Fazendo todos os esforços para que os eSports se consolidem cada vez mais no Brasil, a Riot Games, produtora de League of Legends, anunciou a Liga Brasileira – Série dos Campeões, que consagrará o time campeão tupiniquim com o prêmio de R$ 45 mil. As etapas do torneio no Brasil acontecerão em Porto Alegre e em Fortaleza.

Com o total de R$ 100 mil em prêmios, a competição selecionará até seis equipes, que disputarão entre si em classificatórias on-line, a serem realizadas nos dias 12 e 13 de abril. O segundo e o terceiro colocados da competição receberão, respectivamente, R$ 25 mil e R$ 12,5 mil.

Após a etapa qualificatória, as equipes irão para uma segunda, presencial, que acontecerá no Centro de Eventos FIERGS, nos dias 26 e 27 de abril – depois disso, serão iniciados os estágios on-line, a partir do dia 7 de maio.

Cada um dos times disputará séries de duas partidas e serão classificados de acordo com o número de vitórias num sistema de pontos: a cada duas partidas ganhas, o time recebe três pontos; ganhando uma disputa e perdendo outra, um ponto. A grande final reunirá as quatro equipes melhor pontuadas no Centro de Convenções de Fortaleza nos dias 7 e 8 de junho.

Se você tem uma turma viciada em League of Legends e acredita que pode conquistar o mundo dos MOBAs, dá para criar seu time, acessar o site oficial do torneio e se inscrever aqui.

A Liga Brasileira será um dos eventos da temporada 2014 do CBLoL, o Campeonato Brasileiro do jogo, que também deve conter outros torneios como o Desafio Internacional e a BGL Arena.

league_of_legends-565x317

As partidas serão transmitidas via streaming pelo Twitch.tv  e pelo canal Azubu. Você também pode comprar os ingressos e assistir tudo ao vivo nos eventos presenciais.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Walter Hugo Nishida Xavier da Silva
Pois é, os narradores e comentaristas brasileiros são fracos, o melhorzinho é o Melão. Aprecio a ideia de fomento ao e-sport brasileiro com eventos desse tipo, tomara que desenvolvam bem os eventos em si e não fiquem apenas se prendendo à premiação. Lembrando que já tem time brasileiro contratando jogador estrangeiro, a KeyD Stars conta com 2 jogadores sul-coreanos (SuNo, que já jogou na SKT T1 e o W1nged, uma "promessa").
Andros Maldaner
Bitch, please. Os narradores brasileiros poderiam desafinar menos. Q isso, adolescentes? kkkkkk
Alberth Andrade
Acho uma atitude muito boa, o esports precisa se expandir mais, principalmente no Brasil. Tomara que tenham torneios deste naipe de FPS!