A última novidade Steam Machines da Valve foi anunciada nesta segunda-feira (6), durante a CES 2014. A empresa de GabeN, conforme já havia sido dito, contará com parceiras para montar os computadores, que serão divididos em grupos de hardware que vão do básico até o mais avançado disponível hoje para PC gamers. O preço segue a mesma linha: a partir de 500 dólares até cerca de 6 mil.

Por enquanto, constam na lista de parceiras Alienware, Falcon Northwest, iBuyPower, CyberPowerPC, Origin PC, Gigabyte, Materiel.net, Webhallen, Alternate, Next, Zotac e a Scan Computers. A relação completa deve ser divulgada em algum momento desta semana. Além das Machines, os parceiros também poderão montar seus próprios Steam Controllers.

A Valve também mostrou os primeiros modelos de Steam Machines, com especificações e valores. Só a Alienware não deu esses detalhes:

Os 300 protótipos das Machines que foram enviados para beta testers não devem dar as caras comercialmente, já que a Valve não pretende, por enquanto, produzir as máquinas – mas não descarta a possibilidade no futuro.

Family Share

Falando em Valve, a companhia também revelou hoje novidades sobre seu serviço de compartilhamento, o  Steam Family Share. Se você já conseguiu utilizar o beta do programa, sabe que dá pra “dividir”, em termos, sua conta do Steam com até 10 pessoas diferentes, desde que sejam autorizadas por você.

Apesar de ter uma premissa bastante simples – instalar o Steam, permitir o acesso às máquinas familiares e partir para o abraço – o Family Share não era um baita exemplo de segurança. Até agora.

A Valve disse que realizará um update no serviço, para adicionar um passo a mais em seu acesso. A atualização vem para reduzir possíveis riscos de banimento de usuários, algo completamente possível, caso desconhecidos acessem sua conta e façam uma bagunça em sua biblioteca a partir de computadores não autorizados. Após o update, além da autorização de compartilhamento de conta, o dono dela também deverá identificar o usuário com quem compartilhará sua biblioteca.

Agora, além de autorizar as máquinas, você precisará autorizar também o usuário. Lembrando sempre do número limite para cada conta: 10 computadores e 10 membros do Steam, no máximo. Seus jogos agradecem pela segurança extra!

Com informações: The Verge, Engadget. Colaborou: Giovana Penatti.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Bruno Cabral
Uma maquina como essas Steam Machines tem um preço bem inferior ao de um PC com essas configurações, e é otimizada para o SO da Valve. Além de ser projetada para a sala de estar.
Carlos Alex
Flávio Ricardo pois é, marketing puro, mas não vejo isso como um problema. Você lembrou bem desse lance do AGP heim. Mas se for olhar bem, o AGP foi criado em 1996 e começou a ser substituido em 2004, são 8 anos, o mesmo tempo de vida dos consoles da geração passada. Sem contar que se o padrão da placa mãe se manter, ele ainda pode trocar ela toda, aproveitando o gabinete.
Flávio Ricardo
Carlos Alex Depois vi seu comentário mais abaixo, acho que temos mais ou menos a mesma ideia. :P
Flávio Ricardo
Carlos Alex e Leonart Gutz, é uma ideia um pouco hater, mas cara, de novidade as Steam Machine não tem nada. É um PC, com um gabinete bonito que parece um console, com um controle wireless e um sistema operacional embarcado (Linux) que vem com Steam instalado. Eu vejo as Steam Machine muito mais como uma forma de fidelização das pessoas que já usam o Steam do que como inovação tecnológica. Com o mesmo preço da Steam Machine, como citado pelo Leonardo você consegue montar um PC gamer massa e que também tem suporte a upgrade. Fico pensando quando a arquitetura dos PCs cair no mesmo problema de quando mudou de AGP para PCI Express, vai ter um monte de Steam Machine "engessada". Eu não quero parecer escroto nem ser o cara que simplesmente discorda, mas é que tudo isso me soa muito mais marketing mesmo.
Bruno Cabral
Se vc estiver falando de jogos de corrida concordo. Já FPS e survival no Linux/SteamOS já tem tantos que chega a ser chato. É CS CZ, CS 1.6, CS Source, Killing Floor, Left 4 Dead 2, Half Life 1, Half Life 2, Xcom Menemy Urknown(Beta fechado ainda), Serious Sam 3, Painkiller, etc.
Carlos Acs
É por aí mesmo. O TB podia fazer uma materia especial pra esclarecer essas coisas. Tem muita gente em dúvida ainda.
Carlos Acs
Terá se a desenvolvedora desenvolver só pra pc. Mas é pouco provável.
Bruno Cabral
Instalar o Windows numa Steam Machine é a coisa mais estúpida que já vi. Por mim a Valve bloqueia o bootloader, pois permitir o Windows além de não acrescentar nada ao usuário, ainda vai criar comodismo nos devs de jogos.
Carlos Alex
Leonart Gutz concordo, tenho duvidas tb. Quero ter uma oportunidade de testar antes de decidir se compro.
Leonart Gutz
Carlos Alex Eu estou curioso pelo controle, aparentemente parece ser extremamente ruim visto a posição dos botões em relação aos mouse pads que tbm me parecem ser muito ruins.
Carlos Alex
Leonart Gutz eu me referi a preços de jogos mais baratos que os de consoles. É como eu disse, pra quem é como a gente, que corre atrás e monta o PC do seu jeito não parece vantagem mesmo uma steam machine.
Leonart Gutz
Carlos Alex Preço mais em conta é um tanto quanto um equivoco, com R$2.200,00 você consegue montar um computador (Apenas a torre), que roda qualquer coisa atual com folga, um exemplo é o meu, com mais uns R$150,00 da para comprar o adaptador wi-fi com controle do Xbox 360. Com uma boa analise, as steam machines ainda continuam muito atrás.
Carlos Alex
Leonart Gutz sim, mas provavelmente vc é um PC gamer assim como eu. Mas aqueles que jogam no console pq não querem se preocupar com esses detalhes, é uma boa alternativa, já que alem de suportar algum upgrade, tem outros beneficios como preço mais em conta dos jogos, performance/qualidade igual ou superior, etc.
Rafael Gil
É simples: Levar o PC para a sala de estar pra brigar com os consoles. Montar um PC para a sala de estar hoje é complicado, pois: Normalmente você não acha gabinetes pequenos que "caibam" uma VGA e fonte decentes; O SO não é voltado para uso com controle remoto/gamepad e sim com teclado e mouse (que é ruim de usar no sofá); São barulhentos; não são lá muito amigáveis com Home Theaters (a não ser que vc tenha um receiver com hdmi); Fora que configurar tudo isso e colocar pra funcionar é muito trabalhoso. O Steam Machine, na minha opinião, vem pra resolver esses problemas.
Carlos Alex
Não tem segredo, as Steam Machines são só facilitadores pra colocar um PC de jogos na sala, de tamanhos, preços e configurações que o usuário achar mais interessante. A idéia do steam os é ter um ambiente e interface otimizado pros jogos, como num console, chamando a atenção desse publico. O steam controller veio para minimizar a necessidade do teclado e mouse. Mas nada impede de se instalar um windows nessas maquinas se preferir. Nada impede de usar seu PC (ou montar um novo) como uma steam machine. Não é o foco da Valve ganhar com o hardware, mas promover a sua plataforma de jogos, o steam, promovendo estes hardwares. É ganhar aqueles que jogam exclusivamente nos consoles. Eu sou um PC gamer, o meu sempre ficou ligado direto na TV, mas sinto falta de algo que complete essa experiencia. Estou a algum tempo projetando um case que fique bonito na sala de estar, e tem sido dificil. Fiquei pensando em desistir quando ví esse iBuyPower. Gostei demais dessas ideias da Valve.
Exibir mais comentários