Início » Brasil » O estoque de endereços IPv4 no Brasil acabou

O estoque de endereços IPv4 no Brasil acabou

Depois de Ásia e Europa, América Latina e Caribe esgotam estoque de IPv4

Por
5 anos atrás

O Núcleo de Informação e Coordenação do Ponto BR (NIC.br), entidade responsável pelo registro de endereços IP no Brasil, anunciou na manhã desta terça-feira (10) que o estoque de endereços IPv4 para a região da América Latina e Caribe chegou ao fim. O esgotamento na nossa região acontece anos após o mesmo ter ocorrido na Ásia, em abril de 2011, e na Europa, em setembro de 2012. E agora?

Minha internet vai parar de funcionar? Os escritórios das operadoras brasileiras vão explodir? A Skynet vai acordar? Calma, não é nada disso.

cabo-rede

A partir de agora, as organizações no Brasil poderão receber, no máximo, 1.024 endereços IPv4 a cada seis meses, que serão usados para ajudar na transição para o IPv6. Há 2 milhões de IPv4 para essa finalidade. Quando esse estoque acabar, haverá ainda outra reserva de 2 milhões de endereços IPv4 que só poderão ser solicitados por novas organizações — elas poderão fazer isso apenas uma vez, e receberão somente 1.024 números.

Enquanto o IPv4 suporta apenas 4 bilhões de endereços, o IPv6 possui 2128 ou 3,4×1038 endereços, um número tão grande que nem sei como escrever em extenso, então ainda vai demorar um tempão até que tenhamos outro problema semelhante. Essa quantidade enorme de IPv6 é importante porque, além da expansão natural das redes, estamos caminhando para a tal internet das coisas, na qual tudo estará conectado e até lâmpadas poderão ter um IP.

Como o estoque de IPv4 acabou, as empresas da América Latina e do Caribe precisarão implantar o IPv6 em suas redes. No Brasil, 68% das organizações já alocaram seus blocos IPv6, de acordo com o NIC.br, mas ainda será necessário substituir os equipamentos dos clientes, como modems e roteadores, por exemplo. Isso não será feito de uma vez só: a transição será gradual e acontecerá nos próximos anos.

Depois da Ásia, da Europa e da América Latina, os próximos a esgotarem seus endereços IPv4 serão os americanos e canadenses. A ARIN, que controla a distribuição de IP nos Estados Unidos, Canadá e ilhas próximas, distribuiu o último grande bloco de endereços IPv4 em abril; o esgotamento deve ser anunciado nos próximos meses. O último continente a ter endereços IPv4 esgotados será a África: a previsão é que isso aconteça por volta de 2020.

Mais sobre: , , , , ,