Início » Telecomunicações » Números da TV por assinatura brasileira: 17,9 milhões de assinantes e NET com mais de 50% do mercado

Números da TV por assinatura brasileira: 17,9 milhões de assinantes e NET com mais de 50% do mercado

Paulo Higa Por

Assim como faz com a telefonia móvel, a Anatel libera mensalmente os números atualizados do mercado de serviços de TV por assinatura. Os últimos dados, divulgados nesta segunda-feira (13), são referentes ao mês de novembro de 2013 e mostram que o número de clientes subiu 12,24% em um ano. A dupla NET e Embratel continua na liderança, com mais da metade do mercado, seguido pela Sky.

De acordo com a Anatel, os serviços de TV por assinatura são usados por aproximadamente 56,3 milhões de brasileiros. Isso porque o órgão considera o número médio de 3,2 pessoas por domicílio, divulgado pelo IBGE. No Brasil, são 17,9 milhões de clientes, sendo que quase metade está em São Paulo: no estado paulista, foram 6,8 milhões de acessos em novembro de 2013. Em novembro de 2012, o número de clientes no Brasil era de 16 milhões.

sede-anatel-hero

Quando falamos de densidade, no entanto, é o Distrito Federal que aparece na frente: há 51,73 acessos de TV por assinatura para cada 100 domicílios. Em segundo e terceiro lugar ficam São Paulo e Rio de Janeiro, com densidades de 49,92 e 44,24, respectivamente. O estado que menos contrata serviços de TV por assinatura é o Piauí, onde apenas 7 em cada 100 domicílios possuem o serviço.

Há apenas duas tecnologias com participação de mercado significativa. O DTH (transmissão digital por satélite) é o mais usado, com 61,72% dos canais sendo transmitidos por esse meio. Ele é especialmente usado pela Sky e pela Claro TV, controlada pela América Móvil, que faz parte do mesmo grupo da NET e Embratel. A transmissão por cabo, mais usada pela NET, está em segundo lugar, com 38,15%.

A dupla NET e Embratel, bem como a Sky, são as maiores, de longe: a primeira tem 53,53% (9,6 milhões de assinantes), enquanto a segunda possui 29,68% (5,3 milhões de assinantes) do mercado de TV por assinatura. As outras operadoras possuem participação muito pequena: Oi (4,98% e 892 mil assinantes), GVT (3,61% e 647 mil assinantes) e Telefônica (3,27% e 586 mil assinantes).

Todos os números do mercado de TV por assinatura estão no site da Anatel.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André Cardoso
os planos da GVT sã muito caros, acho que é por isso que não tem tanta participação.
RamonGonz
caramba nunca imaginei que a GVT tivesse numeros tao pequenos... Se a Vivendi desse mais valor à empresa tudo seria diferente
Arthur Pianor
Wagner Almeida nem monopólio nem oligopólio... nenhuma das duas pode aumentar os preços como bem entender, logo, como não possuem poder de mercado ou acordos implícitos não podemos afirmar nenhuma das duas opções
FAKE
Chega a ser injusto comparar NET e Sky, que já tem décadas de mercado na tv por assinatura, com as outras. A propósito, a GVT TV é um fracasso! Não me surpreende que esteja atrás da Oi, e em breve será ultrapassada pela Vivo, se continuar assim.
Gaba
Olha, como cliente da NET SC, à 3 anos, posso dizer que nunca tive problemas. Não sou nenhum fanboy da NET, e se algum dia tiver algum problema que me tire do sério, no mesmo dia mudo de operadora, entretanto, nada me ocorreu até aqui. Inclusive o wi-fi (aparelho que me forneceram) e a internet deles é muito boa, nunca baixou do prometido...
Wagner Almeida
não, Oligopólio !
Ademar Abiko Jr.
E eu aqui querendo assinar TVA/Vivo e não conseguindo pq eles não montam estrutura pro meu condomínio. Implantação agressiva é uma política efetiva da NET.
Diogo Oliveira Guarani Kaiowá
Monopólio!!!