Pelo visto, a Apple foi bem pouco feliz na escolha do nome iPad para batizar seu novo gadget, já que além de ser motivo de chacota ele havia sido registrado por diversas outras empresas para batizar outros produtos.

A nova dor de cabeça vem da Europa, onde o pedido do registro da marca em aparelhos eletrônicos foi negado à empresa da maçã por pertencer à ST Microelectronics, especializada em fabricar componentes para dispositivos móveis. O Ipad em questão é um chip usado em telefones celulares e seu nome é sigla para “Integrated Passive and Active Devices”, ou “Dispositivos ativos e passivos integrados”. Ui.

De acordo com o Inquirer, a marca foi registrada dia 14 de setembro de 2001 e deve expirar no próximo mês de setembro, mas por padrão os direitos da renovação devem ficar com seu atual proprietário. Carlo Bozoti, presidente da ST Microelectronics, afirma que está “disposto a conversar” com a Apple, o que nas entrelinhas significa que está esperando um caminhão cheio de dinheiro na porta de sua casa.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Henrique Artur Wint
Um chip ativo e passivo? Como ele ainda não integra o iPhone? Vejo um acordo comercial bem ao estilo Apple surgindo.
Rodrigo
Nada que uns 10% de ações, direito a voto e participação no conselho administrativo não resolvam o problema...