legal, vocês viram?). Algo que abracei tanto no iOS quanto no Windows (Active Words, por exemplo), foram as ferramentas de expansão de texto (você digita uma palavra ou alguma abreviação e o software o transforma em uma palavra ou frase maior), essas sim acho que são muito úteis.
Sobre os Drones da Amazon, apesar de ser algo incrível, acho completamente viável. Como é algo que a pessoa já está esperando, deverá ter algum alerta quando estiver a “x” metros do local de entrega e a pessoa deverá ir ao encontro (já que ela deverá estar com pressa para querer uma entrega em 30 minutos). Quanto a roubos, dependendo do estado e região dos EUA, acho que não é um grande problema. Já pessoas “abatendo” drones com armas… bem aí já não sei 😉
PS: Estou lendo “Piratas de Dados” (Islands in the Net), do final dos anos 80. Chega a ser irônico como a visão de futuro que autor teve na época está bem parecida com o que temos atualmente. Há um trecho onde um desses drones (equipado com armas) mata uma pessoa. Até mesmo uma emissora de TV recentemente, usou um drone com câmera para registrar imagens de algum evento.

Roberto Pereira de Freitas

Sabe o que o Youtube não se ligou ainda, e acredito que num futuro próximo ele vai inventar alguma ferramenta para detectar? Os merchans feitos nos vídeo de Vlogs onde o Youtube não ganha nada. Exemplo um vídeo que anuncia algo e onde só quem ganha é o vloguer e a empresas que está anunciando, pois é de um acordo direto entre eles, mas o Youtube que é o meio de transmissão não ganha nada de nenhum dos dois. Podem anotar…

Assine o TB Cast

Sim, ficaremos ausentes por algum tempo. Mas você pode ser o primeiro a receber os próximos episódios quando voltarmos às nossas atividades audiovisuais normais – e tem um monte de episódios que você pode ouvir enquanto isso, caso não tenha acompanhado todos. É só nos assinar:

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.