Início » Jogos » Assassin's Creed Unity terá uma personagem feminina, mas ela não será jogável

Assassin's Creed Unity terá uma personagem feminina, mas ela não será jogável

Avatar Por

Depois da grande polêmica que foi a infeliz justificativa da Ubisoft para não ter uma assassina mulher no co-op de Assassin's Creed Unity, a publisher conseguiu rapidamente inserir uma garota na trama do jogo. Em trailer divulgado ontem, conhecemos Elise.

elise acu

Relembrando a polêmica, a Ubisoft havia dito que modelar uma personagem feminina para o modo co-op no jogo representaria muito trabalho extra, então foi utilizada a base do personagem principal, Arno, para os outros. Profissionais da área rebateram dizendo que não seria tão trabalhoso assim e a hashtag #womenaretoohardtoanimate tomou conta do Twitter.

Então, ontem, a publisher liberou o trailer a seguir. Nele, vemos uma jovem prestes a ser decapitada, que é salva pelo protagonista da história. É Elise, uma templária que faz parte da nobreza francesa e provavelmente irá se unir a Arno de alguma maneira ao longo da história.

Elise é bonitinha e parece saber o que fazer com uma lâmina em mãos, mas tem um porém: ela não será uma personagem jogável. Ou seja, se você quer jogar com uma personagem feminina em Assassin's Creed, terá de voltar para AC: Liberation, que conta com uma protagonista mulher (e tem praticamente todas as animações feitas a partir de Connor, protagonista de AC3 - os dois jogos foram feitos paralelamente).

Falando em Liberation, esse jogo também tem uma Elise ruiva de olhos verdes com traços delicados. Prefiro achar que é coincidência.

Apesar de não estrelar o jogo, a Elise de Unity será protagonista de um livro da série inspirada na franquia, escrita por Oliver Bowden. Ele mostrará a batalha entre Assassinos e Templários e a relação com Arno a partir de seu ponto de vista. Além disso, uma versão da personagem em estátua colecionável também será vendida junto com um DLC para o jogo.

assassins-cree-unity-elise-action-figurine

Em outras palavras, a Ubisoft acrescentou uma mulher forte na trama de Unity, mas sua apresentação ao mundo foi precisando ser salva por um homem e ela será um NPC (non-playable character). Apesar de não ser o que esperávamos no jogo, ela terá um livro no qual será protagonista e uma estátua colecionável, assim como Arno. Nesse cenário, eu realmente não ficaria surpresa se a tal força de Elise estivesse na forma de "personalidade forte", o que não necessariamente se traduz em uma personalidade feminina interessante.

Assassin's Creed Unity será lançado para PC, Xbox One e PS4 no dia 28 de outubro.