No final do ano passado, a Microsoft criou um canal de nome Stories para apresentar um pouco do trabalho de seus funcionários de maior destaque. Foi na mais recente destas histórias que surgiu uma informação curiosa: para chegar ao design final do Xbox One, a companhia avaliou 75 protótipos diferentes.

O texto em questão aborda o trabalho de Carl Ledbetter, um dos principais designers do console. Antes de ingressar na divisão Xbox, ele esteve envolvido com a linha IntelliMouse e com o falecido Zune, por exemplo. De sua chegada à Microsoft, em 1995, até os dias de hoje, mais de 200 patentes registradas pela empresa tiveram o seu nome.

Xbox One - ilustração com rascunhos

É com essa bagagem toda que Ledbetter recebeu a missão de liderar os esforços para o desenho externo de um console capaz de agradar jogadores mais tradicionais e, ao mesmo tempo, conquistar um público até então não muito familiarizado com videogames.

É neste ponto que pode estar uma das razões para a escolha de um design tão “quadradão” para o Xbox One (na época, sob o codinome “Durango”): qualquer coisa mais ousada poderia causar um ar de complexidade ou sofisticação excessiva que afastaria novos interessados.

Neste sentido, Ledbetter explica que, desde o início, a Microsoft determinou que o Xbox One deveria não só estar relacionado a jogos, mas também passar a imagem de uma central de mídia completa e, como tal, capaz de combinar com o ambiente da sala. Pode parecer uma tarefa simples, mas este trabalho teve que incluir a nova versão do Kinect e o joystick padrão do console.

Xbox One - Protótipos

Somando tudo, portanto, foram 75 protótipos de design do Xbox One, pelo menos 100 do Kinect e pouco mais de 200 do gamepad, todos feitos em impressoras 3D e estudados ao longo de dois anos.

Infelizmente, somente uma foto foi liberada para mostrar estes protótipos. Nela, dá para encontrar alguns desenhos que sugerem um console diminuto. De repente, algum deles pode até ser aproveitado nas próximas releituras do Xbox One, não é mesmo?

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Janaina Fontes
Não achei ruim não. O problema é que o kinect, segundo manual de instruções, deveria ficar acima da TV. Por enquanto, estamos jogando com ele sobre rack mesmo, próximo ao "pé" da TV. E vocês?
Carlos Alex
E quanto a performance, na prática creio que não vai fazer tanta diferença. Talvez um ou dois niveis de anti-cerrilhamento a menos, mas nada que impacte na diversão. Eu jogo no PC mas não devido a qualidade gráfica melhor (apesar de ser um bonus) e nem por isso me divirto menos quando jogo em consoles na casa de parentes. Tenho certeza que vc vai ficar satisfeito com seu Xbox one.
Carlos Alex
Tambem não achei feio, gostei até do design (mais ainda da versão branca exclusiva pra funcionarios). Acho que muita gente esperava curvas ou diagonais e se decepcionou com as linhas mais retas.
Rafael Machado de Souza
IMO o kinect é bonito, mas o xbox one é feito. o xbox360 s é tão sexy. poderiam ter continuado aquela tendencia com um pouco menos de piano black.
RamonGonz
muitos nao gostaram do design final, mas eu pessoalmente nao vi nada de errado. Tem uns que vc olha e de cara pensa "que coisa feia", mas nao foi essa minha reação gostei do modelo de kinect todo arredondado que na foto ta horizontalmente no centro e verticalmente um pouco acima do centro
Bruno Martins Santana
E Ficou uma Bosta de Feio ! Parece uma Geladeira o bagulho !
Filipe Araújo
O produto final saiu bem melhor do que muitos imaginavam. Estou bem satisfeito com meu Xbox One, mais até do que imaginaria estar (Já que vim do PS3 na geração passada). O console só deixa um pouco a desejar mesmo no Hardware (em relação ao PS4), mas vamos ver se o poder do Cloud da MS compensará isso.