A fábrica da Samsung em Campinas (SP) sofreu um grande assalto na madrugada desta segunda-feira (7). Por volta da meia-noite, aproximadamente 20 criminosos renderam funcionários e vigias, usaram os crachás de identificação para entrar na empresa e levaram uma carga com valor estimado de R$ 14 milhões, composta por smartphones, tablets e notebooks.

Parece até cena de filme: de acordo com a Polícia Civil, os criminosos usaram sete caminhões próprios para levar 40 mil unidades de eletrônicos. Eles permaneceram na fábrica por aproximadamente três horas e fizeram cerca de 200 funcionários de reféns. Para evitar que alguém chamasse a polícia, os bandidos pediram aos trabalhadores que retirassem as baterias dos celulares.

samsung-assalto-fabrica

A ação começou quando os bandidos renderam funcionários da Samsung que estavam em uma van. Os ladrões usaram a van para entrar na fábrica como se fossem funcionários e renderam os seguranças do setor de distribuição e os vigias da portaria, que permaneceram em seus postos para parecer que nada estava acontecendo. Felizmente, ninguém ficou ferido, e os funcionários contam que os assaltantes não foram violentos em nenhum momento.

As imagens gravadas pelas câmeras do circuito interno da fábrica serão analisadas. A Delegacia de Investigações Gerais de Campinas não descarta a possibilidade de funcionários terem participado do roubo, já que a quadrilha sabia onde estavam os equipamentos mais valiosos e tinha outras informações privilegiadas.

Com informações: G1, UOL.

A Polícia Civil afirmou que o valor das mercadorias roubadas era de R$ 80 milhões; posteriormente, a Samsung declarou que, na verdade, os produtos custavam R$ 14 milhões. O texto foi atualizado.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mozart Rozendo
Vão achar! certeza!
Leandro Marchetti
Será que a ação se deu por revolta da não atualização do Galaxy S3? rsrs.. Desrespeitou seus clientes - ladrões a desrespeitaram. Não que esteja correto, claro. Um absurdo..
Eric Viana
Nada de Samsung via MercadoLivre, BomNegocio ou OLX até ser possível verificar o IMEI do equipamento... Comprar algo de segunda mão não tem problema... Comprar algo roubado é totalmente diferente.
EFG
Por que será que eu prevejo parte desses eletronicos indo parar nas cadeias?
Everton Luiz Gomes
Agora o lobby vai ser forte para o bloqueio por imei, funcionar efetivamente.
Leonardo Domingues
Esse tipo de coisa é sempre "fita dada", a segurança das empresas não permite que alguém de fora entre sem saber de nada.
Carlos Alex
Assaltos a empresas fechadas quase sempre tem dica de funcionario, infelizmente.
ComeOn Festa
O assalto bO