Início » Internet » Conheça o Swarm, o novo aplicativo de check-in do Foursquare

Conheça o Swarm, o novo aplicativo de check-in do Foursquare

Por
5 anos atrás

swarm-hero

No início do mês, o Foursquare anunciou que iria dividir seu aplicativo em dois. Isso mesmo: o Foursquare iria servir basicamente para recomendação de lugares, enquanto o novo aplicativo, Swarm, seria apenas para fazer check-in.

O aplicativo foi lançado hoje, e, apesar da divisão de tarefas entre dois aplicativos ser estranha, a parte social do Foursquare ficou muito mais interessante. Veja o porquê:

Mudou tudo

Apesar de ser exclusivo para check-in, é bem claro que o objetivo do Swarm nem sempre é que as pessoas façam isso. Ao mesmo tempo que o Foursquare passou a ser um aplicativo para descoberta de novos locais, o Swarm é um aplicativo para que você descubra onde seus amigos estão e marcar um encontro, por exemplo.

easter-egg-swarm

Isso se deve ao fato de que não é mais necessário fazer check-in para compartilhar a localização: no modo automático, você compartilha apenas o bairro onde você está, assim como seus amigos podem fazer o mesmo. Caso você realmente queira compartilhar sua localização, pode selecionar o local e fazer o check-in, como antigamente no Foursquare.

É claro que esse compartilhamento de localização não é obrigatório, e você pode desativá-lo se e quando quiser.

compartilhamento-localização-swarm

Vale lembrar que a localização só é exibida para seus amigos do Foursquare. Se você pretende compartilhar sua localização, é uma boa hora para rever sua lista de amigos e remover os stalkers de uma vez por todas.

Encontrando seus amigos

Logo na primeira tela, ao abrir o Swarm, já aparece a localização dos seus amigos de uma forma bem inteligente. Aqui, ele exibiu em cinco diferentes tópicos:

  • Aqui (num raio de 150 metros de distância)
  • A uma curta caminhada de distância (raio de 1.5 km)
  • Próximo (10km)
  • Na área (40km)
  • A uma distância muito grande (amigos de outras cidades e países)

swarm-app-1

swarm-amigos-1

Clicando em um amigo, você verá onde foi seu último check-in, bem como opções de contato com ele, seja via telefone, SMS ou Facebook Messenger. Seria bem útil e legal se também tivesse integração com o WhatsApp e Telegram.

Logo na segunda aba do aplicativo estão todos os check-in feitos por seus amigos, em uma lista em ordem cronológica, como já existia antes no Foursquare. A terceira aba é a de planejamento de encontros (que detalharei mais adiante) e, por fim, a aba de notificações.

Combinando encontros

Uma das grandes novidades trazidas pelo Swarm é a aba de “Planos pela vizinhança”. Nela, você e seus amigos podem compartilhar a intenção de algum encontro, e combinar a saída por ali mesmo. Isso é muito legal, principalmente porque o aplicativo considera a distância entre você e seus amigos.

encontros-swarm-app

Seria muito mais legal se pudéssemos criar grupos dentro do Swarm. Assim, seria fácil combinar um encontro apenas com colegas de trabalho ou amigos de infância, por exemplo. Da forma atual, os planos envolvem basicamente todos os seus amigos de localização próxima, e nisso aquele seu amigo mala pode aparecer no evento sem que qualquer pessoa quisesse vê-lo.

Fazendo check-ins

Com esse novo Compartilhamento de Bairros, o check-in acaba perdendo um pouco de destaque, mas ele continua existindo. Agora, além de poder fazer check-in nos locais, você pode fazer nos bairros, se assim preferir. Às vezes, você só quer compartilhar a localização de bairros em determinados momentos, por exemplo.

O processo é basicamente o mesmo, com a diferença que o compartilhamento do check-in nas redes sociais perdeu um pouco a evidência. Antes, você simplesmente selecionava a venue e quais redes sociais deseja compartilhar o check-in. Agora, você faz primeiro o check-in, e depois decide se quer compartilhar no Twitter ou Facebook. No final do check-in, você poderá também ler mais sobre o local no Foursquare: o próprio aplicativo te encaminha para isso.

swarm-check-in

Outra novidade é que você adicionar stickers na hora de fazer check-in (e conquistar novos em determinados check-ins). Qual a necessidade disso? Simplesmente não sei.

Adeus, gamification

Além de rede social, o Foursquare trazia uma verdadeira competição com seus amigos: ele contava pontos a cada check-in e lugares novos, tinha várias badges, você podia virar prefeito de um determinado local de fizesse check-ins com frequência e disputava essa prefeitura com outras pessoas. Entretanto, nada disso existe mais no Swarm, exceto a prefeitura, que ainda está um pouco confusa, mas passa a ser disputada apenas entre seus amigos.

Apesar de ser um tanto inútil, era bem divertido essa competição de quem mais saía de casa, e várias pessoas usavam o Foursquare com o intuito de ser melhor que seus amigos ou de conquistar a prefeitura de um local muito disputado. De certa forma, isso criou uma certa fidelidade dos usuários com a rede social, que talvez não atraia tanto os antigos usuários para o novo Swarm.

Mas… E o Foursquare?

Apesar dos check-ins serem feitos a partir de outro aplicativo, o Foursquare continua existindo. O objetivo é que ele seja específico para recomendações de lugares, algo que ele sempre foi bom. Só que, de certa forma, isso afastava várias pessoas de usá-lo para esse propósito, uma vez que o Foursquare sempre foi visto como uma rede social de check-ins.

Eu já descobri coisas maravilhosas no meio das dicas nas venues, como um certo prato específico de um restaurante, uma forma de ganhar desconto em um hotel, a existência de um guichê com fila menor e até mesmo a senha da Wi-Fi do local. De certa forma, o Foursquare quer ser outro Yelp e ele tem todas as chances possíveis para conquistar esse mercado.

Se você é um desses que não pretende compartilhar sua localização, a divisão de aplicativos foi pensada em pessoas como você. E, com um aplicativo bom e difundido, com dicas curtas e objetivas e um catálogo de locais enormes, não há motivo para não usar o Foursquare a partir de hoje.

O Swarm é gratuito e já está disponível para download no iOS e Android. Isso mesmo, nada de Windows Phone, mas ele deverá receber o aplicativo “em breve”.

Mais sobre: , ,