2013 foi o ano de várias coisas, entre elas a Bitcoin. A moeda virtual criptografada existe há mais tempo, mas foi em 2013 que ela foi parar em manchetes em todo o mundo e se tornou mais conhecida – tanto que sofreu uma valorização absurda: no primeiro dia do ano, uma Bitcoin valia US$ 13,50; no começo de dezembro, passou os US$ 1.200.

Mas a Bitcoin não é a única de seu tipo: a mais conhecida talvez seja a Litecoin, que também tem crescido em importância e valor no mercado das moedas não-regulamentadas e criptografadas. E, no começo de dezembro, uma outra foi criada e não para de ganhar novos adeptos: a Dogecoin.

dogecoin

O nome parece familiar? É porque foi inspirado em um meme, o Doge, esse Shiba Inu que fala em Comic Sans colorido e tudo errado.

A Dogecoin foi criada numa parceria entre dois caras e começou no final de novembro. Um deles é Jackson Palmer, que trabalha no marketing da Adobe na Austrália e teve a ideia (foi meio que uma piada, na verdade) de criar uma moeda com o rosto do cão. O outro é Billy Markus, que estava trabalhando no código da Bitcoin para desenvolver uma nova moeda quando encontrou a ideia de Palmer.

A nova moeda ganhou popularidade no Reddit (assim como o meme) e é nas páginas do fórum que residem as principais trocas de informações sobre seu funcionamento.

Algumas das principais diferenças da Dogecoin em relação à Bitcoin são seu tempo de mineração bem mais curto e o total de moedas que serão fabricadas – um bilhão, contra 21 milhões da Bitcoin. Também é possível minerar Dogecoins sem precisar torrar o processador da sua máquina, já que as equações são mais simples e podem até ser resolvidas pelo browser.

Por conta de sua facilidade de mineração, do carisma do Shiba Inu e da prática de tipping virtual (semelhante a dar uma gorjeta por algo legal que alguém fez), a Dogecoin chegou a ter valorização de 250%. Lembrando: ela existe há cerca de um mês. Seu valor atual é de cerca de 0,000554 dólares.

Very robbery. Wow

No dia 25 de dezembro, um dos investidores da Dogecoin ganhou um presentão de grego de Natal: sua carteira virtual, hospedada no Dogewallet, foi hackeada. Cerca de um milhão de Dogecoins foram roubadas. Ele pediu ajuda no fórum oficial para encontrar o ladrão e várias outras pessoas disseram ter passado pelo mesmo, com quantidades menores, porém todas apontando para o mesmo endereço de envio/recebimento. O resultado do hack: 30 milhões de Dogecoins sumiram, o equivalente a cerca de 12 mil dólares.

Algo similar aconteceu com a Bitcoin em novembro, quando um site que oferecia carteiras virtuais também foi hackeado e o equivalente a milhões de dólares simplesmente sumiu. Como as transações não são rastreáveis, não houve nada que se pudesse fazer.

Surgiu uma teoria de que seria um golpe da Dogewallet e não um hack – algo plausível se tratando de uma moeda que tem um meme como garoto-propaganda, não? Mas parece que mais de um serviço de carteira virtual foi hackeado e a versão oficial ainda é de que o que aconteceu foi mesmo uma falha de segurança, que permitiu a alguém ou um grupo manipular os envios e recebimentos de Dogecoins.

Tanto que foi prometido que as perdas serão ressarcidas. Em todo caso, também foi iniciada uma campanha para arrecadar Dogecoins na comunidade e enviá-las a quem foi roubado, caso o ressarcimento “oficial” não ocorra. O site foi tirado do ar e a equipe disse que, verificando os logs, descobriu diversas tentativas de invadir o sistema. O Dogewallet irá voltar em breve, com os protocolos de segurança melhorados. Até lá, a dica para quem já investiu ou pretende aproveitar a baixa para investir nas Dogecoins, é utilizar carteiras offline para armazenar grandes quantidades de Dogecoin, já que elas são bem mais seguras.

Com informações: Buzzfeed, IBTimes

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Jhones Willer

Imagino como você deve estar hoje em dia rsrsrs...

http://economia.ig.com.br/2...

Luciano Souza
Que lixo de notícia! Site vagabundo!
Fabiano Forster
kkkkk boa...
Jeferson Ferreira
Voce acredita que o dogecoin futuramente ira valer muito mais? Vale a pena investir? Li que ela só ira perder valor com tempo.
Lucas Texeira da Silva
Minere BTC, ETH, LTC, STEEM, DOGE, XRP, DASH, GNT, BTS, CURE, XEM, XMR, ZEC, FCT, BCN, REP, LSK, MAID, USD, GRC, GOLD, BPPD e PPD nesse mineradora entrando por esse link abaixo, atualizado 2017 , se entrar por esse link ganha uma quantia de graça. https://www.eobot.com/user/986464 \ SITE VERIFICADO E CONFIAVEL// \ Funcionando 2017 //
Murilo Leticia Pecorari
dogecoin ainda irá valorizar mt mt... pessoal do bitcoin ou litecoin odeia ela pq ela veio da zuera e tem um grande potencial... kkkkk https://www.youtube.com/watch?v=000al7ru3ms
Murilo Leticia Pecorari
Uma correção a moeda dogcoin não foi hackeada não... ela esta firme e forte igual bitcoin ou qualquer outra moeda oque foi hackeado é um serviço de carteira virtual como existe milhares de serviços de carteira virtual para bitcoin... então não misture as coisas e faça correção nesse titulo .. Dogecoin, a moeda virtual inspirada num meme, já foi hackeada
Emerson Gomes
então é só eu pegar esse link e apagar tudo que tá escrito depois da "/" ??
Leonardo Henrique
Eu nao to nem ai
Ana Caroline Gonzaga Acquesta
Eu trabalho em casa pela internet com a empresa Paymony, ganho minerando, ganho indicando e ganho alugando minha máquina um valor residual de U$ 200,00 a U$ 15.000,00 por mês com isso, trabalhando nas HORAS VAGAS. Acesse meu site para conhecer como funciona e se cadastrar também: http://paymony.com/aninhacquesta2
iara_beretta
Para quem tem a cabeça dura, não sou grande entendedor disso, mas tenho a mente aberta então vamos lá... O país se chama Nerdlândia A moeda corrente deste país é: Dogecoin (Poderia ser qualquer outra cripto moeda) Como esta moeda é gerada? Criptografia e criação dos blocos de registro das transações ----- O País se chama: Estados Unidos A moeda corrente é: Dólar Americano Como esta moeda é gerada? Imprimida/criada por um banco central e manipulada por algumas pessoas ----- O país se chama: Brasil A moeda corrente é: Real Como esta moeda é gerada? Imprimida/criada por um banco central e manipulada por algumas pessoas ---- Então, como podemos usar nossa moeda corrente (Real) para comprar Dólares Americanos (EUA) Porque os moradores do país chamado Nerdlândia não poderia comprar Dólares com sua moeda corrente local? Ou porque uma moeda baseada em criptografia não pode merecer confiança? (Resistência de leigos no assunto provavelmente) Sendo que nos primórdios "da economia" CONCHINHAS E GALINHAS eram consideradas moedas! =)
Gustavo Spredemann
Mas só pra constar o dinheiro em papel é uma representação de um valor, assim como a bitcoin/outras. A diferença ta só na sua forma de pensar nela e a forma como ela é gerenciada...
Gilberto Nunes
Titulo sensacionalista pra atrair leitores. Infelizmente até o tecnoblog anda usando dessa pratica.
Marcello Corrêa
É claro que o dinheiro controlado por um banco central é muito mais estável, mas não é imune a especulação - a gente cansou de ver moedas virarem poeira com inflação e câmbio descontrolado. Basta o mercado financeiro querer para o real, por exemplo, derreter ou valorizar pra cacete. Só que, nesse caso, há muitos outros fatores envolvidos, já que estamos falando de uma moeda que é efetivamente usada para fazer negócios, comprar coisas, pagar salários - são proteções que o bitcoin não tem. Mas acho que o princípio teórico é, sim, bem parecido. A diferença é que, em vez de um banco central, o valor da moeda virtual é meio que definido pela comunidade. Enquanto essa comunidade só estiver operando para especular e ganhar em dólar, a bolha vai continuar. Se negócios começarem a surgir e o bitcoin começar a ser usado para comprar coisas, acho que essa comunidade vai se esforçar para manter uma estabilidade (assim como um banco central se esforça para manter a moeda de seu país estável). O problema é que provavelmente o bitcoin nunca chegará a essa maturidade...
Vagner Alexandre Abreu
Wooxer Pt Um banco, de certa forma, tem possibilidade de fazer as confirmações de forma "off line" também. Todos os bancos tem registros físicos e documentados de seus correntistas / poupadores. E no caso de dinheiro, que eu saiba, o dinheiro é emitido / impresso. E o lastro é esse: o quanto de dinheiro impresso. E também as garantias do governo de uma sociedade. Basta ver que hoje, infelizmente o Real sofre alguma inflação, fazendo perder aos poucos a confiança na moeda e a perda do poder de compra. Não vejo isso com o Bitcoin: vejo mais especulações e conceitos que ignoram o que uma sociedade "comum" espera: que o dinheiro tenha um valor fixo e sirva como base para pagamento de seus serviços e produtos, para que toda troca entre pessoas em uma sociedade seja justa.
Exibir mais comentários