Início » Negócios » Google anuncia venda da Motorola Mobility para a Lenovo

Google anuncia venda da Motorola Mobility para a Lenovo

Divisão de celulares da Motorola foi comprada por US$ 2,91 bilhões.
Google usará patentes da Motorola Mobility para defender Android.

Paulo Higa Por

motorola-lenovo-company-logotipo

O Google anunciou nesta quarta-feira (29) que fechou um acordo com a chinesa Lenovo para vender a divisão de celulares da Motorola, confirmando rumores publicados na noite de hoje. O valor da transação foi de US$ 2,91 bilhões. De acordo com Larry Page, CEO do Google, a venda permitirá que o Google concentre os esforços em inovações que beneficiem todo o ecossistema do Android.

Larry Page diz que o mercado de smartphones é altamente competitivo, afirmando que a Motorola Mobility será melhor administrada pela Lenovo, que lidera o mercado de PCs no mundo e está crescendo rapidamente no segmento de smartphones. Ele afirma que a Lenovo pretende manter a marca da Motorola, assim como a chinesa fez com a linha ThinkPad, comprada da IBM em 2005.

Fazendo referência ao Google Glass, ao Chromecast e à recente aquisição da Nest, Page declara que o mercado de dispositivos móveis é muito diferente do mercado de gadgets domésticos e vestíveis, e que a venda da Motorola Mobility não representa uma grande mudança nos outros esforços de hardware da empresa.

O anúncio soou como uma confirmação de que o Google estava interessado apenas nas patentes da Motorola Mobility ao comprar a fabricante de celulares em agosto de 2011, por US$ 12,5 bilhões. “O Google vai manter a grande maioria das patentes da Motorola, que continuarão sendo usadas para defender todo o ecossistema do Android”, diz Page.

moto-g-music-edition-abre-cor

É importante lembrar que, apesar de ter lançado dois smartphones que agradaram muito ao público pelo custo-benefício, o Moto X e o Moto G, a Motorola Mobility não estava gerando lucro. O último relatório financeiro divulgado pelo Google, referente ao terceiro trimestre de 2013, apontava perdas de US$ 248 milhões. Um ano antes, no terceiro trimestre de 2012, o prejuízo havia sido de US$ 192 milhões.

A Lenovo é hoje a maior fabricante de PCs do mundo e aparentemente também quer se tornar uma gigante dos smartphones, um mercado onde ainda está em quarto lugar, com apenas 4,7% de fatia de mercado, de acordo com o último relatório do IDC, referente ao terceiro trimestre de 2013. A empresa fez grandes aquisições nos últimos anos: comprou a divisão de PCs da IBM em 2005 (US$ 1,75 bilhões), a brasileira CCE em 2012 (R$ 300 milhões) e a divisão de servidores x86 da IBM na semana passada (US$ 2,3 bilhões).

A aquisição da Motorola Mobility pela Lenovo ainda passará pela aprovação dos órgãos reguladores.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Eric Sander
Segundo informações a Lenovo da China pertence indiretamente a Google
Augusto Rezende
Alguém sabe o endereço da Motorola ?
Vinicius Silva
sim tudo bem, soque nao sabemos com a lenovo vai administrar a motorola ela pode sim melhorar como tambem pode acabar com a marca ela pode ter comprado so para si livrar da concorrencia .
Marcelo fuzineli
gente pensem uma hoje a lenovo é a maior empresa de pcs do mundo na asia ela é a maior empresa de celulares agora ela chega no Brasil atravez da nosssa motorola... são só valores sendo agregados vejao o celular k900 deles simplesmente perfeito!!!!
Maria Do Carmo Borges
Lenovo esta pegando tudo em?
Tiago Marquardt
Nao tem nada vê a questão de se achar ou não, pois tenho o moto g , pois o preço é incrivel e já nao uso mais Computadores e se você que acha que o nexus que nao já nao é um smartphone com a ultima tecnologia é melhor que o moto x ou moto g você ta precisando ver alguns comparativos!!! E você Lucas Natal parabéns pela escolha do seu Moto x.
Wellington Alves Sousa
Rafael Donis eu particularmente não saio do Android, e não sou fiel a nenhuma marca de smartphone, compro pelo hardware pois no Android com um pouco de conhecimento de programação pode se fazer coisas inimagináveis. Já o WP e IOS são sistemas engessados e não possibilitam nenhuma alteração. Mas vai de cada usuário. Se vai sair do Android, sai para o IOS que com certeza é muito melhor que o WP.
Antony PS
Seja feliz... comprei o meu e depois de uma semana apresentou problemas com a atualização automática (botão power parou de funcionar). Realizei um hardreset e voltou; após mais 2 meses de uso, travou e não voltou mais. Está na assistência à 23 dias. Ai você pensa "pegou um aparelho com problema de hardware", agora vai lá e pesquisa no google "lumia 820 power button problem" e pesquisa quantas pessoas já tiveram o mesmo problema, não limitado ao Lumia 820.
Rafael Olah
Vai tarde peguei raiva da marca, todos os celulares motorola que comprei deram problema. Tenho um Nokia que o desgraçado esta vivo e funcionando até hoje e já tem uns 6 anos.
portela.thiago
Temo, não pelo hardware e desempenho, mas pelo Sistema Android. Os modelos Motorola by Google (D1, D3, G e X) têm um Android limpo, livre de modificações e interfaces pesadas e feias. O recurso google now do Moto X é ótimo, fantástico. Temo que os aparelhos Motorola agora terão um Android sem a "cara" do google, terão um sistema baseado em Android com um monte de coisas em cima, vide Samsung, Sony, LG.. uma pena
_dann_o
A turma, com essa conversa de "ultimo motorola", "vou para a nokia",.. ta achando que essas patentes vao para o fundo do bau? Proximo passo: novos aparelhos by Google (only) Nexus X???? :D
Denão Bats
Realmente Lucas Natal, eu fui um dos “ afoitos" quando comprei meu Nexus 4 em seu lançamento no ano passado por R$1.700,00 e quando fui ver 3 meses depois já se encontrava Nexus 4 por R$990,00, fui cabaço na época e agora sei que NUNCA se compra celular com Android no lançamento, aprendi a lição que não sabia, pois estava vindo de um iPhone 4 que adquiri por R$1.666,0 e e vendi depois de 2 anos de uso por R$1.200,00, agora de raiva ficarei com meu Nexus até queimar, explodir, cair na água etc...se durar 5 anos fico com ele 5 anos ou mais, só de raiva...
Luis Phelipe Guilhao Silva Jr.
GOOGLE AFIRMA QUE O MOTO G E O MOTO X FIZERAM GRANDES PERDAS NO MERCADO MÓVEL
Eric Carvalho
a lenovo tem smartphones muito bons e alguns chegam a custar metade dos concorrentes equivalentes. pena que ainda não investiu nesse mercado no ocidente, embora já seja líder no mercado de notebooks há anos. a maioria de seus modelos são fabricados apenas pra china e índia.
campana
Não vejo nem como um problema para o Moto G / X, compraria tranquilamente. Minha preocupação é se a Lenovo manterá as pesquisas para melhorar sempre os smartphones, sem exigir um custo alto para isso. Existe muito dinheiro do google nas pesquisas para tornar o Moto X um celular de experiência de uso tão boa quanto ele é. O segundo ponto é que o Moto X foi uma revolução nos celulares top de linha, sem necessariamente ter um preço de celular top de linha. Isso acaba puxando pra baixo o preço de todos celulares, e é bom para nós. É esperar pra ver a qualidade + preço + investimento em inovações dos asiáticos. Mas eu não apostaria em uma revolução tal qual o Moto X trouxe (em um mercado onde iphones e galaxys só trazem hardware mais potente com novidades inúteis, e o restante só segue o ritmo)
Exibir mais comentários