Início » Internet » Dropbox avisa: não vai reduzir os preços

Dropbox avisa: não vai reduzir os preços

Google Drive continua imbatível com 100 GB por US$ 1,99

Avatar Por

Parece que nós estamos vivendo uma guerra entre as empresas que oferecem armazenamento na chamada nuvem. Google derrubou os preços para valores semidesprezíveis. A Microsoft cobra bem pouco pelo OneDrive (antigo SkyDrive). E o Dropbox, serviço de cloud mais elogiado do planeta? Não, no Dropbox não vai ter nenhuma redução de preços.

O CEO Drew Houston disse durante um evento lá nos Estados Unidos que os leais usuários costumam testar “outras coisas” – em referência aos concorrentes –, mas voltam ao Dropbox depois de algum tempo.

Não duvido que seja isso mesmo. Se você utilizou Dropbox alguma vez na sua vida, sabe que uma série de aplicativos utiliza a nuvem deles para salvar arquivos. Quer um exemplo? O iA Writer, excelente aplicativo para criação de textos no qual estou agora mesmo digitando estas palavras. Ele funciona especificamente com Dropbox e com iCloud, da Apple. Como não tenho iPhone, acabei me acostumando a confiar no Dropbox para acessar os documentos de texto.

Dropbox Pro começa em US$ 99 anuais por 100 GB; por um pouco mais, você contrata 1 TB no Google Drive

Dropbox Pro começa em US$ 99 anuais por 100 GB; por um pouco mais, você contrata 1 TB no Google Drive

Atualmente, o Dropbox oferece o preço mais elevado para quem quer uma pequena fatia de 100 GB na nuvem para salvar arquivos ou fazer backup do seu computador. Cobram 99 dólares pelo pacote de 12 meses. Enquanto isso, a Microsoft oferece o mesmo tanto de armazenamento por 50 dólares anuais.

O Google é imbatível: 23,88 dólares por ano, o equivalente a 1,99 dólar por mês. É bem verdade que o Google Drive não é perfeito, mas a cobrança que chega mensalmente na fatura do cartão de crédito faz a gente esquecer todos os transtornos.

Cloud computing não é nenhuma novidade. Eu me lembro de abordar este assunto bem antes de me mudar para São Paulo, há quatro anos, quando o Google começou a bater nesta tecla. Os executivos do Dropbox também sabem que virou commodity. Por isso, agora apostam em serviços que funcionem com a nuvem, com o objetivo de criar uma experiência mais completa.

Recentemente foi lançado o Carousel, aplicativo para compartilhar pastas de fotos com os amigos. Ele utiliza a estrutura do Dropbox. A companhia também promete lançar uma ferramenta de colaboração integrada com o Microsoft Office. Ainda não há uma data para o lançamento do Project Harmony.

Depois deste banho de água fria, você pretende manter seus preciosos arquivos no Dropbox?

Com informações: Re/code

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Leandro Rafael
Thássius Veloso Eu utilizo o Mega mesmo...Só acho o up dele lento demais...tenho 50 GB no Drive quando comprei o MOTO G mas não utilizo muito...Ainda não me acostumei nessa questão de armazenamento em nuvem. Meio que viciei no STEAM e no ORIGIN e não sai muito de lá (games)
Tiago Celestino
Tenho arquivos de projetos no Dropbox, uso o GDrive para documentos mais pessoais e o OneDrive como backup para antigos projetos, ou seja. Uso de tudo um pouco e sou feliz. =D
Yan Gabriel Minário
Nada que um ln - s não resolva.
Silvio Ricardo
Pra quem usa a versão paga do Plex, o valor do Google Drive e velocidade de streaming, sem dúvida é a melhor opção pra fazer a sincronização dos filmes para a nuvem.
Silvio Ricardo
Manoel Antônio, além disso o OneDrive também possui o controle de versões, mas somente para documentos e salvo engano, para imagens. E como comentei anteriormente, ele é excelente, em especial o o acesso sob demanda que é pra qualquer tipo de arquivo, mas ainda tem poucas opções de planos, e, se existisse algum plano com grande capacidade de armazenamento, seria sem dúvida a melhor opção de grandes arquivos. O Dropbox é melhor tanto por conta da grande quantidade de apps disponíveis, quanto pela velocidade (aliás nesse quesito, sem dúvida o Google Drive é o mais veloz), estabilidade, e não citei antes, mas ele também conta com um recurso muito interessante: se você tiver vários dispositivos na mesma rede que utilizem a mesma conta do Dropbox, se a velocidade da rede for maior, ele faz a sincronização pela rede local ao invés da internet.
Rodrigo Fante
Eu sou um, era dropbox, fui pro gdrive e voltei pro dropbox, anos luz a frente, todos eles usando o serviço pago.
Jonatas Santiago
Paulo U$800. Se fizer os cálculos, compensa muito a médio/longo prazo.
Daniel Serodio
Além de estar muito caro em relação à concorrência, o Dropbox incluiu no seu board a Condoleeza Rice, que recomendou o início da Guerra do Iraque, defende abertamente o uso de tortura, o uso escutas telefônicas sem mandado judicial, dentre outros. http://www.drop-dropbox.com/
William Bannach
Ganhei 50GB da Samsung por 2 anos no Dropbox então 'tô de boa'
Paulo Higa
Jonatas Santiago Ah, mas o NAS e os HDs foram muito bem pagos, né? :-P
Jonatas Santiago
Thiago Tavares Synology Diskstation com 2 HDs de 2 TB em RAID 1 :D
Thiago Tavares
Conte-me mais sobre seus 2TB. hehe Como?
Manoel Antônio
Quem disse que no OneDrive os arquivos excluídos não podem ser restaurados? Claro que pode! E, ainda no OneDrive, quando você abre uma foto no aplicativo padrão do Windows 8, o mesmo ainda não fica disponível off-line. Porque o app de fotos faz um tipo de streaming do arquivo de foto. Isso é excelente.
Jonatas Santiago
Eu tenho 2 TB na nuvem de graça :D
Rick Benetti
Eu usei o Google Drive logo no começo e a taxa de sincronização (upload) era muito baixa levando semanas pra meros 50GB, o dropbox sempre foi maks rápido e confiável, voltei ao Google Drive depois da baixa de preços, mas não indico pra ninguém simplesmente perdi cerca de 32GB de dados pois um dos computadores não tinham os dados novos então ele entendeu que era pra remover do drive e assim perdi muita coisa. Eu usava windows, como desenvolver pra Web no Windows é lento e problemático mudei pro ElemntaryOs baseado no Ubuntu, e o SyncDrive pra linux não funcionou, a Microsoft assim como a Adobe se recusam a lançar seus apps pra Linux a mudança é parcial Windows pra Office e Photoshop (Originais) e linux pra desenvolver. Enfim o único app que funcionou a contenta é o Dropbox.
Exibir mais comentários