Início » Negócios » Google e Apple pagam quantia milionária para não serem investigadas sobre conspiração

Google e Apple pagam quantia milionária para não serem investigadas sobre conspiração

Intel e Adobe também somam à conta, que passa os 300 milhões de dólares

Avatar Por

Ao longo dos últimos anos, tornaram-se comuns as notícias de empresas de tecnologia do Vale do Silício que supostamente combinavam entre si para não roubar as mentes pensantes umas das outras. Notadamente, entre as empresas citadas nas reportagens estavam a Apple e o Google, que mantiveram uma excelente relação até que o buscador lançou o Android.

Pois bem, hoje quatro grandes companhias de TI chegaram a um acordo e vão pagar US$ 324 milhões para encerrar um processo judicial no qual eram acusadas de conspirar contra os trabalhadores.

De acordo com as informações da agência Reuters, o equivalente a uma ação civil pública foi iniciado contra Google, Apple, Intel e Adobe ainda em 2011. Os trabalhadores pretendiam pedir indenizações de pelo menos US$ 3 bilhões, mas que poderiam chegar a US$ 9 bilhões, devido à aplicação de penalidades relacionadas a truste.

Este intrépido repórter escreveu sobre o assunto há cinco anos (!). Na época, dissemos que não existia um acordo formal, mas Eric Schmidt deu a palavra de honra para que o Google não contratasse funcionários da Apple. Da mesma forma, a companhia da maçã teria adotado a mesma medida, pelo que ficamos sabendo.

Steve Jobs e Erich Schmidt em 2007

Steve Jobs e Erich Schmidt em 2007

Tempos depois, a imprensa vazou um email de Schmidt (sabia que ele pertenceu ao conselho diretor da Apple?) para Steve Jobs garantindo que um empregado do setor de RH seria demitido após abordar um funcionário da concorrente – porém amiga – Apple para possivelmente preencher uma vaga.

Ainda não se sabe o que vai acontecer a partir de agora. Também não está claro se o acordo entre as empresas de tecnologia para a não-contratação de funcionários uns dos outros continua valendo. Muita coisa mudou no Vale do Silício desde que a notícia veio a público, há pelo menos meia década.

Resta saber também se o assunto será abordado na série Silicon Valley. O título já escancara que se trata de uma produção sobre o mundo mágico das empresas de tecnologia da Califórnia. Logo nos primeiros episódios acontece uma situação envolvendo roubo de empregados. Vamos ver...

Mas olha, a série não é tão boa quanto parece. Depois não diga que não avisei.

Mais sobre: , , ,