Início » Gadgets » A primeira foto tirada com o sensor de imagem curvo da Sony (e por que isso é importante)

A primeira foto tirada com o sensor de imagem curvo da Sony (e por que isso é importante)

Por
5 anos atrás

Você está cercado de câmeras: provavelmente, há um smartphone, um notebook e algumas câmeras de segurança aí por perto. Todas elas têm uma característica em comum: o sensor de imagem, que recebe a luz que passa pela lente, é plano. Mas a Sony apresentou um sensor CMOS levemente curvo, para ser usado em futuras câmeras full-frame e smartphones, e esta é a primeira foto capturada:

foto-sensor-curvo-sony

A mesma pergunta que fizemos com o surgimento das telas curvas em smartphones pode ser feita aqui também: para que serve um sensor de imagem curvo? Felizmente, diferente do primeiro caso, há algumas respostas bem animadoras.

As câmeras atuais possuem sensor plano, mas as lentes que projetam a imagem no sensor não são planas. Por isso, é necessário corrigir alguns defeitos, como a distorção de campo (quando uma linha reta aparece curva), a aberração cromática (notada principalmente em áreas de grande contraste) e o astigmatismo (imagens borradas). Para isso, elementos adicionais são incluídos nos sistemas ópticos: o Lumia 1020 possui 6 lentes, e objetivas zoom para câmeras DSLR podem ultrapassar os 20 elementos.

Sensor de imagem curvo da Sony

Sensor de imagem curvo da Sony

Mas se os sensores de imagem também forem curvos, seguindo a curvatura natural das lentes, isso permitirá a fabricação de sistemas ópticos mais simples: os raios de luz que entram em ângulos oblíquos não precisarão mais serem corrigidos para serem projetados em uma superfície plana. Na prática, isso significa que poderemos ter lentes mais leves, mais baratas e mais fáceis de se produzir.

Com uma curvatura semelhante ao do olho humano, a Sony promete que o sensor possui sensibilidade à luz 40% maior no centro e 100% maior nas bordas, o que diminuirá o nível de ruído em ambientes mais escuros. Também por causa do formato, o escurecimento nos cantos da foto, algo que os fotógrafos chamam de vinheta, simplesmente não existe na foto tirada acima com o sensor de imagem curvo.

Sensores de imagem curvos não são exatamente uma novidade, mas é a primeira vez que uma grande empresa como a Sony (que tem como um dos principais clientes a Nikon) é capaz de produzir esses componentes em massa para câmeras full-frame e smartphones — pelo menos 100 unidades já foram fabricadas. Descobriremos mais sobre as possibilidades e a qualidade de imagem desses sensores nos próximos anos.

Com informações: PetaPixel, Nikkei, Digital Photography Review.

Mais sobre: