Início » Computador » AMD anuncia novos processadores baratos Athlon e Sempron

AMD anuncia novos processadores baratos Athlon e Sempron

Por
5 anos atrás

Em março, a AMD anunciou uma nova plataforma para computadores de baixo custo, chamada AM1. Esses chips possuem socket FS1b e podem ser trocados sem necessidade de comprar outra placa mãe, diferente do que acontecia com as APUs Kabini lançadas até então. Nesta quarta-feira (9), a AMD apresentou os quatro primeiros modelos AM1 — e eles carregam as conhecidas marcas Athlon e Sempron, que estão de volta.

amd-sempron

Marca Athlon sumiu com a nova nomenclatura das APUs, mas está de volta

Marca Athlon sumiu com a nova nomenclatura das APUs, mas está de volta

A ideia da AMD com o AM1 é apostar forte nos PCs baratos: o chip mais caro anunciado até agora, Athlon 5350, tem preço estimado de somente US$ 59. O Sempron 3850 é outro destaque da AMD: por apenas US$ 39, o consumidor pode levar para casa um processador quad-core — o número de núcleos não significa muita coisa, mas não dá para negar que é uma característica bastante chamativa.

As novas APUs Athlon (5150 e 5350) e Sempron (2650 e 3850) são compostas por GPUs com arquitetura Graphics Core Next (GCN) com suporte a DirectX 11.2 e CPUs com dois ou quatro núcleos Jaguar. Apesar de serem voltadas para o mercado de baixo custo, os chips permitirão a montagem de máquinas com memórias DDR3 de até 1.600 MHz, até duas portas SATA de 6 Gb/s, duas USB 3.0, oito USB 2.0, PCIe 2.0, DisplayPort, HDMI e VGA. Nada mal!

As especificações dos quatro modelos são as seguintes (todos possuem TDP de 25W e GPU com 128 núcleos Radeon):

  • AMD Athlon 5350 (US$ 59): quad-core, 2,05 GHz, 2 MB de cache, DDR3 de até 1.600 MHz, GPU Radeon R3 de 600 MHz;
  • AMD Athlon 5150 (US$ 49): quad-core, 1,6 GHz, 2 MB de cache, DDR3 de até 1.600 MHz, GPU Radeon R3 de 600 MHz;
  • AMD Sempron 3850 (US$ 39): quad-core, 1,3 GHz, 2 MB de cache, DDR3 de até 1.600 MHz, GPU Radeon R3 de 450 MHz;
  • AMD Sempron 2650 (US$ 34): dual-core, 1,45 GHz, 1 MB de cache, DDR3 de até 1.333 MHz, GPU Radeon R3 de 400 MHz.

Você leva para casa o que paga, então não dá para exigir muita coisa. No geral, são processadores bem básicos, que se equiparam aos Celeron e Atom mais simples da Intel. O ponto forte dessas novas APUs da AMD provavelmente será a questão do upgrade — mas fico em dúvida se o público que monta seus próprios PCs (e, especialmente, PCs baratos) ainda é grande. Talvez esses chips sejam úteis em HTPCs e outros sistemas compactos.

Mais sobre: , , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.