Início » Celular » Qualcomm quer colocar um Wi-Fi bem rápido no seu próximo smartphone

Qualcomm quer colocar um Wi-Fi bem rápido no seu próximo smartphone

Paulo Higa Por
5 anos atrás

Lembra do Snapdragon 810, o poderoso chip ARM de 64 bits da Qualcomm que estará presente nos smartphones e tablets mais caros lançados a partir de 2015? Ele terá um diferencial: a Qualcomm anunciou que este será o primeiro processador móvel a suportar o WiGig, tecnologia de rede sem fio que pode atingir velocidades de 7 gigabits por segundo.

O WiGig, também conhecido como 802.11ad, trabalha na frequência de 60 GHz e consegue atingir uma taxa de transferência equivalente ao que seria possível em um teórico roteador 802.11ac de oito antenas. Mas a principal característica é o fato de ser até cinco vezes mais eficiente energeticamente que o Wi-Fi que temos hoje — portanto, é um bom padrão para nossos dispositivos móveis, que possuem bateria limitada.

qualcomm-snapdragon

O uso do 802.11ad no Snapdragon 810 vem junto com o anúncio da Qualcomm da conclusão da compra da Wilocity, uma das empresas que desenvolvem esses chips wireless multi-gigabit de 60 GHz. De acordo com a Qualcomm, a velocidade altíssima vai permitir fazer streaming de vídeo em 4K, compartilhamento de conteúdo P2P e backup de coleções de mídia completas em segundos a partir dos smartphones e tablets.

Mas o 802.11ad não tem intenção de substituir o 802.11ac, e há espaço para os dois. Como você deve imaginar, com uma frequência de operação tão alta, a penetração do sinal é menor, então ele não se sai tão bem quanto o 802.11ac de 5 GHz em ambientes com muitos obstáculos. Não espere, portanto, hotspots Wi-Fi ou redes abertas funcionando em 802.11ad; dentro de casa ou do escritório, no entanto, a tecnologia deverá ser bem-vinda.