Donos de celular com Android ganharam um novo aliado no controle das contas, para saber o que foi gasto e o que foi poupado ao longo do mês. Os criadores do Organizze – falamos do serviço de controle financeiro logo que foi lançado, há alguns anos – apresentam neste mês o aplicativo para a plataforma mantida pelo Google. Foi uma longa espera, mas aí está o Organizze para Android.

Organizze: controle financeiro no Android

Organizze: controle financeiro no Android

Logo de cara, ao executar o app pela primeira vez, o usuário passa por um tutorial ensinando como usá-lo. Em seguida aparece a tela inicial com o resumo mensal, informando quanto você tem na conta. Trata-se de uma visão geral para você saber se está no azul ou vermelho.

O modo relatório pode ser acessado ao abrir a área de lançamentos. Ali sim estão listadas todas as movimentações: receitas, despesas e transferências entre as suas contas.

A intenção do Organizze para Android é facilitar a adição de dados ao serviço, bem como fazer consultas rápidas às informações financeiras. Por meio do aplicativo, o usuário (ou assinante, já que o serviço oferece recursos pagos) pode lançar novos gastos ou recebimentos. Para facilitar as coisas, o Organizze permite adicionar categorias como “moradia” ou “educação”. Elas servem para gerar um relatório apontando no que exatamente o usuário está gastando dinheiro.

As informações do aplicativo ficam no cache do celular. Ou seja, dá para usá-lo mesmo sem uma conexão, o que não é possível no web app. O próprio sistema faz a sincronização constante entre o dispositivo e os servidores do serviço. Pelo menos nos meus testes, às vezes foi necessário forçar um sync para conseguir visualizar os lançamentos recém-adicionados na interface web do Organizze. Imagino que exista um intervalo entre as atualizações, até para evitar o consumo excessivo de dados.

 

O fundador do serviço, Tiago Vicente, contou que a demora para lançar o Organizze (mais de três anos, pelas minhas contas) na Play Store se deve ao foco na versão para a web. “Nossa versão web ainda não estava madura. Muita coisa precisava ser feita. Não fazia sentido termos aplicativos para celular se na web ainda deixávamos a desejar”, disse. Ainda assim, a versão para iPhone existe desde o primeiro semestre de 2012.  “Foi um erro que não quisemos cometer novamente”, complementou.

Sobre o desenvolvimento para Android, o programador Matheus Nunes, responsável pelo projeto, disse que os principais desafios da plataforma são o visual mais granular do sistema e a a compatibilidade entre as diversas versões do Android. “São smartphones dos mais variados tamanhos. Projetar a interface de modo que a experiência do usuário seja a mesma em todos eles é um grande desafio”, segundo Nunes. A gente bem sabe: uma consultoria de Hong Kong tinha mais de 400 aparelhos diferentes para testar aplicativos no Android. O programador complementou dizendo que adaptar o software para os variados sabores do Android também foi um trabalho complexo: “As mudanças em cada versão são enormes”. Hoje em dia, o Android está consistentemente espalhado entre três grandes atualizações: Ice Cream Sandwich, Jelly Bean e Gingerbread.

Outro ponto importante foi a sincronização dos dados. De acordo com o programador, foi preciso azeitar a API de comunicação com o servidor do Organizze para trabalhar com as conexões de internet móvel mais lentas, entre elas o 3G e o EDGE.

O aplicativo para Android faz a autenticação com o mesmo login e senha do site. Por uma questão de segurança e também de conveniência, existe a opção de ativar um PIN (código de bloqueio) para liberar o acesso ao app – sem necessariamente ter que fazer o logoff.

Site do Organizze tem relatórios mais completos

Site do Organizze tem relatórios mais completos

Embora o aplicativo para celular seja muito bom, algumas funcionalidades ainda são restritas ao site do Organizze. Por exemplo, a visualização do resumo financeiro com os gráficos mostrando receitas e despesas em cada categoria definida pelo usuário. Tais dados são preciosos para quem deseja fazer um controle financeiro completo. O ideal é revisar as informações mensalmente, para determinar se você está alcançando os objetivos para a vida contábil.

Também é pelo navegador do computador que a pessoa terá acesso aos ajustes do perfil, como as contas bancárias e os cartões de crédito. Tem até a função para apagar tudo e começar do zero novamente – já apelei para esse botão algumas vezes, devo confessar.

O Organizze é uma empresa genuinamente brasileira, com sete pessoas trabalhando no desenvolvimento de novos recursos e atendimento aos clientes – seis delas em período integral. Mesmo estando no mercado há bastante tempo (ainda mais considerando-se a rapidez inerente ao mundo das startups), Tiago Vicente disse que não recebeu investimentos e nem está à procura disso. “Decidimos crescer com os pés no chão e o tempo nos provou que foi a melhor decisão”, afirmou em entrevista por email.

Existem versões do serviço para pessoas e para empresas. Falando especificamente do Organizze pessoal, o plano mais simples é de graça, com direito a recursos como criação de categorias, lançamentos ilimitados e acesso pelo celular. O plano “Mais” custa R$ 9,90/mês, com algumas vantagens extras: gerenciamento de cartões de crédito, adição de metas mensais, várias contas bancárias e lembretes por email. Eles publicaram uma página mostrando a diferença entre os planos.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

stevan
mas não mostra as despesas previstas pelo celular, exemplo se eu tenho uma conta classificada como não paga de 500,00, e minha receita é de 1,000, só vai me aparecer minha receita agora meus gastos previstos ele não soma, só soma se estiver pago, se eu só estiver com meu celular e tiver que ver se eu ainda tenho saldo livre pra gastar, eu so tenho essa informação se eu entrar pelo computador, chato isso.
lucas.lop
Acho o Toshl melhor! Segue e confiram: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.thirdframestudios.android.expensoor
Eduardo Siemann
Te garanto que programar para Windows Mobile era bem pior, mas muito pior mesmo, pq documentação era totalmente zero. Erros da API interna eram comuns, ainda mais quando mudavam o framework interno de conexão para ter mais opções, pq vc mandava um comando de desconectar os sockets e nada acontecia. Fora os ultimos aparelhos com "alta resolução" da época davam estouro de memória no próprio Windows, que chegava ao ponto de não pintar Controls do SO. A claro até hoje não saiu um update para corrigir o problema de memória, ou uma documentação da API de conexão feita pela Samsung ou HTC. Já o Android não tive problemas, afinal existe API para suporte a ActionBar para a versão 1.6, porém concordo que se vc desenvolveu uma APP no 1.5 e quer mudar ela para o padrão de design que o Google definiu é complicado, pq se é uma app corporativa com milhares de usuários manuais e os treinamentos são jogados no "lixo". Mas falando em desenvolvimento para Android e múltiplos dispositivos, é muito simples adaptar as telas organizando os .xml nas pastas layouts de acordo com cada dispositivo. Ainda mais depois do 3.0 que criaram os fragments que permitem uma melhor reutilização das Views.
Felipe Francioni Inacio
Sistema Organizze é bem funcional e bem feito, atende bem as minhas necessidades! Recomendo fortemente.
Ricardo Alvez
muito obrigado cara, estava sofrendo justamente por não ter versão pra WP também.
Carlos Assis
O Organizze é até bom, mais falta muita coisa básica que outros sistemas fazem. Para finanças pessoais existe o yupee, tem tudo que o organizee faz e muitos mais coisas, com a vantagem de ser totalmente gratuito. webapp+iPhone+Android. Mesmo na versão para empresas a o organizze ainda se encontra bastante cru.
Filipe Machado
Mobilon, me contrata aí! ;p
William Bannach
Perguntei esses dias pra alguém do grupo e me indicaram esse app (dei sorte rapaz, foi bem no dia que lançaram pro Android haha) e estou gostando dele, só acho caro a mensalidade viu, bem caro.
Marcão sparcos
Sem querer ser chato, mas estão ganhando bem no Tecnoblog ein! tem vaga aê? rsssssssssss
Edison Bortolin
Caramba! O Tecnoblog paga bem, heim !?
Wagner Vinicius Macêdo
Em resumo, programar para Android é uma merda! Só dor de cabeça. Mas, é o SO que mais detém usuários. Logo, é um mal necessário.
Eduardo Papa
Ja testei o webapp deles e era ate bom. Depois fui para desktop com o myfinnance, e hoje o uso como webapp e app para android e iphone. Eu o acho superior ao organizze. Mas ambos atendem bem que quer ter o minimo de organizacao. E o mais importante de qualquer app é ter disciplina neh...
Luiz Alberto Franco
Eu gosto muito do Organizze e uso sempre pra gerenciar umas contas que ficam a meu cargo. uso desde de que foi lançado e por isso minha conta gratuita tem quase todos os benefícios da versão paga. Mas fui criar uma conta lá pra uso pessoal e boa parte dos recursos essenciais pra mim agora só são liberados com assinatura. Nada contra assinar o serviço, mas eu achei os preços bem salgados. Além do mais, eles ainda não tem um app pra WP, e mesmo o site mobile que era completíssimo no começo, foi ficando capado e a função mais importante para mim que era poder ver os relatórios pelo site mobile foi tirada, e parece que nem no app do android/iOS tem como, só pelo site desktop. Pra uso pessoal tenho usado o Yupee, que tem todos os recursos do Organizze e mais outros, além de ser tudo grátis, já me prometeram o app para WP. https://twitter.com/meuyupee/status/415192870354976768