Início » Computador » Archival Disc, da Sony e Panasonic, promete substituir o Blu-ray com seus discos de até 1 TB

Archival Disc, da Sony e Panasonic, promete substituir o Blu-ray com seus discos de até 1 TB

Emerson Alecrim Por

Há espaço para novos padrões de mídia óptica no mercado? Sony e Panasonic acreditam que sim: cumprindo uma promessa feita em julho passado, ambas as empresas começaram a semana anunciando o Archival Disc, formato de disco que, entre outras vantagens, promete versões com 300 GB, 500 GB e 1 TB de capacidade de armazenamento.

Trata-se de um forte candidato ao cargo de sucessor do Blu-ray, portanto. Quando comparamos as especificações de ambos os formatos, vemos o Archival Disc como uma evolução deste último, na verdade.

Para começar, é bastante provável que as dimensões físicas dos discos venham a ser as mesmas do Blu-ray: 12 centímetros de diâmetro e pouco mais de 1 milímetro de espessura, embora nada impeça o lançamento de versões mais compactas. O comprimento de onda do laser que lê os discos também se mantém: 405 nanômetros.

As diferenças começam a surgir nos layers dos discos. Enquanto o Blu-ray pode contar com até duas camadas para armazenamento de dados em cada lado, o Archival Disc suportará até três.

Archival Disc

Outro diferencial está no track pitch, que você pode entender como a distância que há entre os pontos de gravação no disco: enquanto que no Blu-ray este espaço é de 0,32 mícron (ou micrômetro, medida equivalente à milésima parte de um milímetro), o Archival Disc promete diminuir este intervalo para 0,22 mícron.

A alta capacidade de armazenamento não será o único atrativo do Archival Disc. De acordo com a Sony, mídias neste padrão serão mais resistentes a mudanças de temperatura, poeira e umidade. Além disso, como não poderia deixar de ser, os leitores destes discos serão compatíveis com Blu-ray, DVD e CD.

As primeiras unidades do Archival Disc deverão aparecer em 2015. É um formato para um futuro próximo, de fato: com tamanha capacidade, estas mídias poderão armazenar filmes e temporadas de séries em 4K ou, quem sabe, até mesmo em 8K.

Acontece que Sony e Panasonic sabem que, mais do que atualmente, o mercado de vídeos será dominado por streaming, razão pela qual as duas empresas destacaram o uso destes discos em aplicações profissionais, especialmente backup. Talvez isso explique o emprego de "Archival" no nome do formato.

Tornar o Archival Disc um padrão de mercado é que será um desafio. Além de cumprir o que promete, os novos discos terão que enfrentar formatos propostos por outros fabricantes. Sim, isso significa que, provavelmente, assistiremos a uma briga nos mesmos moldes do Blu-ray versus HD-DVD.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Di Edge
Pow que massa...não vou precisar mais ficar comprando HDs externo para guardar meus videos, musicas, correndo o risco de perder os dados...um único disc ja vai ajudar bastante nesse ponto...
Luis Santos
Finalmente vida inteligente nos comentários...
Luis Santos
Estuda um pouco mais, molecada! O Archival Disc foi desenvolvido não como um produto consumer, e sim professional.

“The development is specifically for professional archiving,” the Panasonic spokesman said. “We are not currently considering optical discs for household consumer use.”

Logo ele não é um substituto do BluRay, como a mídia analfabeta tupiniquim se apressa em berrar!

http://www.pcworld.com/article/2106260/sony-panasonic-develop-300gb-optical-discs-for-enterprise-storage.html
Emerson Alecrim
Eu acho bastante provável o Archival se tornar padrão por estar em estágio avançado de desenvolvimento, mas há outros players na jogada, como a FujiFilm - http://phys.org/news/2012-11-fujifilm-1tb-optical-disc.html.
Caio Everton
Também não acho que veremos uma briga como o Blu-ray e HD DVD não. Pelo menos, não tão ferrenha. A proposta do Archival é mais profissional, enquanto o Blu-ray/HD DVD claramente disputavam o setor de home video. Se houver briga, será numa escala menor por enquanto.
Felipe Mesquita Ramos
Mas a briga entre blue-ray e HD-DVD foi justamente entre Sony e Panasonic, respectivamente, não acredita que alguem brigue por um mercado que está virando de nicho