Início » Celular » Tudo o que você precisa saber sobre o Windows Phone 8.1

Tudo o que você precisa saber sobre o Windows Phone 8.1

As principais novidades da próxima grande atualização do Windows Phone

Paulo Higa Por

windows-phone-8-1

Durante mais uma edição da Build, conferência anual da Microsoft voltada para desenvolvedores, a empresa apresentou oficialmente o Windows Phone 8.1. O aumento tímido no número da versão pode dar a entender o contrário, mas há inúmeras novidades: em vários pontos, podemos considerar esta uma mudança ainda maior que na época da transição do Windows Phone 7.5 para o 8.0.

Entre as novidades do Windows Phone 8.1, temos uma assistente pessoal, uma central de notificações, mais opções para personalizar a interface e novas funcionalidades que certamente serão muito úteis no dia a dia. Reunimos tudo o que você precisa saber sobre a próxima grande atualização da plataforma móvel da Microsoft.

Cortana, a assistente pessoal do Windows Phone

Cortana aceita comandos de voz e texto

Cortana aceita comandos de voz e texto

A novidade que mais ocupou o tempo da longa apresentação de três horas da Microsoft certamente foi a Cortana. Este é o nome da personagem com inteligência artificial da franquia Halo, mas também é assim que se chamará a assistente pessoal do Windows Phone. Além de responder perguntas e aceitar comandos de voz, a Cortana tem a capacidade de aprender quais são os interesses do usuário para fornecer sugestões personalizadas.

Os principais recursos dos outros assistentes também estão na Cortana: é possível encontrar restaurantes próximos, informar-se sobre o tempo, adicionar um evento ao calendário, configurar o alarme ou descobrir a idade de um famoso, por exemplo. Uma característica legal é que você pode fazer as perguntas tanto falando quanto digitando, caso não queira fazer barulho; nesse segundo caso, a Cortana também não usará a voz para responder.

A Cortana funciona como uma secretária e alguns recursos lembram o Google Now. Por meio de emails de confirmação, a Cortana consegue descobrir qual o seu próximo voo e mostrará informações úteis, como o horário, o tempo estimado até o aeroporto e o cartão de embarque, por exemplo. Ela também pode analisar sua rotina diária e passar a informar quanto tempo você levará para chegar em casa ou ao trabalho.

Como uma secretária, a Cortana tem uma espécie de caderninho onde guarda informações sobre você, como seus interesses pessoais e as pessoas com quem mais conversa. O próprio usuário pode incluir alguns dados, como um horário de silêncio, período no qual a Cortana silenciará notificações, para que você não seja incomodado com ligações de estranhos enquanto estiver dormindo.

Ela é proativa e tem um caderninho para guardar informações sobre você

Ela é proativa e tem um caderninho para guardar informações sobre você

Uma função interessante da Cortana são os lembretes de pessoas. Isso significa que você pode solicitar à Cortana que lembre-o de pedir de volta os 50 reais emprestados na próxima vez que conversar com seu amigo, por exemplo. Além de ser algo bacana (e útil), isso mostra que a Cortana está integrada de maneira profunda ao Windows Phone — estou curioso para descobrir o que a Microsoft trará de novo nas próximas versões.

windows-phone-cortana

Outro exemplo da forte integração da Cortana com o Windows Phone é o suporte a aplicativos de terceiros. Claro, isso depende da boa vontade dos desenvolvedores, mas permitirá que o usuário assista a um filme específico na Netflix, envie um tweet com o aplicativo do Twitter ou converse com alguém no Skype através de vídeo apenas enviando um comando para a Cortana. É um nível de integração que Siri e Google Now, mais antigos, ainda não possuem.

A parte negativa de tudo isso é a falta de suporte ao português. A Cortana será lançada inicialmente em estágio beta, apenas para usuários do Windows Phone nos Estados Unidos. A Microsoft prometeu lançar a assistente pessoal no Reino Unido e na China no segundo semestre do ano, enquanto o resto dos países receberá a novidade apenas em 2015. Procurada pelo Tecnoblog, a Microsoft não confirmou se o português estará entre os idiomas suportados.

Uma central de ações para reunir configurações e notificações

Tem central de notificações? Tem sim, senhor.

Tem central de notificações? Tem sim, senhor.

Um recurso presente em outras plataformas há anos, mas que uma parte dos usuários do Windows Phone jurava que não fazia falta, é a central de notificações. A Central de Ações reúne em uma única tela as notificações geradas pelos aplicativos instalados no smartphone, eliminando a necessidade de ficar consultando as Live Tiles na tela inicial que, por falta de espaço, muitas vezes não forneciam nenhuma informação relevante.

Como as notificações de todos os aplicativos instalados no smartphone ficarão concentradas em uma única tela, isso significa que não será mais necessário fixar aplicativos na tela inicial para descobrir se há mensagens novas no WhatsApp ou se alguém mencionou você no Facebook, por exemplo. A Central de Ações exibirá informações mais detalhadas, como uma lista com os nomes dos contatos e os assuntos dos últimos emails recebidos. Ela também mostrará discretamente a porcentagem de bateria e a data.

Além de reunir as notificações, a tela exibe botões para fazer ajustes rápidos, como ativar ou desativar Wi-Fi, Bluetooth, modo avião e compartilhamento de internet. Esses botões podem ser alterados nas configurações do sistema: se preferir, você pode colocar atalhos para mudar o brilho da tela, conectar-se a um VPN ou projetar sua tela — uma das novidades do Windows Phone 8.1, inclusive, é o suporte ao espelhamento de tela com Miracast.

Mais liberdade para mudar o visual

Quando o assunto é personalização, o Windows Phone sempre foi um sistema operacional bastante fechado. O máximo que se conseguia fazer era mudar a cor das Live Tiles e a cor de fundo das telas, além de colocar uma imagem bacana como plano de fundo na tela de bloqueio. Isso mudou significativamente no Windows Phone 8.1.

Três colunas para todo mundo e tela de bloqueio mais personalizável

Três colunas para todo mundo e tela de bloqueio mais personalizável

As novidades começam ainda na tela de bloqueio, que ganhou temas personalizados. Agora, além de poder alterar a imagem de fundo e os contadores de itens não lidos dos aplicativos, será possível mudar as fontes e até mesmo as animações da tela. A Microsoft ainda não se alongou muito sobre o assunto, limitando-se a dizer que os usuários terão uma grande variedade de temas à disposição.

Na tela inicial, a boa novidade para os que estavam enjoados de cores sólidas é que será possível colocar uma imagem como fundo das Live Tiles. Ou quase isso: na verdade, os blocos dinâmicos ficarão transparentes e revelarão a foto que está na camada de trás. Alguns aplicativos continuam com suas próprias cores de fundo, como o Skype e o Office.

Para quem possui muitas Live Tiles na tela inicial ou quer aproveitar melhor o espaço, será possível ativar um modo de alta densidade para incluir uma terceira coluna de blocos dinâmicos. Na verdade, esse modo já existia no Windows Phone desde o ano passado, mas era exclusivo para aparelhos com telas de 5 polegadas ou mais, caso do gigante Lumia 1520.

Joe Belfiore, vice-presidente de Windows Phone, mostra a nova tela inicial do Windows Phone 8.1

Joe Belfiore, vice-presidente de Windows Phone, mostra a nova tela inicial do Windows Phone 8.1

De olho no consumo de dados, armazenamento e bateria

Data Sense é o recurso que monitora a quantidade de dados gastos em determinado período, tanto por Wi-Fi quanto pela rede da operadora, e estará disponível para todos os aparelhos com Windows Phone 8.1. Ele é um velho conhecido de proprietários de Lumias e ajuda os clientes que possuem planos de dados muito limitados a se controlarem. Como o Data Sense também mostra os dados trafegados por aplicativo, você pode descobrir qual é o guloso que está consumindo toda a franquia.

O Windows Phone 8.1 diminui o consumo de dados através de três recursos. Quando o Data Sense detecta que você está perto do limite da franquia, o smartphone passará a priorizar o Wi-Fi para poupar o plano de dados. Há também um modo de economia que comprime as imagens ao navegar na web, diminuindo o consumo. Por fim, a Microsoft incluiu um interessante recurso chamado Wi-Fi Sense.

bateria-dados-espaco-windows-phone

O Wi-Fi Sense funciona assim: quando você estiver perto de uma rede Wi-Fi gratuita, conhecida e protegida, o Windows Phone poderá fazer a conexão automaticamente. Com o recurso, não será mais necessário pedir a senha do Wi-Fi do restaurante para o garçom (ou consultar o Foursquare). Além disso, você poderá compartilhar sua rede com contatos selecionados sem divulgar sua senha.

Outros dois recursos úteis são o Storage Sense e o Battery Saver. O Storage Sense mostra quanto espaço você está consumindo no smartphone e permite escolher em qual unidade quer guardar fotos, músicas e aplicativos (armazenamento interno ou cartão de memória). Já o Battery Saver possui um modo de economia de energia e lista os aplicativos que estão gastando mais bateria, para que você pense mais uma vez se realmente precisa deles.

Novidades úteis no dia a dia

Há muitas pequenas novidades no Windows Phone 8.1 que farão a diferença no dia a dia. A mais interessante provavelmente é o novo teclado Word Flow, que está com o mesmo visual do antigo, mas agora permite digitar deslizando o dedo, em vez de apertar tecla por tecla. De acordo com a Microsoft, o Word Flow é o teclado mais rápido do mundo, desbancando em oito segundos o recorde anterior do Guinness, feito em um Galaxy S4 com Swype. Ele suporta 16 idiomas, entre eles o português do Brasil.

Word Flow: o teclado do Windows Phone, agora com gestos

Word Flow: o teclado do Windows Phone, agora com gestos

Outras novidades são as seguintes:

  • Uma ligação telefônica pode ser transformada em uma chamada em vídeo no Skype com um toque;
  • O calendário possui visualização semanal e exibe a previsão do tempo de cada dia para você se programar melhor;
  • Os players de música e vídeo se tornaram independentes. Eles também servem para fazer streaming de músicas no Xbox Music e alugar filmes no Xbox Video;
  • Novo aplicativo nativo de podcasts, que funciona em todos os países, permite se inscrever em qualquer podcast com feed RSS e possui ferramenta de busca;
  • Hub Pessoas aproveita melhor o espaço, exibe fotos grandes do Facebook e se integra a aplicativos de redes sociais de terceiros;
  • Aplicativo nativo de câmera tem modo de disparo contínuo;
  • Internet Explorer 11 com modo de leitura e navegação privada;
  • Controles individuais de volume para mídia e notificações;
  • Suporte para botões de navegação virtuais (voltar, início e pesquisar). O primeiro Windows Phone sem botões físicos na frente é o Lumia 630.

Tudo integrado

No ano passado, a Microsoft anunciou a maior reestruturação interna de sua história, apelidada de One Microsoft, para unir as equipes e integrar melhor seus produtos, como parte da transição de uma empresa de software para uma empresa de serviços. Percebemos alguns sinais dessas mudanças nos últimos meses, mas foi durante a Build que as intenções ficaram realmente claras.

O Windows Phone 8.1 usa os servidores da Microsoft para sincronizar configurações entre todos os dispositivos Windows. Se você mudar a cor fundo de tela no smartphone, em alguns segundos o mesmo ocorrerá no desktop, por exemplo. Senhas de redes Wi-Fi digitadas no notebook podem ser sincronizadas com o smartphone, o que poupa tempo. O Internet Explorer 11, por sua vez, exibe as mesmas abas e favoritos que estão no computador de casa.

windows-universal-apps

Mas o ponto chave dessa mudança são os aplicativos universais para Windows: o mesmo aplicativo poderá rodar no smartphone com Windows Phone, no tablet com Windows RT, no desktop com Windows 8 e no Xbox One, com interfaces adaptadas para cada tipo de tela. Isso poupa tempo significativo no desenvolvimento e faz com que todo o ecossistema da Microsoft seja beneficiado, fortalecendo a variedade de aplicativos em todas as plataformas.

Com aplicativos universais, os dados armazenados na nuvem, as compras in-app e as notificações serão sincronizados entre dispositivos. Além disso, você poderá pagar apenas uma vez para ter o mesmo aplicativo em todos os dispositivos — no entanto, o desenvolvedor pode optar por cobrar uma nova taxa do usuário para a instalação do aplicativo em um dispositivo de categoria diferente, se assim desejar.

Quando chega?

Nokia Lumia 930 é o primeiro topo de linha com Windows Phone 8.1 de fábrica

Nokia Lumia 930 é o primeiro topo de linha com Windows Phone 8.1 de fábrica

Quem possui um aparelho com Windows Phone 8.0 poderá atualizar para a nova versão nos próximos meses. A Nokia confirmou que todos os seus smartphones, do Lumia 520 de menos de 400 reais ao Lumia 1520 de 2,6 mil reais, receberão a atualização. Nem a Microsoft e nem a Nokia se arriscaram em divulgar datas mais precisas, já que a liberação também depende da aprovação das operadoras.

Os três primeiros smartphones com Windows Phone 8.1 instalado de fábrica são o Lumia 630, Lumia 635 e Lumia 930. Eles começam a ser vendidos em alguns países em maio. Desenvolvedores registrados terão acesso antecipado e poderão atualizar seus aparelhos atuais para o Windows Phone 8.1 ainda na primeira quinzena de abril.

Vídeo: Joe Belfiore, vice-presidente de Windows Phone, mostra as principais novidades em 16 minutos

Imagens: Microsoft e Nokia.