Início » Aplicativos e Software » Aplicativo da Opera economiza dados no Android

Aplicativo da Opera economiza dados no Android

Software tem foco em clientes de pré-pago e pode levar a redução de 50%

Por
5 anos atrás

Os engenheiros da norueguesa Opera Software, velha conhecida nossa por causa do navegador Opera, liberaram para download nesta semana um novo aplicativo voltado para a economia de dados. Se você utiliza internet pré-paga ou assina uma franquia de dados mensal que te limita, pode ser que o Opera Max (Google Play) alivie seu uso da internet.

Fundamentalmente falando, o funcionamento do aplicativo é muito simples: ele comprime textos, imagens e vídeos antes que cheguem ao smartphone, levando à redução no número de megabytes/gigabytes. A Opera Software já emprega tecnologia similar nas versões do navegador com a função Turbo. Agora, com o novo app, não é mais obrigatório usar o navegador da empresa para tirar proveito da economia.

Eu fiz o teste.

Opera Max: economia de 17% durante a quinta-feira

Opera Max: economia de 17% durante a quinta-feira

Durante 24 horas, meu celular ficou sem conectividade com redes Wi-Fi porque o Opera Max automaticamente se desliga quando detecta uma conexão deste tipo. No fim do dia, um relatório informou que 109 MB foram utilizados, com economia de 22,5 MB. O Opera Max até informa que eu fiquei no smartphone, com conexão constante com a rede celular, por mais de 11 horas ao longo da quinta-feira (caramba!).

A mágica acontece porque o software cria uma VPN com acesso direto à nuvem da Opera Software. Se me permite uma explicação leiga: é como se o seu celular tivesse um túnel ligando-o aos servidores da Opera, tudo isso operando dentro da internet convencional. A Opera acessa as páginas, baixa os arquivos, comprime imagens, textos e vídeos, e na sequência manda para o seu aparelho. Dados criptografados, como Facebook, apps de comunicação e bancos não entram neste processo. Nem do ponto de vista técnico isso seria possível, e a Opera Software diz que é para garantir a privacidade dos usuários.

Aplicativo cria uma VPN conectando o smartphone aos servidores da Opera Software, nos EUA

Aplicativo cria uma VPN conectando o smartphone aos servidores da Opera Software nos EUA

Ainda de acordo com a empresa, os internautas conseguem uma economia de até 50% com o sistema de compressão. A dica vale especialmente para quem instalou muitos aplicativos que não utilizam criptografia, como o Vine, de compartilhamento de vídeos, e o Feedly, meu agregador de feeds RSS preferido.

Na minha experiência, a redução não foi tão significativa. E vale destacar dois pontos.

Primeiro, os servidores que atendem brasileiros ficam nos Estados Unidos, o que por si só já aumenta o tempo de espera para visualizar as páginas. Conversando com a equipe da Opera, fiquei sabendo que eles estudam instalar servidores no país para melhorar o desempenho.

Segundo, o aplicativo exige mais processamento do celular. Mesmo tendo um smartphone com especificações de hardware avançadas, reparei que em alguns momentos ele apresentou lentidão, o que não é rotineiro.

De acordo com a gerente para América Latina, Sabrina Zaremba, os internautas estão consumindo ainda mais vídeos por causa da Copa do Mundo. “Graças à possibilidade de compactar conteúdos, você navega mais pelo mesmo preço”, conclui. No caso específico de vídeos, o Opera Max diminui o tamanho dos arquivos de 10 MB para 3 MB, segundo informações da empresa.