A Valve vive em um universo paralelo onde famílias já compartilham suas contas do Steam. Prova disso é o anúncio que a companhia de GabeN fez hoje, liberando ao público as opções familiares configuráveis de seu serviço mais popular. Não, nada de Family Share: apesar de estar sendo bastante esperado, por enquanto apenas o Steam Family Options saiu da versão beta.

As opções permitem que pais limitem o uso de seus filhos ao serviço, controlando seus conteúdos (jogos impróprios, por exemplo) e demais ferramentas do Steam, como a compra de jogos na loja, além de poderem bloquear a interação das crianças com a comunidade e preveni-los de entrar em contato com conteúdos gerados por outros usuários.

Para desativar o parental control, basta digitar um código PIN, pré-definido pelo dono da conta, e pronto, o modo familiar baixa a guarda. Também é possível criar uma seção liberada para crianças no grupo “Family Games”, que será criado em seu perfil.

Steam1

E o Family Share?

Em breve, quem deve sair da zona dos testes beta deve ser o Steam Family Sharing. Com a premissa de compartilhamento “legal” de jogos, o serviço possibilitará ao usuário dividir sua biblioteca com até 10 contas previamente cadastradas e ativadas por ele.

Apesar de cantar o compartilhamento familiar e entre amigos, a Valve não permitirá que uma conta seja acessada por mais de um ponto por vez, ou seja, você não terá sucesso ao tentar jogar o mesmo Left 4 Dead que seu amigo. Nada de economizar nos joguinhos e tentar enganar o senhor GabeN.

Ainda não foi divulgada a data exata em que o Family Sharing sairá do forno para todos – por enquanto, apenas alguns milhares de chaves para o teste beta foram distribuídos entre os usuários mais “ativos” do Steam – mas supomos que isso esteja bem perto de acontecer. Nesta semana, a Valve divulgou a inserção de um novo passo na leve burocracia presente no compartilhamento de contas no sistema familiar: agora, além de cadastrar as dez contas alheias a que tem direito, o usuário precisará, também, autorizar e reconhecer cada uma das contas atreladas à sua biblioteca.

2014 será um ano cheio para a Valve, que, além das novidades em seus serviços, também lançará, até o final do ano, suas Steam Machines, seu sistema operacional Steam OS, o periférico Steam Controller e ainda teve tempo para divulgar seus planos para um dispositivo de realidade virtual. Tendo atingido recentemente a marca de 65 milhões de usuários ativos em seu principal serviço, a Valve vai de vento em popa.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação