Início » Brasil » Velocidade de conexão à internet no Brasil é mais lenta que no Azerbaijão e Iraque

Velocidade de conexão à internet no Brasil é mais lenta que no Azerbaijão e Iraque

Líder, Coreia do Sul tem velocidade média de 21,9 Mb/s; Brasil é 83º lugar

Por
5 anos atrás

A Akamai liberou nesta quarta-feira (23) mais um relatório do estado da internet mundial, referente ao último trimestre de 2013, que revela dados como a velocidade das conexões por país e a quantidade de ataques a servidores. A boa notícia é que, no mundo todo, as conexões melhoraram 27% em um ano. A má notícia é que o Brasil amarga o 83º lugar, atrás de países menos desenvolvidos, como Azerbaijão e Iraque.

A velocidade média da internet mundial é de 3,8 Mb/s. Sem surpresa, Coreia do Sul e Japão encabeçam a lista de países com as conexões mais rápidas do mundo: eles possuem conexões com médias de 21,9 Mb/s e 12,8 Mb/s, respectivamente. O ranking é seguido por Países Baixos, Hong Kong, Suíça, República Checa, Suécia, Letônia, Irlanda e Estados Unidos, todos com médias entre 10,0 Mb/s e 12,4 Mb/s.

akamai-velocidade-internet-4t-2013

Com velocidade média de 2,7 Mb/s, o Brasil está apenas em 83º lugar. Mesmo considerando apenas o nosso continente, nossa posição não é boa: em nono lugar nas Américas, estamos bem atrás dos líderes Estados Unidos (10º) e Canadá (16º) e logo abaixo da Argentina (73º) e Colômbia (79º). Nossa conexão é pior que a do Azerbaijão (2,8 Mb/s), Iraque (2,9 Mb/s) e Cazaquistão (3,9 Mb/s).

velocidade-internet-akamai-mapa

22% das conexões brasileiras possuem velocidade acima de 4 Mb/s

22% das conexões brasileiras possuem velocidade acima de 4 Mb/s

O relatório da Akamai também aponta as médias de pico, ou seja, a média entre as velocidades máximas entre os IPs únicos em uma região geográfica. Nesse ranking, nossa velocidade aumenta bastante, mas a dos outros países também, o que não nos ajuda muito a subir na lista: em 76º lugar, a média de pico no Brasil foi de 20,4 Mb/s, também abaixo da média mundial, de 23,2 Mb/s. Hong Kong é o líder, com invejáveis 68 Mb/s.

As conexões acima de 10 Mb/s no Brasil representam apenas 0,4% do total. Quando consideradas as velocidades acima de 4 Mb/s, essa porcentagem sobe para 22%. Enquanto isso, do outro lado do mundo, na Coreia do Sul, só 6% das conexões são abaixo de 4 Mb/s. É fato que, embora grandes cidades brasileiras contem com boas conexões, regiões mais afastadas ainda sofrem com a falta de infraestrutura e possuem poucas opções.

Você pode conferir o relatório de 44 páginas da Akamai na página State of the Internet ou logo abaixo. O documento não mostra todos os países avaliados pela Akamai; para ver todos os dados em um mapa, acesse esta página.

Mais sobre: ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.