Início » Celular » Microsoft pretende fazer baterias de smartphones durarem uma semana

Microsoft pretende fazer baterias de smartphones durarem uma semana

Por
5 anos atrás

Nesta semana, durante o Digital Summit, evento organizado pelo MIT, um pesquisador da Microsoft, Ranveer Chandra, afirmou que a empresa está com esforços para melhorar a duração da bateria.

Enquanto isso soa comum – isto é, em praticamente todo lançamento de aparelho, as fabricantes mencionam a maior duração da bateria – , o modo como eles pretendem fazer isso é que é a novidade.

Em sua palestra, Chandra falou sobre como a composição das baterias não acompanhou as melhorias no hardware dos smartphones: a quantidade de energia que elas conseguem armazenar dobrou nos últimos 15 anos, o que é muito pouco em comparação ao tanto que a tecnologia evoluiu em outros componentes dos aparelhos.

Então, a Microsoft está pesquisando maneiras “alternativas” de fazer com que as cargas durem mais, melhorando o software e/ou o design dos aparelhos, de modo que as baterias sejam usadas de forma inteligente por eles. Segundo Chandra, já foram construídos protótipos que aumentam a duração das baterias em até 50%.

A imagem do pânico

A imagem do pânico

Alguns dos avanços na pesquisa já estão em uso, como o software de Wi-Fi do Windows 8, que não gasta tanta energia, e um outro programa que permite aos desenvolvedores saber o quanto de energia seus apps irão exigir do aparelho, ajudando-os a reduzir a demanda.

Chandra revelou que uma das ideias que está sendo testada atualmente pela Microsoft é a utilização de duas baterias em vez de uma. Com menos carga, elas conseguem dividir as tarefas e otimizar o uso de energia: por exemplo, enquanto uma fica com a parte pesada do trabalho, sendo utilizada quando o smartphone precisa de mais força (como enquanto o usuário joga algo), a outra fornece a energia para tarefas menos exigentes e stand-by.

Outro protótipo é na verdade um programa que permite que o sistema operacional sozinho gerencie o gasto de energia, percebendo quais apps utilizam mais bateria e interrompendo ou diminuindo suas atividades.

Ou seja, é possível aumentar a duração das baterias em smartphones pensando apenas em melhorias de software, sem precisar aumentar a quantidade de mAh. O objetivo da Microsoft é conseguir que elas durem uma semana sem precisar de recarga. Imagine só, não precisar deixar o smartphone carregando à noite?

Mais sobre: , ,