Início » Telecomunicações » Oi e Vivo ampliam cobertura 4G no Brasil

Oi e Vivo ampliam cobertura 4G no Brasil

Lucas Braga Por

Oi e Vivo anunciaram que a partir de amanhã (31) novas cidades terão cobertura LTE das operadoras. Serão 21 novos municípios cobertos pela Oi e mais 8 novos municípios que receberão a cobertura de quarta geração da Vivo.

O salto é maior para a Oi: das 21 novas cidades com a cobertura, seis se concentram no estado de São Paulo. São elas: Guarulhos, Osasco, Ribeirão Preto, Santo André, São José dos Campos e Sorocaba.

Em outros estados, a cobertura está bem diversificada. As capitais do Acre, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Piauí, Rondônia, Sergipe e Tocantins finalmente receberam o 4G da Oi. Cidades maiores que não são capitais também receberam, como Feira de Santana (BA), Contagem (MG), Jaboatão dos Guararapes (PE), Londrina (PR), além de Duque de Caxias, Nova Iguaçu e São Gonçalo (RJ).

Antena 2G, 3G e 4G da Vivo em Águas Claras (SP)

Antena 2G, 3G e 4G da Vivo em Águas Claras (SP)

No caso da Vivo, as capitais do Acre e Rondônia ganharam cobertura, bem como Bragança Paulista e Piracicaba (SP), Gramado e Canela (RS), Vespasiano (MG) e São Lourenço da Mata (PE). Apesar de ter crescido muito menos que a Oi, quase todas as novas cidades cobertas já são atendidas pela Vivo há mais tempo; a operadora permanece com a maior cobertura 4G, tendo 94 cidades cobertas.

Com as novas cidades, a Oi passa a ter 45 municípios cobertos. Como a operadora faz RAN Sharing com a TIM, é de se esperar que a operadora italiana também anuncie a cobertura nas mesmas 21 cidades. O Tecnoblog entrou em contato com a TIM e aguarda uma resposta sobre isso. A Claro continua em segundo lugar na cobertura de cidades 4G: até o momento, 79 municípios podem contar com a cobertura da operadora.

Ambas as operadoras anunciaram a cobertura hoje por um motivo bem específico: vence amanhã o prazo estipulado no leilão de frequências que exige que as operadoras atendam com 4G todas as capitais e municípios com mais de 500 mil habitantes – são 43 cidades nessa situação. As operadoras estão livres para cobrir em outras áreas, desde que cumpram tal meta. A próxima exigência ocorre apenas em dezembro de 2015: as operadoras serão obrigadas a cobrir todos os municípios com mais de 100 mil habitantes. Nesse momento, 136 municípios brasileiros terão a oferta de 4G, locais onde se concentram 44,6% da população brasileira.

História em desenvolvimento; este artigo poderá ser atualizado.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thallyson Ricardo

Enquanto isso o maranhao esta abandonado nada de 4g

Thallyson Ricardo
Enquanto isso o maranhao esta abandonado nada de 4g
Eduardo Papa
Poderiam melhorar primeiramente onde ja tem cobertura e depois implantar em outras cidades. Falar por falar que tem a maior cobertura, todas tem, mas na pratica nao é bem assim.
Vilmar Ramos
Os atendente de operadora enche a boca pra falar do 4g e 3g que é 3g mó lixão!!!
Arthur Medeiros
A Oi sequer tem 3G que preste aqui em João Pessoa - PB. Quase nenhum lugar da cidade tem 3G, só em áreas específicas. Aí liberam um 4G nas coxas para cumprir um prazo e querem que a gente engula.
Diego F. Duarte
Pela definição da ANATEL, cidade coberta é cidade que tem sinal, não importa o alcance dele.
Diego F. Duarte
Wilian Douglas Deu sorte p caralho, pq eles capam em 10mbps e jogam a latencia la no telhado.
Jaime Ferreira
Operadoras ridículas com o aval da anatel. Agencia de ajuda as teles...
Wilian Douglas
Vitor Gabriel eu nunca tive problema com a 4G da vivo. Aqui em Ipatinga funciona muito bem. chega a 50 ,55 m
Vitor Gabriel
Dizem que o 4g da Vivo é o pior.
Vitor Gabriel
ALELUIA. Só falta a TIM agora. A Claro tem aqui em Londrina desde Março (mas com 3g horrível ainda).
Luis Fernando
Enquanto isso, o 3G da Oi não chegou aqui até hoje :v
Lázaro Monteiro
Vem pra Nextel e seja feliz!
Luã Barbosa
se o 3g atingisse uma velocidade de pelo menos mais de 100 kbps fixos já estava bom
Leonardo Oyadomari
Essa cobertura da OI em guarulhos é só no papel... 80% da cidade não tem nem cobertura 3G direito... imagina 4G....
Exibir mais comentários