Início » Internet » 35 milhões de fotos do Getty Images estão liberadas para serem usadas gratuitamente

35 milhões de fotos do Getty Images estão liberadas para serem usadas gratuitamente

Paulo Higa Por

Muitos podem não conhecer o Getty Images, mas todos certamente já viram alguma fotografia vinda de lá. O maior banco comercial de imagens está mudando um pouco seu modelo de negócios: antes, era necessário pagar uma licença para remover a proteção de uma imagem e usá-la legalmente; agora, 35 milhões de fotos estão disponíveis para serem usadas gratuitamente em blogs, sites e redes sociais.

getty-images

Há algumas regras, claro: as fotos não podem ser usadas para fins comerciais e devem ser incorporadas usando um código HTML do próprio Getty Images. Não é permitido se aproveitar das imagens para arrecadar dinheiro, vender algo ou promover algum produto, nem para fins de difamação ou pornografia, por exemplo. Além disso, apesar de 35 milhões ser um número bem grande, nem todas as imagens podem ser incorporadas — isso é menos da metade do conteúdo disponível.

Como o arquivo da foto não é incluído diretamente na página, mas sim através de um iframe, o Getty Images mantém o controle sobre o conteúdo: a imagem pode parar de ser veiculada a qualquer momento e vem obrigatoriamente acompanhada dos créditos, tanto para o fotógrafo quanto para o Getty Images. A empresa não descarta a possibilidade de gerar dinheiro veiculando anúncios no futuro.

A BBC mostra que muitos fotojornalistas ficaram incomodados com a nova política do Getty Images de liberar imagens gratuitamente. Os profissionais afirmam que não trabalham de graça e também não trabalham para ter exposição na mídia, logo, ter seus nomes divulgados como crédito das fotos não paga o leite das crianças.

No entanto, o Getty Images lembra que as fotos licenciadas pela empresa já podem ser encontradas facilmente em sites de clientes, como portais de notícias, ou até mesmo no próprio Google (é só dar um clique com o botão direito do mouse para salvá-las). E qual a possibilidade de um perfil em uma rede social ou pequenos blogs sem fins comerciais pagarem para licenciar uma foto? Praticamente nula, imagino eu.

Para incorporar uma foto do Getty Images a uma página, é só fazer uma busca no site, escolher a imagem e copiar o código HTML (se estiver disponível). Todas as informações sobre o novo recurso estão nesta página. Muitas imagens, especialmente aquelas usadas para fins jornalísticos, ainda não podem ser incorporadas; nesse caso, é necessário pagar pela licença, que normalmente fica na casa das centenas de dólares.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Charles Machado
A notícia é boa, mas não é bem o que parece ser. A Getty não está criando um banco gratuito, trata-se do mesmo banco que já existia e que permanece sendo comercial. O que mudou foi a estratégia da empresa ao ceder o uso das imagens, mediante o link próprio deles, para uso quando a finalidade não for comercial. Quando for, deverá ser negociada diretamente com eles por meio do link de cada imagem. Ao clicar nele você é direcionado para uma tela com informações sobre preços e tamanhos diferentes. Há distinções comerciais para imagens RF e RM. Usar as imagens para fins comerciais, sem a devida contratação e pagamento poderá gerar penalidades, multas e processos. É preciso entender bem que a iniciativa é boa (divulgar a Getty e gerar opções para quando o uso não for comercial), mas exige atenção do usuário.
Walmor Carvalho
Thiago Xavier Eles podem ter pago a licença de uso.
João Victor Medeiros
Thiago Xavier Mas eles usaram com o link e tem embaixo da foto "getty images", minha curiosidade é se poderia usar, por exemplo, como parte de uma página (já que o design atual flat tem muita imagem gigante pela página).
Thiago Xavier
Walmor Carvalho Então tipo como o TB usou agora, está infligindo a lei?
João Victor Medeiros
Pegar uma imagem dessa e usar em um site, é considerado para fins comerciais?