Início » Internet » Twitter pode remover @ e #

Twitter pode remover @ e #

Por
5 anos e meio atrás

Em uma tentativa de tornar o serviço mais simples e amigável para novos usuários, está rolando uma conversa de que o Twitter pode abolir em breve as arrobas e cerquilhas do site, que são os indicadores de replies e hashtags na rede social.

Quem deu início ao rumor foi a própria chefe de News do Twitter, Vivian Schiller, em uma conferência de mídia no começo da semana em Denver. Ela chamou esses ícones de “misteriosos” e disse que o Twitter está trabalhando para deixar o esqueleto da rede social mais escondido.

O CEO da empresa, Dick Costolo, disse algo parecido antes da declaração de Schiller. Ele afirmou que tirar de cena a linguagem “estrutural” do Twitter deve melhorar as interações entre usuários e fazer com que o entendimento da rede social fique mais simples para usuários novos ou casuais – agora que nos acostumamos, tudo no Twitter parece bem simples, mas ela não é uma rede social tão intuitiva para quem acabou de chegar. E, como as interações são feitas principalmente com replies e hashtags, simplificar esses recursos significaria simplificar o serviço em si.

Dias depois da conferência, Schiller voltou atrás e disse, em resposta a um usuário, que o Twitter não irá remover os dois símbolos. Em outro tweet, afirmou que “muitos pensamentos criativos estão acontecendo para fazer o Twitter cada vez mais intuitivo”.

Mas o Buzzfeed obteve screenshots do grupo de testes alfa do Android e olha quem não está lá: o reply. Em vez dele, a mensagem de resposta está ligada ao tweet original com uma linha, como são todas as conversas na timeline desde agosto do ano passado. Será que os planos de eliminar replies são tão antigos?

enhanced-11731-1395255311-5 (1)

Como dito antes, o screenshot mostra somente um teste do Twitter e pode ser que nunca chegue a ser adotado pela rede social de verdade. Mas é um indício de que a criatividade mencionada por Schiller está apontando para o lugar que ela e Costolo tinham mencionado. Será que pega?

Mais sobre: