Início » Telecomunicações » Anatel quer acabar com “efeito clube” e reduzirá tarifas de chamadas até 2019

Anatel quer acabar com “efeito clube” e reduzirá tarifas de chamadas até 2019

Por
5 anos atrás

É comum encontrar pessoas que possuem chips de mais de uma operadora. O chamado “efeito clube” incentiva que isso ocorra, com objetivo de aproveitar as promoções em ligações para clientes da mesma operadora. A Anatel quer colocar um fim nisso e reduzirá as tarifas de interconexão significativamente até o ano 2019.

Esclarecendo melhor: tarifa de interconexão é o valor, por minuto, que uma operadora A deve pagar a operadora B quando um cliente origina chamadas para o cliente da operadora B. Atualmente, o valor médio de interconexão é de R$ 0,23, e a proposta é que os valores diminuam gradativamente, até chegar na média de R$ 0,02 no ano de 2019.

anatel-sede-agencia-nacional-telecomunicacoes

É uma grande redução: a taxa de interconexão ficará onze vezes mais barata do que a atual. É um desconto que deverá beneficiar o consumidor: atualmente, uma chamada de um celular pré-pago para outras operadoras custa mais do que R$ 1,50 por minuto. Com o desconto nas tarifas de interconexão, as operadoras poderão deixar as tarifas mais vantajosas para o consumidor. Como a tarifa será mais baixa, cabe a cada operadora oferecer alguma vantagem que fidelize o consumidor a seu serviço, uma vez que deixará de ser vantajoso manter mais de um chip ativo.

Vale lembrar que a nova tarifa de interconexão não será o valor do minuto que uma operadora repassa a outra. Essa taxa é apenas para que a ligação seja entregue em outra operadora. Para o consumidor, o valor final do minuto será mais caro, já que a chamada gera outros custos como o de manutenção de rede, cobertura e serviço.

As reduções começarão a partir do ano 2016. Todos os valores de interconexão estão descritos na proposta que foi aprovada pela Anatel, a partir do slide 29.