Início » Brasil » Galaxy S III vendido no Brasil não receberá atualização para o KitKat por falta de RAM

Galaxy S III vendido no Brasil não receberá atualização para o KitKat por falta de RAM

Atualização para o KitKat será restrita ao modelo do Galaxy S III com 4G.
Também com 1 GB de RAM, Galaxy S III mini ficou de fora.

Por
5 anos atrás

Lançado no Brasil em junho de 2012, o modelo internacional do Galaxy S III (GT-I9300) não receberá a atualização para o Android 4.4 KitKat por falta de memória. Com 1 GB de RAM, o aparelho não possui hardware suficiente para fornecer uma boa experiência de uso, de acordo com a Samsung. A atualização ficará restrita ao Galaxy S III 4G, que chegou ao país seis meses depois, e ao modelo americano, que possuem o dobro de memória.

A informação foi confirmada oficialmente pela Samsung. Na quarta-feira (7), o SamMobile publicou um documento vazado que apontava que a atualização para o modelo GT-I9300 “foi cancelada devido a problemas não resolvidos”. Um suposto relatório enviado a desenvolvedores indicava que não foi possível integrar com sucesso os aplicativos da Samsung e a interface TouchWiz.

“As versões 3G do Galaxy S III e S III mini são equipadas com 1 GB de RAM, o que não lhes permite receber a atualização da plataforma de maneira eficiente”, de acordo com o comunicado da Samsung liberado nesta quinta-feira (8). Por conta dessa limitação de hardware, os aparelhos “não poderão receber a atualização e ao mesmo tempo continuar proporcionando a melhor experiência para o consumidor”.

galaxy-s3-hero

O Galaxy S III foi lançado no Brasil há dois anos por 2.099 reais com o Android 4.0.4 Ice Cream Sandwich e hoje está no 4.3 Jelly Bean. A notícia até causou surpresa, já que o Android 4.4 KitKat ganhou melhorias de desempenho para rodar bem em aparelhos de baixo custo, com 512 MB de RAM. Pelo visto, o dobro disso não é suficiente para rodar o KitKat junto com os vários aplicativos instalados de fábrica nos aparelhos da Samsung.

Mesmo sendo antigo, o Galaxy S III tem hardware de respeito: processador quad-core Exynos 4412 de 1,4 GHz, 1 GB de RAM, 16 GB de armazenamento interno (com entrada para microSD de até 64 GB), tela Super AMOLED de 4,8 polegadas com resolução de 1280×720 pixels, câmera de 8 megapixels com filmagem em 1080p e bateria de 2.100 mAh. Para quem faz questão do KitKat, o jeito será apelar para uma ROM alternativa, como o CyanogenMod.

O problema da limitação de hardware também se aplica ao Galaxy S III mini, que traz os mesmos 1 GB de RAM, mas processador mais simples, um NovaThor U8420 dual-core de 1 GHz, a metade do armazenamento interno e uma tela menor, de 4 polegadas. Nesse caso, a falta da atualização para o KitKat é mais um banho de água fria para os proprietários: o aparelho não havia nem sequer recebido o Android 4.3 .

A versão 4G do Galaxy S III (GT-I9305) deve receber a atualização, que está em fase de testes. A única diferença, além do suporte ao LTE, é a RAM, que vai para 2 GB. Os outros componentes, como bateria e processador, são os mesmos. O modelo foi lançado no Brasil em dezembro de 2012 já com o Android 4.1 Jelly Bean, por um preço ligeiramente maior ao da versão sem 4G: 2.399 reais.