Início » Jogos » Parece que dessa vez o Google comprou o Twitch

Parece que dessa vez o Google comprou o Twitch

Avatar Por

A internet interplanetária foi surpreendida na noite desta quinta-feira (24) pela notícia de que o Google comprou o Twitch, aquele site para transmitir o gameplay ao vivo. A informação foi confirmada pelo portal VentureBeat, que é especializado justamente em negócios. Mas o que o Google quer com um site de transmissão de vídeos?

Gameplay de Starcraft 2 com direito a muitos comentários (tudo ao vivo)

Gameplay de Starcraft 2 com direito a muitos comentários (tudo ao vivo)

Em maio deste ano, a revista Variety publicou uma reportagem informando que o negócio estava fechado. Naquela época, o comando do YouTube se recusou a falar sobre o assunto. No fim das contas, nenhum negócio se confirmou – até onde sabemos. O Google é uma empresa pública, com ações na bolsa, então é de se esperar que uma aquisição desta magnitude seja divulgada aos investidores imediatamente.

Ora, ora. Mas o que o Google quer com um site de transmissão de gameplay? A empresa já domina o segmento de vídeos na internet com o YouTube. A adição do Twitch seria, na realidade, a aquisição de milhares de canais para colocar publicidade. Quanto mais propagandas o YouTube vende, mais dinheiro ele recebe no fim do mês. Chega a ser uma conta primária.

O Twitch se tornou ao longo dos anos a ferramenta preferida dos gamers. Lá nos Estados Unidos, ele já é a maior plataforma para vídeos ao vivo, com 43,6% do mercado. O WWE aparece na segunda colocação com bem menos: 17,7%. O Ustream, mais popular por aqui, aparece em terceiro lugar com 10,9%. O portal da gigante dos esportes ESPN nem sequer aparece no pódio: detém o quinto lugar, com 6,3%.

Dada a importância do Twitch, as fabricantes dos videogames da nova geração abraçaram a ideia. O Xbox One e o PlayStation 4 têm aplicativos para visualizar e fazer transmissões em tempo real. Não é pouca coisa que as pessoas exibem. No momento em que escrevo este artigo, são quase 76 mil espectadores de League of Legends, o campeão disparado do site. Além dele, temos Hearthstone, Dota 2, e CS: GO com mais de 20 mil espectadores cada.

Nós ainda não sabemos o que o Google pretende fazer com o Twitch. A dinâmica do site é bastante diferente do que estamos acostumados a ver no YouTube. Meu melhor palpite é que vão manter o Twitch como um serviço à parte, mas integrando os canais ao gigantesco sistema de publicidade em vídeo do YouTube.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Radouken Oficial
FAKE NEWS TWITCH NUNCA SERÁ VENDIDA PRA GOOGLE E SIM BATER CARA Á CARA COM A GOOGLE
Gustavo Sant'Anna
Hm.... tenho que discordar. Livestreams do youtube sao muito inferiores ao da Twitch, o problema que a Twitch tem com o Brasil sao servidores que nao sao locais e temos problemas com travamentos e etc. Tanto é que a maioria dos gamers do youtube fazem live via Twitch. O que acho benefico é se a estrutura google for aplicada no Twitch, até porque os recursos que a gigante Google possui é infinitamente maior que a Twitch.
Bel Salles
Difícil vai ser ficr no Twitch por muito tempo. Vão colocar propagandas em todas as transmissões? Vão proibir, junto com as empresas, a transmissão de alguns jogos?
Evandro Oliveira
O Youtube, como provedor de serviços, tem muito a agregar ao twitch. A começar pelo player que é muito melhor e mais maduro. Rolar uma migração de infraestrutura também seria fantástico, as livestreams do youtube são disparado melhores. Pra fechar o pacote, interface única. Resultado: stream de jogos no youtube. Tudo que gamers queriam.
Felipe Teodoro
se melhorar os servidores do Twitch, já vale.