Início » Gadgets » Sharp desenvolve tela que pode ter formatos bem diferentes dos tradicionais

Sharp desenvolve tela que pode ter formatos bem diferentes dos tradicionais

Por
5 anos atrás

Nós estamos habituados a telas retangulares. Mas, e se nossos dispositivos pudessem contar com painéis de formatos variados, que se adaptam ao conteúdo exibido? Pois a japonesa Sharp anunciou uma tecnologia nesta semana que promete justamente viabilizar esta ideia: a Free-Form Display.

Os formatos retangulares das telas atuais se devem não só à maneira consistente e padronizada de apresentar informação visual, como também a requisitos técnicos: a Sharp explica que tais formas permitem a instalação de circuitos como o gate driver (que lida com a alimentação elétrica da tela) nos pontos próximos às extremidades – se não houver uma borda com um tamanho mínimo determinado, o componente não funciona adequadamente.

Free-Form Display - Sharp

A tecnologia Free-Form Display consegue superar esta limitação porque distribui os circuitos em toda a área da tela e não somente em seu perímetro. A Sharp atribui esta possibilidade a técnicas proprietárias de design de circuitos e à sua tecnologia IGZO, que combina a oxidação dos elementos índio, gálio e zinco para criar telas mais finais, com maior definição e menor consumo energético.

Quando falamos em formatos diferentes dos padrões retangulares, logo pensamos em outras formas geométricas, com triângulos e círculos, mas a Sharp assegura que a sua nova tecnologia vai muito além disso: telas Free-Form podem ter o formato de um logotipo ou o contorno preciso dos instrumentos do painel de um carro, por exemplo.

Não por menos, a Sharp vê o segmento automotivo como o mais promissor para a sua tecnologia, embora também vislumbre telas Free-Form sendo usadas em dispositivos vestíveis, em TVs ou monitores com tela praticamente sem bordas, em painéis publicitários ou mesmo em smartphones não convencionais.

A tecnologia está pronta, segundo a companhia, mas ainda não há data para o início da sua produção. A Sharp fala apenas em iniciá-la o mais rápido possível, talvez um jeito sútil de dizer: “no momento, estamos na fase de procurar interessados”.

Com informações: Gizmag

Mais sobre: , ,
Participe das conversas do Tecnoblog

Leia o post inteiro antes de comentar
e seja legal com seus amiguinhos.

Carregar Comentários Conheça nossa política de comentários aqui.