Obter informações sobre os serviços da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) finalmente ficou mais fácil: o app oficial da estatal foi lançado na semana passada para Android, iOS e Windows Phone, uma mão na roda tanto para usuários regulares de suas linhas quanto para quem está de passagem pela região metropolitana de São Paulo.

O aplicativo é leve e de fácil utilização. Na home, o usuário pode obter informações institucionais sobre a CPTM, saber de obras ou serviços de manutenção que possam estar interferindo no funcionamento das linhas (muito comum aos finais de semana), ser informado de eventos promovidos nas estações ou arredores e encontrar as opções de contato com a empresa.

Ali também há um botão para o sempre útil “SMS Denúncia”, serviço que permite ao usuário enviar mensagens ao setor de segurança da CPTM para comunicar atividades ilegais dentro de trens e estações, assim como situações de perigo ou perturbação, como som alto, vandalismo ou presença de pedintes.

App CPTM para Android

Também bastante útil é a aba Situação, que informa o status de funcionamento das linhas naquele momento, inclusive daquelas operadas pelo Metrô. Ao consultá-la antes de sair de casa ou do trabalho, o usuário tem a chance de pensar em um trajeto alternativo ao descobrir que determinada linha está com problemas – situação que não é rara, infelizmente.

A última aba, Linhas, dá acesso ao mapa de todo o sistema de transporte metropolitano, assim como à relação de estações de cada linha da CPTM. Só é não é possível traçar um trajeto informando as estações de origem e destino, tal como acontece no aplicativo do Metrô.

Nestes primeiros dias, alguns usuários se queixaram de imprecisões sobre as informações operacionais, mas a CPTM prometeu sanar este problema na próxima atualização. Uma versão em inglês também está nos planos, embora a companhia não tenha informado data prevista para o seu lançamento.

O app pode ser baixado nos seguintes links:

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Dimitrio Schievenin
Não consigo baixar no meu Samsung Pocket Neo. Minha versão do Android é a 4.1 e o site diz que o aplicativo é compatível com 3.1 para cima. Quando entro na Google play, diz que é incompatível com a minha versão. O que pode estar acontecendo?
Cássio César
Sabe quando isso vai chegar na SuperVia? Em 2048.
Dan Santos
Vagner Alexandre Abreu Exato.
Vagner Alexandre Abreu
Dan Santos é que estas duas estão reformadas e com frota totalmente nova. As outras linhas ainda falta fazer ajustes e trocar as frotas.
Dan Santos
Vagner Alexandre Abreu as linhas 7, 11 e 12, que uso com frequencia, estão longe disso..
Vagner Alexandre Abreu
Dan Santos linha 8. Linhas 8 e 9 já está perto disto dependendo do horário.
Dan Santos
Vagner Alexandre Abreu Amigo, tu pega trem onde?? O intervalo médio em horário de pico é de 8 a 10 minutos nas linhas 11 e 12.
Emerson Alecrim
Valeu pela explicação, Vagner :)
Victor Novaes
Na vdd quando fiz o comentário, passou pela minha cabeça se a ideia era plausível. Acontece que não é, hahaha. Mas, se do sistema manter informado o status da via se esta operando, com lentidão, totalmente parada, etc, já é um plus. Pq eu uso a linha esmeralda e todo santo dia antes de sair do trabalho eu pesquiso CPTM no twitter e no facebook para ver as ocorrências.
Bruno Guerreiro
O aplicativo é muito bom -pelo menos a versão para Android- sendo melhor que o app do Metrô, que é um genérico do tipo "web view". A interface deste segue as diretrizes do Android, e destaque para as informações de "status" das linhas, que era uma informação que até então a CPTM não divulgava por canais oficiais, e que por enquanto nem no site está...
Emerson Alecrim
Não tem e a CPTM também não deu nenhuma informação quanto a isso. Mas você pode sugerir a ideia a eles ;)
Mike Metralha
CPTM informa: Devido a falha em equipamento de via, seu download está com velocidade reduzida e maior tempo de instalação. Agradecemos a compreensão.
Andy Maia
Nossa, cada um desenhado para o OS, muito bem feito. Parabéns aos programadores.
Vagner Alexandre Abreu
A tu e ao Emerson: acho que tem um problema quanto a colocar a localização dos trens. Sistemas como o da CPTM e do Metrô trabalham com "headway", que é o intervalo entre composições. E este intervalo é controlado por horário. De manhã,k normalmente é mais trens operando sentido Centro / Capital, e a tarde/noite é trens operando sentido Bairros / Municípios. O intervalo médio atual em algumas linhas da CPTM está próximo aos 3 minutos, o que é um excelente número em relação a antigamente, que eram em torno de 20 minutos. No Metrô, no horário de pico a situação é de 1 trem por minuto. Localizar os trens em um sistema que já tem controle de horários diferente dos ônibus não sei se é viável. Se for pensar isso no Metrô também, lembremos que boa parte dele é subterrâneo, impedindo a ação dos GPSs. Ah, e não sei se sabem, mas a EMTU tem localização dos ônibus em compensação :)
Victor Novaes
Tem opção de saber a localização dos trens?