Início » Curiosidades » Google está testando mais um jeito curioso de levar os funcionários para o trabalho

Google está testando mais um jeito curioso de levar os funcionários para o trabalho

Avatar Por

Larry Page, o co-fundador e atual CEO do Google, não para de inventar. A mais recente novidade tem a ver com o transporte diário dos funcionários para o escritório do gigante da internet no município de Redwood, ali pertinho de São Francisco. Além dos polêmicos ônibus particulares, agora o Google também oferece um catamarã pra levar os empregados de lá pra cá. O flagrante foi feito por uma afiliada da rede CBS.

Afiliada da CBS mostra o Google Ferry

Afiliada da CBS mostra o Google Ferry

Desde a última segunda-feira, os engenheiros e demais empregados podem ir à estação de barcas de São Francisco, pegar a embarcação e chegar tranquilamente à cidade vizinha. Sem perturbações, pois trata-se de um barco privado exclusivamente para os googlers. Ele trafega pela belíssima Baía de São Francisco carregando até 149 pessoas simultaneamente. São duas viagens de ida logo pela manhã e duas viagens de retorno ao fim do dia.

Seria mais ou menos como ter uma empresa de internet com escritórios em Niterói, na região metropolitana do Rio de Janeiro, e oferecesse uma barca para levar os cariocas até lá. Pode ser bem mais prático do que pegar a Ponte Rio-Niterói – sempre congestionada – para concluir o trajeto.

A administração do porto de São Francisco disse que o Google está pagando todas as taxas e tarifas referentes ao embarque/desembarque dos passageiros. Só não deu detalhes sobre o valor repassado pelo buscador.

Assista à reportagem abaixo (se o recurso de embed da CBS funcionar:

Essa não é a primeira vez que o Google inventa moda (e cria polêmica) pra transportar os empregados. A companhia começou a usar ônibus particulares, gerando irritação nos moradores de SF. Os veículos atrapalhavam as paradas de ônibus coletivos, para desespero dos usuários normais, que se atrasavam. A gente sabe que o Google concordou em pagar 1 dólar por dia e por parada com os ônibus.

Um porta-voz ouvido pelo TNW disse o seguinte: "Nós certamente não queremos causar nenhuma inconveniência aos residentes de SF e estamos tentando alternativas para levar os googlers pro trabalho." Justo, muito justo. Quantas empresas fazem isso pelos seus empregados? Se você souber de alguma companhia brasileira com iniciativas similares, conte aí nos comentários.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Weuller Rogerio P. Faria
É como comparar um jantar ouvindo música de qualidade e um podrão comido na calçada, e frente à uma zona, com funk tocando em um chevette estacionado ao lado. Hahahaha
Hugo M. Garcia
Thiago Garcia Koschtschak Em época de chuva, sim!
adjuniordba
Ai, tu pediu demais.... No Brasil, infelizmente, as empresas pensam que isso é um custo, logo não fornecem nem estacionamento para os funcionários...
Thássius Veloso
Seria legal se eles também liberassem link de satélite para a banda larga dos funcionários... Hahaha!
RamonGonz
hehehhe, boa!
diego oliveira
A Starone(Embratel) no RJ tem 2 ônibus e vans que levam seus funcionários para guaratiba todos os dias, sem custo algum para o funcionário.
Thássius Veloso
Seria DAORA.
Fabiano Forte
Quando eu vi a manchete, achei que eles iriam usar drones... ;)
Thássius Veloso
Realmente tem empresas que contratam ônibus para os funcionários. Mas até aí nós sabemos! E em relação a modos peculiares de transportar os empregados? Sabem de algum?
Rê & Thami
Sim, no Brasil tem muitas empresas que fazem o mesmo, só que não pagam um centavo por dia e nem por parada com os ônibus.
Lucas Teixeira Rocha
No SENAI em Lauro de Freitas também era assim. Aqueles ônibus climatizados semelhantes aos da Águia Branca.
Tácio Andrade
A Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB) possui um ônibus próprio que pega os funcionários em diversos pontos da cidade e trás para a instituição.
Rafael Andrade
Bem comum aqui no Brasil. Empresas do polo industrial de Cubatão, como a Usiminas (antigamente, COSIPA), fazem isso desde que me conheço por gente.
Thiago Garcia Koschtschak
Mas nenhum deles de barco
Marcus Lahoz
isso é comum no Brasil. Várias empresas tem transporte próprio.