A Microsoft confirmou o retorno do Menu Iniciar ao Windows no começo deste mês, durante a conferência BUILD 2014, mas acabou jogando um balde de água fria em todo mundo ao não dar nenhuma previsão de quando o recurso será disponibilizado. Bom, não havia previsão até agora: de acordo com o The Verge, o Menu Iniciar deverá aparecer em uma atualização do Windows 8.1 a ser liberada em agosto deste ano.

O The Verge afirma ter recebido a informação de fontes bastante familiarizadas com os planos da empresa. Se o prazo relatado estiver correto, isso significa que a Microsoft lançará uma nova atualização da plataforma apenas alguns meses depois de liberar o primeiro Windows 8.1 Update.

Não é comum a Microsoft lançar atualizações que alteram ou incrementam funcionalidades do sistema operacional em intervalos tão curtos. Mas o update de agosto pode ser o início de uma mudança de comportamento: a companhia parece estar determinada a liberar atualizações mais rapidamente.

Ao fazê-lo, a Microsoft poderá agilizar a disponibilização de funcionalidades novas no Windows e melhorar o suporte da plataforma aos mais diversos tipos de usuários. Trata-se de uma estratégia semelhante àquelas utilizadas em plataformas móveis como Android ou iOS e que vêm sendo bem aceitas pelos usuários.

É assim que o Menu Iniciar do Windows 8.1 deverá ficar

É assim que o Menu Iniciar do Windows 8.1 deverá ficar

O retorno do Menu Iniciar se encaixaria neste contexto. A funcionalidade pode estender a relevância do Windows 8 por algum tempo enquanto a Microsoft se ocupa dos detalhes finais para o lançamento do que deverá ser o Windows 9 (codinome Threshold), cujo lançamento está previsto para meados de 2015.

Se a liberação acontecer em agosto ou não, o fato é que o Menu Iniciar para o Windows 8.1 não deverá ficar muito diferente daquilo que foi apresentado na BUILD: imagens exibidas no evento mostram que, ao ser acionado, o menu exibe uma lista dos aplicativos mais importantes, euquanto que uma área maior, à direita, reúne Live Tiles, isto é, blocos equivalentes aos que já existem na tela inicial do sistema.

Além do Menu Iniciar, há a expectativa de que o novo update traga a possibilidade de o sistema rodar programas com interface Modern em janelas com tamanho reduzido. A atualização liberada no último dia 8 já permite o acesso a aplicativos do tipo a partir da Área de Trabalho, mas estes ainda são executados em tela cheia.

Outra possibilidade apontada pelas tais fontes é mais remota, mas não improvável se levarmos em conta que a Microsoft irá oferecer o Windows de graça em dispositivos com telas menores que 9 polegadas: a empresa pode anunciar, também em agosto, o plano de fundir o Windows RT e o Windows Phone em um produto só.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

portela.thiago
Me divirto com os variados tipos de "mimimis" nos comentários... um diz que não usava o Iniciar a ANOS (!!!!!!) e que nenhum dos seus amigos também não! Já o outro diz que 99,9% dos usuários utilizam... Aí me vem um, diz q não troca o 8 pelo 8.1 nem a pau (!!!!!!!!)... se a grande mudança foi do 7 para o 8, eu juro q não entendi esse mimimi...
Murillo Welsi
Não atualizo o meu windows 8 pro 8.1 mais nem a pau, ele tá uma porcaria. Tô bem com o 8 mesmo.
@
Quem o utiliza, ou 99,9% dos usuários, agradecem. No meu caso, esperarei pelo Windows 9.
@
Até hoje não entendo essa palhaçada de retorno do menu iniciar.... Não usava esse menu há anos. A maioria das pessoas que eu conheço também não usavam. Aliás, se clicarmos com o botão direito em cima do "iniciar" atual, abre uma gama de opções maiores do que se tinha no "iniciar" tradicional. Choradeira da galera que ainda está agarrada aos conceitos do XP.
Rodrigo Ribeiro
Legal..axo que ajuda, até pq o povo acostumou com o iniciar..
Elton V. Silva
Esse novo menu iniciar é a melhor coisa que a Microsoft vai fazer. Vai manter a identidade visual atual, sem perder a parte desktop do Windows 8. Desse jeito vai ficar muito mais uniforme e vai fazer muito mais sentido do que era no lançamento do Windows 8. Juntando tudo isso com a otimização que eles estão fazendo no OS, vai ficar ótimo! Não me animo tanto desde o anúncio do Ubuntu para Android, ou Ubuntu Phone.
Marcos Dias Meneghel
A volta do Índice de Experiência do Windows que é bom nada. Não quero o menu iniciar. Obrigado.