Início » Aplicativos e Software » Em breve, app Messenger será obrigatório para uso do chat do Facebook via Android e iOS

Em breve, app Messenger será obrigatório para uso do chat do Facebook via Android e iOS

Emerson AlecrimPor

A função de chat do aplicativo principal do Facebook logo mais será coisa do passado para quem é usuário de Android ou iOS. Dando sequência a um movimento iniciado em abril deste ano, a companhia começou a enviar e-mails aos seus usuários nesta semana para avisar que, nos próximos dias, mensagens instantâneas de seu serviço em smartphones das referidas plataformas serão possíveis apenas via Facebook Messenger.

Facebook Messenger

Sabendo que esta é uma mudança impactante, o Facebook começou a implementá-la de maneira gradual, começando pela Europa. Ao constatar que a “imposição” do app Messenger foi bem aceita pela maioria dos usuários deste continente, a empresa deu início à migração global.

Para justificar a decisão, o Facebook afirma em seu comunicado que o Messenger é mais rápido, confiável e dotado de recursos melhorados. Nele, é possível enviar fotos, vídeos ou mensagens de voz e iniciar conversas em grupo mais facilmente, por exemplo.

Nos testes feitos na Europa, a companhia constatou que o aplicativo, pelo simples fato de ser dedicado ao chat, fez os usuários ficarem cerca de 20% mais rápidos nas respostas às mensagens.

Quando a mudança estiver concluída, o app principal do Facebook continuará exibindo notificações de mensagens, mas ao tentar respondê-las, o usuário será redirecionado ao Messenger. Caso o aplicativo não exista no aparelho, o Facebook sugerirá a sua instalação.

Facebook Messenger

A empresa vem tomando o cuidado de fazer pronunciamentos pouco detalhados a respeito do assunto, assim, as suas reais intenções com a mudança não estão claras. É bastante provável, no entanto, que o Facebook queira tornar a função de chat tão importante aos usuários quanto a timeline da rede social.

É uma estratégia que, sem o conhecimento de seus pormenores, parece entrar em conflito com o WhatsApp, uma vez que o serviço pertence à companhia desde o último mês de fevereiro. A única certeza do momento é que o Facebook tem mesmo grandes planos para o seu Messenger – de acordo com declarações recentes de Mark Zuckerberg, até uma função para pagamentos móveis está prevista para o aplicativo.

Na versão web, o chat permanecerá sendo exibido ao lado da timeline. Usuários de tablets, celulares de baixo custo ou smartphones com versões antigas do Android continuarão podendo acessar o chat pelo aplicativo principal do Facebook, pelo menos por algum tempo. O mesmo vale para quem usa smartphones baseados em Windows Phone, apesar de esta plataforma já contar com um app oficial do Messenger.

Para os demais casos, a companhia se limitou ao discurso do “em breve”, não informando, até o momento, uma data definitiva para que o uso obrigatório do Facebook Messenger passe a vigorar.

 

Comentários

Envie uma pergunta