Início » Brasil » Em fase de testes, Google traz Project Loon ao Brasil

Em fase de testes, Google traz Project Loon ao Brasil

Avatar Por

Você deve lembrar do Project Loon, projeto do Google que pretende levar a internet a locais onde não há sinal utilizando balões na estratosfera, certo? Há algum tempo, falamos que o Google pretendia trazê-lo para o Brasil.

E trouxe mesmo: o primeiro lançamento foi feito na semana passada, no dia 28 de maio, com dois balões. Hoje, foi lançada a segunda "bateria".

O Google foi convidado pelo ministro das comunicações Paulo Bernardo para fazer os testes por aqui e teve como parceiras na empreitada a Vivo, que entrou com a conexão 4G, e a Telebras, que trouxe o conhecimento sobre a infraestrutura de telecomunicações no país.

Foi a primeira vez que o 4G foi utilizado no Loon e o lançamento feito mais próximo à linha do Equador até agora, o que permite ficar de olho no comportamento dos balões em regiões quentes.

DCIM100GOPRO

Os lançamentos foram feitos no Piauí, nas cidades de Teresina e Campo Maior. A escolha foi feita por necessidade regional: apenas 27% das cidades do Nordeste tem acesso à internet (é o pior índice do Brasil). Em Campo Maior, apesar de haver internet na área central, a área rural não tem.

Quem utilizou a conexão do Project Loon foi a escola Linoca Gayoso Castelo Branco, que aproveitou durante uma hora a rede LTE para a aula de Geografia com ferramentas como o Wikipedia e Google Earth.

_DSC3488

O ministro Paulo Bernardo esteve presente no lançamento de hoje e afirmou que é prioridade do Governo Federal levar a internet a toda a população em todo o país. "Dado o tamanho do nosso território e as dificuldades geográficas, todas as inovações são bem-vindas. O Projeto Loon pode apontar soluções criativas para regiões de mais difícil acesso na busca da universalização da oferta do acesso à internet em banda larga", disse.

Essa é exatamente a intenção do Loon: levar a internet a lugares mais remotos, onde a infraestrutura "tradicional" é precária e o acesso à internet - e, consequentemente, à informação - fica debilitado.

A fase de testes no Brasil está concluída e, por enquanto, não há nenhum balão fornecendo conexão para o país.

Mais sobre: , ,