Início » Demais assuntos » Novos aviões da Embraer querem resolver o problema da falta de espaço para sua bagagem de mão

Novos aviões da Embraer querem resolver o problema da falta de espaço para sua bagagem de mão

Paulo Higa Por

Não tem jeito: depois que todos embarcam no avião, pelo menos uma pessoa terá dificuldade para guardar a bagagem de mão. Mas a Embraer pode acabar com esse inconveniente nos novos aviões comerciais E2. Trabalhando em conjunto com a empresa de design Priestmangoode, de Londres, a fabricante brasileira de aeronaves conseguiu aumentar o espaço dos compartimentos superiores em 40%.

embraer-e2-cabine

Com um espaço bem maior, a ideia é que todos os passageiros, sem exceção, consigam colocar suas bagagens de mão de tamanho padrão nos compartimentos superiores. É possível acomodar malas de até 56x46x25 centímetros de tamanho, ou seja, há espaço suficiente. As companhias normalmente adotam a regra de que a soma das dimensões não pode ultrapassar 115 centímetros (algo em torno de 55x40x20 centímetros).

Mas se o compartimento superior está mais espaçoso, isso significa que a área para o passageiro está ainda mais apertada? Na verdade, não. Toda a mágica para ampliar o espaço está na PSU, sigla em inglês para Unidade de Serviço ao Passageiro. Como explica a Wired, é lá que ficam as máscaras de oxigênio, luzes de leitura e indicações para apertar os cintos ou desligar eletrônicos.

Uma PSU para cada um

Uma PSU para cada um

Os aviões normalmente possuem uma PSU que se estende por todos os assentos, mas os novos jatos da Embraer terão uma PSU para cada assento. Ou seja, a instalação dessas unidades deverá ser mais trabalhosa, mas em compensação elas poderão ser posicionadas de maneira mais flexível, o que permitirá a economia de espaço. A Priestmangoode já entrou com um pedido para patentear as PSUs.

embraer-e2-psu-individual

Vale a pena dar uma olhada melhor na cabine dos E2. Os aviões poderão ter apoio para tablets, conexão Wi-Fi e tela de boas-vindas na entrada do avião com informações úteis, como a temperatura no destino. Na primeira classe, a companhia aérea pode optar por colocar um assento por fileira. O vídeo abaixo, da Embraer, detalha bem o que podemos esperar dos jatos:

embraer-e2-classe

embraer-e2

No momento, há três modelos de jatos E2 anunciados pela Embraer: E175-E2, E190-E2 e E195-E2. As primeiras aeronaves serão entregues em 2018 e, no layout padrão de classe única, podem levar de 88 a 132 passageiros. Algumas companhias aéreas já fizeram seus pedidos; por aqui, a Azul assinou uma carta de intenções para comprar até 50 aviões Embraer E195-E2.

É do Brasil!

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Guimaraes Dinho

Uma pergunta que não quer calar: Se a distância de Fortaleza à Lisboa é de 5590 Km, e a de Fortaleza a Miami é de 5554 Km, porquê a Embraer manteve em 5550 km a autonomia máxima dos seus novos jatos E2 ??? São apenas 4 quilometros a distância que falta para nos permitir voar do Brasil aos EUA, e de 40 Km a mais para um vôo à Portugal sem escala - e não me digam que o problema é a limitação de lugares, pois há os horários em que saem voos com meia lotação ou menos.

Guimaraes Dinho

A Embraer tem melhor aceitação pelas empresas sulamericanas do que pelas empresas brasileiras. Na Argentina, por exemplo, até o ano passado, era mais comum se viajar em um avião da Embraer do que no Brasil. Infelizmente o novo governo argentino, leia-se Macri, resolveu preferir a Boeing e desativar aviões da Airbus e da Embraer. Sem patriotismo, os ERJ são mais confortáveis que os Boeing.

JOSE HAROLDO SENA DE O. FILHO
A extinta Rio-Sul antes de ser encapada pela também extinta Varig utilizavam os pioneiros jatos Embraer ERJ145 (atualmente serve de "planta base" para o Legacy). Seu traçado é um dos mais belos, os motores ficam na cauda do avião e os estabilizadores verticais no alto do leme como os clássicos B727.
D' Carvalho

Negócio é deixar todo mundo espremido e reduzir o preço das passagens =)

Paulo Alves
Aumentar a parte dos bagagem de mão enquanto os passageiros viajam como sardinhas. Há pouco tempo atrás se podia viajar na azul confortavelmente, agora está do mesmo jeito que TAM e A GOL, se quiser espaço para esticar as pernas tem que pagar 50 reais.
Odilon Paschoal
Já viajei pela linha aérea AZUL aviões da EMBRAER,tirei o chapéu pra estes aviões,confortado,acentos de primeira,muito ligeiro,são aviões de confiança,mais também a terceira maior do planeta,nós brasileiro estamos de parabéns,por ser um dos gigantes na aviação,parabÉns EMBRAER.....
ingryd
os aviões são lindos e por enquanto estou estudando eles e fazendo trabalhos!!!
cassiorox
Ainda assim teríamos um problema, já que a regulação vigente diz que a bagagem pode ter apenas 5 KG, já há estudos por parte da ANAC a pedido das companhias aéreas para mudar esse limite, até porque na prática muitas bagagens estão com um peso maior do que este e a agência que deveria fiscalizar.... melhor nem comentar. Mudando de assunto, a Embraer realmente é fascinante, os aviões da Azul são excelentes, essa nova versão dos jatos, com certeza serão muito bem vindos, gostei bastante do conceito de espaço que foi adotado na primeira classe (Que talvez a Azul possa utilizar, já que as primeiras 5 poltronas tem um espaço maior, chamado de Espaço Azul) os novos compartimentos de bagagem também serão muito bem recebidos... quem nunca ficou sem espaço para colocar as bagagens? Só as prioridades que embarcam primeiro que não devem ter passado por esse problema... porque quem curte entrar no final, sempre pode ter esse desconforto.
ochateador
É... Avião da tam e gol é sofrimento, sempre prefiro pegar azul (mesmo que demore mais ou faça rota mais longa), compensa pelo conforto.
Comment

Uma pena mesmo. Viajei em um dos aviões deles...muito bom, tanto no espaço quanto no conforto. Já a volta foi de Gol...que tristeza.

Fraga
Uma pena mesmo. Viajei em um dos aviões deles...muito bom, tanto no espaço quanto no conforto. Já a volta foi de Gol...que tristeza.
Lucas
A implementação da ideia, ao que parece, foi sensacional. Eu, pessoalmente, gosto de deixar toda a galera entrar primeiro no avião, aguardo sentado até a fila chegar quase no final. Poucas vezes não consegui, mesmo fazendo isso, encaixar a bagagem. Mas, quando faltou espaço, foi um Deus nos acuda. Ainda bem que a solução vem por aí, embora, como disse o Ubirajara aí em cima, seja uma pena que apenas a Azul use Embraer no Brasil
Paulo Higa
Pois é. :-(
Ubirajara Cortes
Uma pena que no Brasil somente a Azul usa aviões da Embraer: http://www.embraercommercialaviation.com/pt-br/Pages/Customers.aspx?aircraft=E-JETS