Início » Celular » Antes do lançamento do Nokia X no Brasil, Microsoft revela Nokia X2, smartphone que roda apps de Android

Antes do lançamento do Nokia X no Brasil, Microsoft revela Nokia X2, smartphone que roda apps de Android

Paulo Higa Por

Faz só quatro meses que colocamos as mãos no Nokia X, o primeiro smartphone da Nokia que roda aplicativos para Android. Não deu nem tempo de ele ser lançado no Brasil. Mas a Microsoft já anunciou um novo modelo: é o Nokia X2, smartphone básico com hardware atualizado que tenta corrigir alguns problemas encontrados na primeira geração.

O Nokia X tinha apenas um botão de voltar. Funcionava assim: pressionando uma vez, você voltava para a tela anterior; pressionando duas vezes, era possível ir direto para a tela inicial. No Nokia X2, há outro botão, o de início. Isso significa que agora é possível alternar rapidamente entre aplicativos, em uma tela que lembra bastante a do Windows Phone.

E falando em Windows Phone, a interface continua lembrando muito o sistema móvel da Microsoft, com blocos para todo lado. O Nokia X Software Platform, como a Microsoft chama seu Android modificado, foi atualizado para a versão 2.0 e traz mais opções de personalização de cores. Não há nada do Google, nem mesmo acesso ao Google Play, e todos os aplicativos são feitos para se integrarem ao ecossistema da Microsoft.

nokia-x2

Nokia X2 chega só quatro meses após Nokia X

Nokia X2 chega só quatro meses após Nokia X

O hardware melhorou em relação ao Nokia X, apesar do Nokia X2 continuar sendo apenas um smartphone de entrada. Fica mais fácil apresentar em formato de lista:

  • Processador: antes era um velho Snapdragon S4 Play dual-core de 1 GHz (Cortex-A5), agora é um Snapdragon 200 dual-core de 1,2 GHz (Cortex-A7);
  • RAM: dobrou, de 512 MB para 1 GB;
  • Tela: aumentou de 4 para 4,3 polegadas, mas manteve a mesma resolução de 800×480 pixels e o painel LCD. A novidade é a tecnologia ClearBlack;
  • Câmera frontal: o Nokia X não tinha, o Nokia X2 tem uma com resolução VGA;
  • Câmera traseira: a resolução aumentou de 3,2 MP para 5 MP, e agora é possível gravar em 720p (antes, o máximo era 480p). O Nokia X2 ganhou ainda um flash LED;
  • Bateria: a capacidade aumentou de 1.500 mAh para 1.800 mAh;
  • Armazenamento interno: continua sendo de 4 GB, com entrada para cartão microSD de até 32 GB.

São boas mudanças: as melhorias no processador e na RAM vão dar um gás ao desempenho, que não era ruim, mas também não era uma maravilha. A adição da tecnologia ClearBlack deve resolver um dos problemas da tela: se você leu nossas primeiras impressões, sabe que o display do Nokia X era praticamente um espelho e refletia muita luz, dificultando a visualização. No Nokia X2, isso não deve acontecer (ou deve acontecer em menor intensidade).

Talvez o único problema dessas mudanças é que, com o aumento do tamanho da tela e da capacidade da bateria, o Nokia X2 ficou ainda mais grosso e pesado: agora, ele tem nada agradáveis 11,1 mm de espessura e pesa 150 gramas. A carcaça, que antes era totalmente fosca, ganhou um acabamento brilhante.

Lá fora, o Nokia X2 será lançado por 99 euros, nas cores verde, laranja e preta. Posteriormente, estarão disponíveis os modelos amarelo, branco e cinza. Procurada pelo Tecnoblog, a Microsoft não divulgou informações sobre preço ou data de lançamento no Brasil.

No início do mês, a Microsoft convidou a imprensa para um evento do Nokia X que aconteceria no dia 10 de junho, mas adiou a coletiva sem informar uma nova data. Em contato com a Microsoft, a empresa nos informou que o Nokia X será anunciado no Brasil no terceiro trimestre do ano.

Atualizado às 12h36.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Tiago Coimbra de Araújo
Credo..... RSrsrsrsrsrsrsrsrs
Geraldo Lopes
. Lixo... tem que ser otário para comprar uma merda dessas. Quem morre de amores por Nokia que compre um WP 8, se não tem grana compre um mais simples, mas com WP. Comprar uma porcaria de aparelho com um Android capado e com aqueles blocos ridículos imitando WP é burrice ao extremo. .
Carlos Eduardo
Pobre é cheio de exigencias mesmo, né ?
Willian Nobuo
Quando o SO pedir isso.
Anderson Antonio Santos Costa
Ih...quando o smartphone mais básico da MS q roda o WP terá 1 GB de RAM??? Eis a questão...
Sérgio Camargo
Devia ter adotado o Android quando começou sua derrocada, há quatro ou cinco anos. Resolveu fazer isso só agora, mas o resultado decepciona - são aparelhos ruins, que não acrescentam nada.
Lucas Corrêa
Eu sinceramente acho que a Microsoft utilizar esse tipo de tática para atrair usuários para o Windows Phone chega a ser humilhante.
Leonardo Mota
Não quero um desse NEM de graça!