Início » Gadgets » Lev, o leitor de ebooks da Saraiva com recursos de sobra

Lev, o leitor de ebooks da Saraiva com recursos de sobra

Custando entre 299 e 479 reais, o Lev é um forte concorrente para os e-readers já consolidados

Paulo Higa Por

A Saraiva entrou no grupinho da Amazon e Livraria Cultura ao lançar, na semana passada, o leitor de ebooks Lev. Com touchscreen e-ink de 6 polegadas, peso de apenas 190 gramas e integração com a loja de livros digitais da Saraiva, o Lev chegou ao Brasil custando 299 reais na versão mais simples. Um modelo mais completo, com iluminação embutida para ler no escuro, está sendo vendido por cem reais a mais.

Os preços do Lev são os mesmos do Kindle e Kobo equivalentes, o que dificultou ainda mais a decisão de quem está pensando em comprar um leitor de ebooks. Será que o Lev é uma boa opção? Como é o desempenho? O acervo de ebooks da Saraiva convence? O que o Lev tem de diferente? Todas as respostas estão nos próximos parágrafos, mas posso adiantar que ele é um forte concorrente.

Quiseram fazer algo diferente

Muitos leitores parecem concordar comigo que o Lev não é o leitor de ebooks mais bonito que já vimos. A Bookeen, empresa francesa que projeta o e-reader para a Saraiva, fugiu um pouco do que estamos acostumados ao usar bordas assimétricas, uma moldura de cor diferente em volta da tela e um peculiar botão frontal circundado por um anel prateado que faz o Lev lembrar um tablet.

saraiva-lev-microsd-power

Mas se o Lev não passa no concurso de Miss Universo, pelo menos o design é bem funcional. O botão frontal é multiuso. Com um toque, abre-se a lista de atalhos que dá acesso à tela inicial, biblioteca e loja de livros digitais da Saraiva. Com dois toques, é exibido o menu contextual, que serve para alterar a fonte do texto ou ativar o Wi-Fi, por exemplo. Mantenha o botão pressionado e a iluminação será ligada ou desligada.

saraiva-lev-traseira

A traseira possui um acabamento fosco e um toque levemente emborrachado que muito me lembra o Kindle Paperwhite. Se esse tipo de plástico acaba atraindo muitas marcas de dedo, pelo menos torna a pegada mais confortável. Além disso, o peso de 190 gramas, mais leve que os livros que normalmente lemos, torna possível usar o Lev por algumas horas antes de cansar os braços.

Um hardware não imbatível, mas decente

Se você for mais a fundo nas especificações de hardware, verá que o Lev possui um painel E Ink Pearl. É o mesmo usado no Kindle Paperwhite de 1ª geração e Kobo Glo, mas está atrás do novo Kindle Paperwhite, que adota o moderno E Ink Carta. Na teoria, este último possui contraste até 50% maior e reflete até 20% menos luz. Na prática, a não ser que eles sejam comparados lado a lado, a diferença é quase imperceptível.

O modelo que estou usando há uma semana é o Lev com Luz, que possui preço sugerido de 479 reais — não por acaso, o mesmíssimo valor do Kindle Paperwhite e Kobo Glo. Útil para usar o e-reader em ambientes pouco iluminados, a luz é bastante uniforme e tende um pouco para o azul. Achei bastante exagerado o brilho no nível máximo, mas a opção está lá para quem quiser usar (e estiver com vontade de agredir os olhos).

saraiva-lev-iluminacao

O poder do Lev é o mesmo de um e-reader qualquer, e o processador é um ARM de 1 GHz. No geral, o uso é bastante fluido. As trocas de página são rápidas, a abertura de ebooks é quase instantânea e o ajuste das fontes é feito sem cerimônia. Passei por uma travada feia ao usar o recurso de galeria de imagens, mas isso aconteceu apenas uma vez, e o Lev não deve deixar seus proprietários irritados.

Em relação aos dois principais concorrentes, o Lev leva vantagem por possuir o dobro de armazenamento interno, 4 GB, sendo que ainda há como expandir a memória com um cartão microSD. Mesmo guardando mais de 200 arquivos, entre ePUBs e PDFs, não usei mais que 800 MB de espaço, portanto, acredito que a maioria das pessoas nem pensará em comprar um microSD.

saraiva-lev-traseira-baixo

Quanta coisa nesse software!

A interface do Lev é bem simples, mas uma olhada mais profunda nas configurações revela recursos de software bem interessantes. Separei três:

  • Modo noturno: as cores ficam invertidas, com fundo preto e texto branco. Uso com frequência esse recurso no smartphone, em aplicativos como Instapaper e Pocket, e sinto que meus olhos cansam menos.
  • Em "Meus Livros", o Lev permite navegar pelos livros armazenados em pastas. Para quem quiser dedicar uma pasta só para guardar arquivos da faculdade, por exemplo, é prático e uma mão na roda.
  • Orientação da tela: você pode ler ebooks tanto no modo retrato quanto no modo paisagem. E tem como ativar um gesto com os dedos para alternar entre os modos (como você deve saber, e-readers são bem simples e não têm acelerômetro como os smartphones e tablets).

saraiva-lev-configuracoes-texto

saraiva-lev-inicio

saraiva-lev-modo-noturno

Como não dá para ter tudo, senti falta de um navegador. O browser do Kindle Paperwhite, mesmo que simples e lento para renderizar páginas, ainda é útil para fazer consultas rápidas. E, falando em consultas, seria bom ter acesso fácil à Wikipédia e um dicionário de inglês ou espanhol (ou francês, ou chinês simplificado, enfim) para textos mais complexos. De fábrica, há apenas o Soares Amora embarcado, que faz um bom trabalho nos verbetes em português.

Todos os livros comprados na Saraiva ficam acessíveis através do SaraivaReader, que possui aplicativos para Windows, OS X, Android e iOS. Portanto, dá para começar um livro no Lev e continuar do ponto em que parou no tablet. Mas um recurso que está ausente (ou pelo menos não funcionou) é a sincronização de marcadores e notas: ele só guardou a posição da página. Já é alguma coisa, mas poderia ser melhor.

PDF Reflow: a hora da verdade

saraiva-lev-pdf-reflow-opcoes

Um dos recursos mais legais propagandeados pela Saraiva é o PDF Reflow. Não tem jeito: ler PDFs em leitores de ebooks nunca foi uma experiência muito boa. As fontes pequenas, as limitações tecnológicas nas telas e o baixo poder de processamento tornam um pesadelo ler qualquer coisa que não seja um ebook de verdade. O que o PDF Reflow promete fazer é reorganizar os PDFs para que eles possam ser lidos confortavelmente na tela e-ink de 6 polegadas do Lev.

E devo dizer que o PDF Reflow funciona razoavelmente bem. Não é perfeito, mas está dentro do que eu esperava. Para o teste, joguei mais de 20 arquivos em PDF dentro do Lev, entre páginas web transformadas, comunicados à imprensa e uma série de textos que professores de jornalismo normalmente pedem para os alunos lerem. Em aproximadamente 60% dos arquivos, os resultados foram bem satisfatórios.

saraiva-lev-pdf-reflow

Nos arquivos em PDF contendo apenas texto e imagem, não há o que temer — o PDF Reflow reorganiza o arquivo e faz parecer que estamos lendo um ePUB. É possível fazer ajustes no tamanho da fonte, marcar algum trecho importante e tudo mais. A formatação dos arquivos é preservada, então será possível enxergar normalmente os negritos e itálicos do documento.

A limitação fica por conta de documentos mais complexos, com gráficos, tabelas e múltiplas colunas. O PDF Reflow claramente se perde, deixando trechos sem sentido e fazendo uma salada de parágrafos de colunas diferentes. Alguns poucos arquivos PDF complexos, mas bem feitos, funcionaram bem — no entanto, quase nunca dá para depender de quem gerou o documento.

Nem sempre funciona muito bem...

Nem sempre funciona muito bem...

Mas, mesmo quando o PDF Reflow não dá conta do recado, o Lev faz o favor de cortar automaticamente aquelas margens brancas em volta das páginas dos PDFs. Consequentemente, as páginas aproveitam toda a pequena tela de 6 polegadas do e-reader, as fontes ficam com tamanho legível e toda a diagramação complexa do documento é mantida.

O Lev ainda não resolve o problema dos PDFs em e-readers, mas é a melhor opção se você depende muito desse tipo de arquivo.

Uma olhada de perto no acervo da Saraiva

saraiva-lev-loja

É verdade, nada impede você de obter ebooks em ePUB em outro lugar e armazená-los no Lev. Mas, prezando pela praticidade, o ideal mesmo é ter acesso fácil a uma boa loja de livros digitais diretamente do e-reader. Hoje, a referência nessa área é a Amazon. Será que a Saraiva, que promete o maior acervo de livros digitais em língua portuguesa, possui um conteúdo forte?

Para fazer a comparação, peguei os 10 livros mais vendidos de cada loja (Saraiva e Amazon), além dos cinco mais vendidos de acordo com a revista Veja em cada categoria (ficção, não ficção e autoajuda). Este é o resultado:

saraiva-amazon

As lojas possuem acervos bem equilibrados, mas a vantagem da Amazon fica clara quando o livro é de um autor independente — essas obras fazem sucesso na loja do Kindle, apesar de não possuírem grande distribuição por não terem uma grande editora por trás. Por outro lado, a Saraiva pode ser mais atraente para pequenos nichos, especialmente advogados e estudantes de Direito. A última edição do Vade Mecum Saraiva e alguns manuais de Direito, por exemplo, são exclusivos da Saraiva.

Fato é que, caso você se limite aos best sellers, não terá muitos problemas em nenhuma das lojas.

O veredicto (ou não)

saraiva-lev-fecha

Eu realmente gostei do Lev. A Saraiva bem que poderia tentar vender o leitor de ebooks um preço mais agressivo no lançamento para atrair pessoas que já estão interessadas nas outras opções (e facilitar a minha conclusão), mas o Lev é um e-reader que consegue competir de igual para igual com os produtos já consolidados. Com um acervo bom, recursos interessantes e interface rápida, eu diria que um potencial futuro proprietário do Lev não se arrependeria da compra em nenhum momento.

Se antes eu recomendava o Kindle Paperwhite indiscutivelmente como a melhor opção, hoje eu não tenho tanta certeza disso. Ainda acho que a Amazon, por estar há mais tempo no mercado, conseguiu formar um bom ecossistema: uso muito a integração com o Instapaper e o botão para enviar páginas da web para o e-reader, por exemplo, e por isso provavelmente ainda escolheria o Kindle.

No entanto, o Lev chama mais a atenção pelo recurso de PDF Reflow, que funciona bem e daria vida a alguns arquivos que não leio no Kindle Paperwhite pela péssima experiência. Até por isso, o armazenamento interno mais generoso para os arquivos PDF, mais pesados, é uma boa ideia. Por fim, o suporte aos arquivos ePUB, inexistente no leitor de ebooks da Amazon, também é um ponto positivo para a Saraiva.

Por isso, diferentemente do que faço nos outros reviews, não vou definir aqui qual é a melhor compra entre Kindle Paperwhite e Saraiva Lev porque, de fato, não há grandes motivos para não comprar algum deles: você estará muito bem servido com qualquer um dos dois. Permita-me, só desta vez, ficar em cima do muro. 🙂

Especificações técnicas

  • Bateria: até três semanas de duração.
  • Conectividade: Wi-Fi 802.11 b/g/n e Micro USB.
  • Dimensões: 166 x 120 x 9,4 mm.
  • Formatos: ePUB, PDF, FB2, imagens (JPEG, GIF, PNG, BMP, ICO, TIFF e PSD) e texto (TXT e HTML).
  • Memória interna: 4 GB (2,8 GB disponíveis para o usuário).
  • Memória externa: entrada para cartão microSD de até 32 GB.
  • Peso: 190 gramas.
  • Processador: 1 GHz.
  • Tela: e-ink de 6 polegadas com resolução de 1024×758 pixels e iluminação integrada (opcional).

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Mirian Evangelista
gostaria de saber se consigo baixar o aplicativo Kindler no leitor Lev ou so terei acesso à Saraiva?
Ayeska Escobar
Meu primeiro foi um Kindle mais simples, após pesquisar sobre o Kobo e o Gato Sabido. Adorei o Kindle e após poucos meses o vendi e comprei o Paperwhite. Estou há 3 anos com ele e continua maravilhoso...Leio muito ! E a única reclamação é a quantidade de gigas já que meu acervo é grande e não poder ler bem PDFs...a minha intenção é trocar por um mais novo rsrs
Karina Bertazo
Olá. Pensei em comprar principalmente para ler os artigos da tese, mas pelo que você falou há problemas naqueles com múltiplas colunas. Desanimei por conta disso. Os artigos que leio são praticamente todos múltiplas colunas. Além disso, muitos deles tem figuras, gráficos e tabelas. Assisti inúmeros vídeos de comparação de e-readers, mas é tudo muito igual, ninguém passa uma informação realmente importante, por isso mesmo gostei muito do seu texto.
Você acha que vale a pena comprar mesmo assim?
Obrigada.
Igor BC
Muito boa e detalhada análise...
Raphaela Scola
Preciso de uma orientação, sou estudante e tenho uma demanda de leitura muito grande, a maioria dos textos que recebo é em PDF e gostaria de um aparelho que eu pudesse fazer minhas notas e grifar o texto. Qual modelo vcs me indicam? Obrigada.
arsenáutico
Tenho muitos arquivos em epub. Qual o melhor e-reader, sendo que gostaria de transferir via USB, por exemplo?
John, The Bohemian
Tenho muitos arquivos em epub. Qual o melhor e-reader, sendo que gostaria de transferir via USB, por exemplo?
Marcos De Castro Aranha
como faço para descobrir o macadress dele?
lucas vinicios
me fale sobre a questão de epub e pdf no kindle, por favor.
lucas vinicios
me fale sobre a questão de epub e pdf no kindle, por favor.
Marina Ebbecke
Como adicionar PDFs no Lev? Não consigo achar essa informação na internet. É pelo Saraiva Reader, algum outro aplicativo?
Leandro
Comprei um LEV com Luz em 02/2016, e não recomendo (espero que os problemas tenham ocorrido só comigo). Usei o aplicativo da saraiva para transferir os arquivos, e todos deram problemas! Travamento de tela, demora na passagem das páginas, ao passar a página ela voltava para página anterior e ao abrir o Menu de livros o LEV já abria um livro aleatoriamente. Entrei em contato pelo suporte do email fiz como mandaram mas não resolveu. Já resetei, mas a melhora é passageira.
Juliana
Estou organizando vários pdfs no cartão de memória, para estudar. Mas aconteceu um problema: renomeei os aquivos no PC, antes de transferir para o microSD, pois os títulos não eram muito explicativos. Mas, ao abrir no LEV, aparecem os títulos antigos. Acessando o conteúdo pelo PC, aparecem os títulos novos. Isso já aconteceu com alguém? Sabem como resolver?
Airton de Castro
Só eu que estou tendo problemas no LEV com arquivos PDF? Arquivos com mais de 50 páginas ele sempre dá erro após a n. 30 aproximadamente, sem exceções! se o pdf for maior do que livrinhos extremamente simples, sempre dá erro. Estou tratando com a Saraiva por site de reclamações, mas até agora, depois de vários "procedimentos", ninguém resolveu meu problema.
Leandro Afonso
você fez a atualização do Lev notou alguma melhora significativa ? Tenho
essa preocupação pois não tenho uma experiência boa com atualizar software, pois sempre deixa a memória do aparelho cada vez mais
preenchida e pesado para rodar. Você recomenda a atualização do lev ?
Jefferson Soares
"Todos os leitos de EPUB leem nativamente o formatos de HQ", disso eu não sabia.Comprei o Lev justamente por causa desse PDF Reflow, pois tenho um acervo de livros digitais em PDF e não gostaria de ler estes em um tablet. E realmente o que eu citei no comentário anterior é uma gambiarra como você mencionou kkk, mas foi a maneira que tinha encontrado pra ler as minhas HQ's.
Adriano Azevedo
Isso tem nome: gambiarra...kkk Todos os leitos de EPUB leem nativamente o formatos de HQ. A minha mensagem foi há um ano.. Insisti nessa porcaria do LEV, que travava toda hora, por três meses e nem a Saraiva disse que tinha solução: mandou "aguardar uma nova versão do firmware". Vendi e comprei um Kobo Glo com luz e estou MUITO satisfeito...
Jefferson Soares
Mas você poderia converter as HQ's de CBR ou CBZ para PDF(tem softwares que fazem isso, eu utilizo um) depois você poderia utilizar o PDF Reflow para ler as HQ's no Lev.
Agnóstico
Pois é... penso em comprar um Kindle para minha esposa e, assim, temos opções. O Lev parece ser mais prático para a faculdade (leitura de PDFs), mas o Kindle é mais interessante para consumo de livros.
brzli
Pois é... penso em comprar um Kindle para minha esposa e, assim, temos opções. O Lev parece ser mais prático para a faculdade (leitura de PDFs), mas o Kindle é mais interessante para consumo de livros.
Agnóstico
É, o dicionário do Lev é bem fraco mesmo... definições curtas que explicadas empregando-se o próprio termo. Vale pelo PDF reflow, que acho que vou utilizar bastante. Pretendo comprar um Kindle para a minha esposa e, assim, teremos mais opções em termos de loja e usabilidade.
brzli
É, o dicionário do Lev é bem fraco mesmo... definições curtas que explicadas empregando-se o próprio termo. Vale pelo PDF reflow, que acho que vou utilizar bastante. Pretendo comprar um Kindle para a minha esposa e, assim, teremos mais opções em termos de loja e usabilidade.
Agnóstico
Comprei o Lev com luz. Não sei quanto aos outros, mas uma coisa que me incomodou é que o brilho da tela no mínimo já é um pouco forte para ler no escuro. É melhor usar iluminação externa. Além disso, a tela com a luz desligada é um pouco mais escura do que o papel, ou seja, absorve mais luz do que uma folha de papel. Dizem que os e-readers com iluminação própria são um pouco mais escuros, mas não pude comprovar isso ainda.Agora, uma coisa sensacional é o PDF reflow. Além de fazer o reflow, dá para dar zoom no texto e ele faz um novo reflow rapidamente.
brzli
Comprei o Lev com luz. Não sei quanto aos outros, mas uma coisa que me incomodou é que o brilho da tela no mínimo já é um pouco forte para ler no escuro. É melhor usar iluminação externa. Além disso, a tela com a luz desligada é um pouco mais escura do que o papel, ou seja, absorve mais luz do que uma folha de papel. Dizem que os e-readers com iluminação própria são um pouco mais escuros, mas não pude comprovar isso ainda.

Agora, uma coisa sensacional é o PDF reflow. Além de fazer o reflow, dá para dar zoom no texto e ele faz um novo reflow rapidamente.
Asdrubal Arraes
Parou de funcionar com duas semanas de comprado. ASaraiva diz que não repõe, que "é problema de display, portanto deve ser mau uso"

EU SEI que o LEV nunca sofreu qualquer impacto ou outra influência externa.

Só me resta concluir que caí no conto do vigário.
Gabriel Soares
Não tem indicação de porcentegem lida ou de tempo restante para o término do capítulo ou do livro (no Kindle isso é melhor)

Na verdade, tem sim. É só pressionar o botão central uma vez.
No Kindle é melhor pois já mostra na página.
Rebbeca
Olá! :) Gostaria de saber a experiência de alguém que, assim como eu, usa o Vade Mecum no Lev. A minha tem sido péssima, não consigo transitar entre os diversos códigos existentes no livro, e isso é necessário. O aparelho trava, não corresponde aos meus comandos... Já estive na loja da Saraiva procurando auxílio por duas vezes, e sem sucesso, pois nem os especialistas em Lev conseguiram resolver o meu problema. Entrei em contato por email e aguardo a resposta. Fiquei muito decepcionada e não faço idéia de como será resolvido.
Leonardo
Comprei o aparelho e a Película protetora no MercadoLivre na loja ANALU EXPRESS. É só digitar: "analu express mercadolivre" no google que vai aparecer os produtos que eles vendem. O atendimento deles é excelente!
Mariana
Mariana B. 1 segundo atrás
Meu lev está travando na página, e fica assim por minutos, sem funcionar qualquer botão de comando. Sabe dizer se isso é comum a tecnologia? Só tenho 10 livros salvos na própria memória. Obrigada pela atenção
Daniel Moura
Esse aparelho é todo BUGADO!!!!Vive dando problema... ainda prefiro o Kindle que é melhor de todos...
danmoura
Esse aparelho é todo BUGADO!!!!
Vive dando problema... ainda prefiro o Kindle que é melhor de todos...
Alan Pereira
Olá Paulo Higa! Me dá uma ajuda cara? Comprei o Lev com luz no dia 05/07/15, e desde então ainda não consegui sincronizar o minha conta no Lev com o Saraiva Reader. Por exemplo: Tenho livros que eu baixei na internet e salvei direto na pasta raiz do Lev, e após ler algumas páginas eu quero continuar a leitura no app para Android ou mesmo no Pc e os livros não aparecem. Esse tipo de sincronismo só acontece com livros comprados de forma legal (com DRM) ou é algum erro na conta?
Arnaldo
Quanto a indicação de porcentagem basta atualizar o software que a nove versão já mostra tudo.
Arnaldo
Experimente o Kindle Voyage, demais.
Arnaldo
Possuo 3 Kindle e 1 Lev, gosto de todos mas o Kindle é muito superior, muito mais rápido e prático, ainda mais para quem utiliza os aplicativos e extensões que existem, basta clicar com o botão direito do mouse e enviar imediatamente (WiFi) para o Kindle, desde textos próprios, selecionados de qualquer página ou ainda um livro ou jornal todo. Adoro os dicionários e tradutores do Kindle também, basta tocar na palavra e até Wikipédia se abre, muito rápido e prático.
Ueritom Ribeiro Borges
Tão bom ler os comentários e ver o pessoal se ajudando e não aquela "guerra" entre fãs da Samsung e Apple. :)
Ueritom Ribeiro Borges
bela metáfora, Victor..kkk
Kátia Reinel
Acabei de dar um desse de presente para minha mãe e já quase arrependida (e morta de vergonha, diga-se de passagem). Quando tento fazer o login na loja, ele diz que está ativando o Lev, só que aí aparece uma página de erro "HTTP Status 500". Já reiniciei, já recuperei as configurações de fábrica, mas o erro persiste. Alguém tem alguma dica salvadora?
Eduardo o Guimaraens
É possível sim
Rodrigo Cozer
Completando, o comentário abaixo: quem está em dúvida entre o KOBO e o Lev nem perca tempo: Kobo tem melhores dicionários, melhor responsividade, botão físico para ligar/desligar a luz, melhor design, etc
Rodrigo Cozer
Pra começar tive que dar 5 estrelas para avaliar no site da Saraiva,
apenas pro comentário ser publicado (sim, a Saraiva só publica
comentários bons, pode isso!?), porque minha
experiência foi péssima. O produto veio com defeito, não carrega. Segundo o
manual bastaria 5 horas de carga para 100% de bateria (ou 3 horas de carga para
85%). Passou mais de 30 horas carregando, alternando entre USB e tomada e não
carregou nada. Enquanto estava carregando testei o dicionário Soares Amora, e
posso dizer que é muito bom para terceira série do primário. Testei o recurso
PDF Reflow (motivo que me fez comprar essa nhaca) e o texto ficou melhor com o
recurso
Reflow desativado. Testei no Kobo da minha esposa e ficou a mesma
coisa, ou seja, esse Reflow não vai salvar a vida de ninguém. Por fim,
posso dizer que minha experiência com esse aparelho foi muito ruim,
chegou num dia e no outro virou um peso de papel.
Eduardo Figueiredo
Olá, estamos em março de 2015. Eu sou usuário de todos os e-book readers lançados no mercado nacional. Uma comparação sincera sobre LEV Kobo e Kindle eu posso fazer: O Lev fica em segundo lugar, porque: seu hardware é inferior ao do Kindle mas superior ao do Kobo. Quando digo Kobo, me refiro ao Kobo Aura HD, modelo top de linha vendido pela Cultura. Esse modelo tem hardware frágil e lento e não gerencia bem grandes quantidades de livros.
Em termos de bateria, vence o Kindle (uns 10 dias de uso intensivo). Segundo lugar para o LEV.
Em termos de processamento, vence o Kindle (gerencia 2 mil livros bem). Segundo lugar para o Lev, pq não tem um navegador adequado e muito menos aguenta tocar um SD com mais de 2 mil livros.
Quanto a tela: indiscutivel vitória do Kindle com um sistema de iluminação adequado e atualizações rápidas sem fantasma. A tela do LEV é boa, mas sua iluminação é excessiva e forte mesmo se vc deixar no mínimo! O LEV tb deixa a desejar na questão do Touch, que falha muito, ao passo que o do Kindle é muito preciso. E o Lev não tem a capinha inteligente (e cara) do Kindle, que o desliga quando vc a fecha.
Quanto ao Kobo, mesmo sendo modelo top perde em tudo: tela, touch, duração de bateria e até definição! (deveria ganhar nessa, pq é "HD"). Sem contar que deixa fantasmas na virada de página da página seguinte. Um horror.
O LEV só fica em terceiro lugar na questão dicionário: de novo o primeiro lugar fica para o Kindle e em segundo os Kobos, pq seu dicionário é bom. O dicionário do LEV é um tal de "Soares Amora" que, francamente, conhece menos palavras em português que eu...
Agora vou comprar por "modestos" 800 reais o leitor Kobo H20 que, de novo, a Cultura promete ser a maravilha das maravilhas, e além de tudo, a prova d'água. Vamos ver se ele cumpre alguma coisa do que promete, porque está difícil com os outros modelos que ela tem.
Se alguém ainda vir esse post, espero ter ajudado. Recomendo que comprem o Kindle Paperwrite, que, mesmo sem entrada para SD e um tanto limitado na questão dos formatos, é o melhor. Para suprimir a falha dos formatos, utilizem o Calibre para gerenciar suas coleções de livros e as transferirem para o Kindle e esqueçam a história de mandar arquivos para o Kindle via e-mail... Quanto a ausência de SD, isso é bobagem. Nenhum e-book reader gerencia confortavelmente mais de 2 mil livros...
Rodrigo Maia
fui ver essa porcaria na saraiva e estava totalmente travado até pra passar página, além do touch não estar respondendo. O vendedor tentou usar também e não respondia. Fui de Kobo glo e não recomendo o Lev não, mesmo tendo um preço mais acessível.
Eduardo Figueiredo
Observação: o acervo do Kobo é melhor e o da Saraiva fica em último. Melhor mesmo é buscar os livros na internet (free) e envia-los todos para os e-books readers via Calibre. :)
Eduardo Figueiredo
Eu tenho o LEV, o Kindle Papewriter e o Kobo Aura HD. Minha avaliação é a seguinte: melhor harware - Kindle. Melhor acervo - Amazon. Pior hardware - Kobo. Pior dicionário - LEV.
O LEV fica em segundo no computo geral mas em último com seu sofrível dicionário Soares Amora. Seu hardware é regular, melhor que o do KOBO, mais rápido. Sua tela é melhor que a do Kobo também. De resto perde em tudo para o Kindle, exceto pelo fato de aceitar cartão microSD. Detalhe: para alimentar todos os e-readers eu uso o Calibre, que é compatível com todos eles.
Gabriel
O Lev é bom para ler ebooks pesados de mais de 1.000 páginas (ex. livros jurídicos)? Ele carregará rápido?
Nathalia Carriel
Nao entendi: não é possivel comprar um ebook na saraiva e ler em um kindle ou vice versa??? obg
Henrique
Comprei um KOBO Glo para testar e o danado só vive travando, e dá-lhe reset! Acabei desistindo e comprando o LEV com luz, nossa que maravilha, dá de cem a zero no KOBO. parabéns Saraiva!
Henrique Alves
Tácio Andrade
Você saberia dizer se a capa do Cybook Odissey funciona normalmente nele (o tamanho e tudo mais)? Pois comprei a pouco o com tela retro iluminada, porem queria comprar a capa fora do país e economizar uma grana. ;)
Fandley
Atualização disponibilizada hoje, 8/12/14.http://www.saraiva.com.br/l...
Platão Sofista
Um amigo meu tem um lev e me emprestou o que me permitiu conhece lo bem sem precisar comprar. Meu veredicto: não compro,no momento, por um motivo a meu ver determinante e que so aparece com o uso: fraca interação com internet. não há implementação de computação na nuvem, e a saraiva ao importar o cybook odyssey "matou" o que original francês tinha de melhor em termos de funcionalidade. Apesar de ter conexão wifi, ele tem um monopólio de navegação anacrônico e arcaico que permite acesso tao somente com a eShop da Saraiva. Isso é determinante pois esqueça Google, Wikipedia, sincronização de grifos e notas e outras coisas que ja estão no sangue do usuário da era do cloud computing A Amazon pra início de conversa tem um ótimo serviço de armazenamento na nuvem que por sinal é aberto a todos.A Saraiva parece estar contando com uma alienação do consumidor brasileiro, desprezando completamente o potencial da computação em nuvem. Meu voto vai pro kindle que possui de fato hardware inferior ao lev mas é plenamente integrado com a nuvem. Fora o dicionário embutido do lev soares amora que é PÉSSIMO. Pra não falar no pdf reflow que é uma FARSA só funciona PDF DRM ou seja ebook comprado no eShop DA SARAIVA, esqueça o PDF inclusive o autoral feito 100% por você mesmo! E tem outra grave, nao tem como colocar dicionário adicional...São detalhes que não são pequenos e que fazem toda diferença e se a saraiva continuar subestimando seu público que paradoxalmente é melhor informado que a média, vai levar a pior nessa certamente.
bruno glaba
Um amigo meu tem um lev e me emprestou o que me permitiu conhece lo bem sem precisar comprar. Meu veredicto: não compro,no momento, por um motivo a meu ver determinante e que so aparece com o uso: fraca interação com internet. não há implementação de computação na nuvem, e a saraiva ao importar o cybook odyssey "matou" o que original francês tinha de melhor em termos de funcionalidade. Apesar de ter conexão wifi, ele tem um monopólio de navegação anacrônico e arcaico que permite acesso tao somente com a eShop da Saraiva. Isso é determinante pois esqueça Google, Wikipedia, sincronização de grifos e notas e outras coisas que ja estão no sangue do usuário da era do cloud computing A Amazon pra início de conversa tem um ótimo serviço de armazenamento na nuvem que por sinal é aberto a todos.

A Saraiva parece estar contando com uma alienação do consumidor brasileiro, desprezando completamente o potencial da computação em nuvem. Meu voto vai pro kindle que possui de fato hardware inferior ao lev mas é plenamente integrado com a nuvem. Fora o dicionário embutido do lev soares amora que é PÉSSIMO. Pra não falar no pdf reflow que é uma FARSA só funciona PDF DRM ou seja ebook comprado no eShop DA SARAIVA, esqueça o PDF inclusive o autoral feito 100% por você mesmo! E tem outra grave, nao tem como colocar dicionário adicional...

São detalhes que não são pequenos e que fazem toda diferença e se a saraiva continuar subestimando seu público que paradoxalmente é melhor informado que a média, vai levar a pior nessa certamente.
Fabiana Alves
Obrigada Thiago. Acabei de fechar a compra pelo Black Friday.
Fabiana Alves
Fernanda você foi certeira. Comprei por um ótimo preço.
Thiago Nunes
Estou lendo o seu comentário a 1:39 do dia 28/11/14 ou seja, estou na Blackfriday e o LEV com luz está (o mesmo preço do Kindle paperwhite) 299 dilmas. Caso não tenha comprado 3 meses atrás compre agora que é sucesso. =)
Vaz
Valeu cara, achei! essa árvore é fera pra caramba. Que pena que vc não pode mais postar lá. Tudo de bom.
Altair Costa
Oi Vaz

A árvore genealógica é de todos personagem citados de westeros em todos os livros, completa.

Malz estar te respondendo por aqui. Não posso mais postar lá porque disse que o tópico sobre armaduras era inútil.
Ricardo
Com o Lev, é possível passar livros (em pdf e epub) que tenho baixados para o aparelho por cabo usb? Ou só é possível usar o que for comprado na Saraiva?
Natacha
Tenho duvidas se devo comprar um kindle ou um Lev, pois eu leio muito em PDF, só que quando compro ebooks, prefiro compra pela amazon. Alguém sabe me dizer como faço pra passar meus livros comprados na amazon para o LEV.
Jaime Crispim
Gostei bastante do review! Eu estava mto em dúvida sobre comprar um e-reader, inclusive a maior dúvida era a possibilidade de colocar arquivos próprios na memória do aparelho, e acredito que tal dúvida foi sanada. Já estava inclinado à comprar o Lev pelo atrativo da tela touch-screen e por ser melhor para leitores PDF, por causa do PDF REFLOW. mas acredito que você deixou claro na review que para usuários com necessidades simples, só colocar seu livro no leitor e começar a ler, eu sinceramente não usaria uma sincronização com meu celular que já não aguenta tanta coisa. O review foi de grande motivação para a compra de um e-reader e um peso enorme para opção do Lev
Angelo Terroso
Já tive um kindle. Leio bastante, mas hoje acho muito mais prático ler num tablet de 8". Regulando o brilho, a leitura é bem confortável. A diferença de peso 100 ou 150g a mais é insignificante. O tablet permite infinitas coisas mais que só ler. O hardware é muito melhor, a diferença de preço é pequena. A única vantagem de um e-reader é a duração da bateria, mas só isso não justifica sua compra. Um e-reader só se justificaria se fosse muito mais barato, com um único uso, hardware tão inferior e com tão pouca diferença de preço para um bom tablet o custo x benefício não compensa.
Vaz
Olá Paulo Higa. Seu review está sendo muito útil pra mim que já decidi ter um e-reader, ainda não sei qual. O fato do lev parecer ser melhor pra ler pdf me chamou atenção, por isso gostaria de saber se você pode testar abrir um artigo científico (normalmente disposto em duas colunas) pra ver como funciona. Agradecido desde já.
Vaz
Pensei nisso, mas nos outros também só da pra ler em preto e branco, então não faz diferença pra mim, prefiro ler full color hd no pc.
Fabiana Alves
Obrigada Fernanda...

Eu vou aguardar e conferir.
Fernanda Barros
Fabiana,
Espere o Black Friday que acontecerá no dia 28 de novembro. Acredito que consiga por um preço mais baixo.
Gideão Marinho
Ola Pessoal! Comprei o Lev com luz e estou amando. Mas não vi ninguém comentando aqui sobre o POSITIVO ALFA. Tenho ele também, é muito mais bonito que o Lev, a capa é mais clássica e bonita também, é brasileiro mas perde em desempenho. O Lev é mais ´rápido e fácil de ler, o ALFA da POSITIVO é mais bonito por fora.
William Nunes
Achei ruim a fonte que só da pra diminuir até 17 px! Quer seriam 13 pts, sendo que o ideal para leitura seria 12 pts, 16 px! =(
João
Bem. Possui o Kobo Glo (aparelho razoável) e recentemente possuo o Kobo Aura HD, estou muito satisfeito com meu Aura HD, ainda que o valor seja um absurdo. Já sobre o LEV, o que testei não me trouxe lá grandes resultados tendo em vista que achei mesmo "mais do mesmo" ou seja, absolutamente nada de inovador. Podem até dizer "mas é HD" ou "tem luz de fundo", tudo bem, mas ainda assim, não tem fluidez, não é verdadeiramente "rápido" como tanto se deseja que um dia algum fabricante faça isso. Lhes pergunto uma coisa, pois não pude testar na hora, quando, em um cartão de memória, montamos uma vasta biblioteca, ao inserirmos esse cartão de memória no LEV, ele reconhece a "biblioteca" que havíamos criado no cartão? Se isso for verdade então parabéns pra eles, pois é algo bem legal isso, ao invés de ficarmos organizando tudo por horas no próprio aparelho, livro por livro. Já o recurso de ler pdf's, me pareceu muito legal.


P.S. Já que esses aparelhos tem a possibilidade de atualização de software, pois que a Kobo (no meu caso) invente algo semelhante pra leitura de pdf's, pois, já que possuo diversos pdf's e a conversão via Calibre, normalmente fica uma porcaria, fico, desde já, no aguardo... rs... Valeu.....................
Adriano Azevedo
Na verdade ele não é brasileiro: O projeto do Lev é baseado no Cybook Odissey, e-reader da francesa Booken, e a localização do software (tradução) e integração a loja foi feita pela Saraiva com a ajuda do Centro de Estudos Avançados do Recife (C.E.S.A.R). E um problema que pouco estão mencionando: ele não abre aquivos CBR ou CBZ, formatos universais de HQ (quadrinhos) digitais.
Larissa Da Cunha Dias
E agora, escolher entre ler PDFS confortavelmente com o LEV ou acesso a dicionários/Wikipédia com o Kobo?
Larissa Da Cunha Dias
Debora, eu questionei online e informaram que será possível baixar depois de um tempo, porém o modo de busca automática não poderá ser utilizado, confere?
Roberto Lopes
Oi, Paulo.

Você chegou a comentar sobre a luz forte ser muito agressiva, mas e sobre a luz fraca? Eu tenho um Kindle Paperwhite e a regulagem de luz é muito melhor, consigo ler tranquilamente à noite num quarto escuro. No caso do Lev, achei a luz mais fraca muito forte, isso torna a leitura num quarto escuro muito desagradável, é como se eu estivesse lendo num tablet ou no computador. O que você acha?
Eduardo
Uma dúvida, o software do Lev tem algo parecido com o kobo, tipo um "reading life" ? Que faz um levantamento de estatísticas de leitura, começa a calcular quanto tempo pode ler um determinado livro baseando no histórico?
eduardoafs
Uma dúvida, o software do Lev tem algo parecido com o kobo, tipo um "reading life" ? Que faz um levantamento de estatísticas de leitura, começa a calcular quanto tempo pode ler um determinado livro baseando no histórico?
Guest
Uma dúvida, o leve tem a parte de acompanhamento da leitura dos livros? Tipo contagem de páginas que faltam pra terminar determinado capítulo, porcentagem do livro já lida, etc? São coisas simples mas que já estou acostumado ao ler ebooks.
tardiolli
Parece interessante, mas estou receoso em relação ao dicionário, se eu não puder incluir um bom dicionário prefiro continuar usando o Mantano Reader em um tablet, seja ios(ipad) ou android, com estes posso incluir n dicionários, e de quebra, possui o recurso PDF Reflow que funciona com perfeição. Entendo que a leitura seja mais agradável em um e-reader, mas as perdas, tais quais, dicionários e um wikipedia, por exemplo, me desanimam.
Marcio Queiroz
idem. Usei um Kobo e achei leeeeeerdo. O Lev é bao mesmo! O acervo em português de livros técnicos da Saraiva tb me convenceu. Na Amazon só vi livro de auto ajuda e romances...
danielnbl
Eu mexi nessa semana e achei frágil, com cara de produto não muito bem acabado. As bordas não são bem feitas, para tocar em coisas que estão muito no topo é meio complicado.A interface design e funções do kindle ainda me agradam muito mais.
danielneves
Eu mexi nessa semana e achei frágil, com cara de produto não muito bem acabado. As bordas não são bem feitas, para tocar em coisas que estão muito no topo é meio complicado.

A interface design e funções do kindle ainda me agradam muito mais.
danielneves
Conheço e é a função que eu mais uso. Mas uso o Readability que tem menos erros.
Mas a leitura de PDF no kindle é muito ruim quando a página é grande. Esse recurso do Lev possibilita justamente adaptar o texto para tela mudando tamanho, fonte etc... como se fosse um mobi ou epub
Magno
A primeira semana com o Lev foi um desastre, infelizmente. Não entendam mal, considero o aparelho razoável. Ele veio para ocupar um honroso 3º lugar :-) Baseio minha análise no uso do aparelho durante essa primeira semana de uso.

Alguns problemas do Lev podem ser facilmente consertados em uma atualização de software. Por exemplo, os comandos dos cantos não respondem direito ao toque, preciso ficar apertando e apertando para ver se "pega". A usabilidade também deixa a desejar pois o acesso às tarefas é desorganizado. Tentem encontrar o botão para desligar e depois me falem. Ele está nas opções avançadas do sistema (!). Mas, vou logo avisando que também acho que a usabilidade do Kindle é apenas "bom" depois de todos esses anos. Nesse aspecto, considero o Kobo melhor.

Tive sérios problemas com os meus ebooks (novos e velhos). Os ebooks estão, na maioria, bloqueados porque estão em uso por outro usuário (que sou eu logado no SaraivaReader), embora eles prometam a tal intercomunicação entre os dispositivos, isso não está acontecendo. Ontem comprei um ebook e baixei no Lev. Depois, não consegui lê-lo no Mac. A lógica diz para desinstalar do Lev e usar no Mac e - adivinhem? - não está mais disponível em nenhum dos dois porque está registrado para outro usuário (?), que sou eu. Entrei em contato com o suporte, mas eles não responderam e não resolveram o problema. E não era um livro do Kafka.

É possível instalar fontes e isso funciona corretamente, mas, o Kobo Glo as processa melhor (usei a fonte Ubuntu no teste). O espaço da tela não é bem aproveitado. Embora seja possível tirar o título do livro, que aparece na parte de cima da página por padrão, o Lev ocupa muito espaço no rodapé, com a numeração das páginas. Em um dispositivo com tela de 6" acho isso muito importante.

Embora o Kindle Paperwhite 1 e o Kobo Glo à venda no Brasil sejam de 2012 e o Lev seja um derivado do Bookeen Odyssey HD de 2014 (edição personalizada com menos recursos para baratear o custo para a Saraiva), os três dispositivos tem praticamente as mesmas configurações.

Enfim, a Saraiva demorou para lançar seu ereader. O produto é bom, mas, podia ser melhor. Um upgrade no software faria uma grande diferença. O atendimento ao cliente precisa melhorar para atingir o nível da Amazon e da Cultura. Sincronizar dispositivos instantaneamente é o mínimo que se espera nesses tempos de convergência digital. Sem cabos, sem conexões físicas, sem complicações. De complicada, basta a vida. Quero ligar o ereader, o smarthphone, o tablet e o PC e não ter problemas para ler o livro que comprei. Isso é convergência digital. Essa promessa a Saraiva ainda não cumpriu.
Igor Rodrigues
O que impede de investir num LEV é a inflexibilidade de preços dos ebooks. A Amazon ainda não chegou com tudo por aqui e já faz excelente promoções. Quando chegar os preços vão lá no chão (a despeito do preço-base passado pelas editoras).


Já as demais livrarias não dão nenhum sinal de que vão ajudar nesse sentido.
Igor Rodrigues
Vou colocar a mesma coisa que respondi pra outro cara mais acima:

Cara, a Amazon disponibiliza um programa chamado "Send to Kindle". Tu instala no PC, coloca a conta da Amazon e deixa quieto. Daí em diante sempre que tiver um PDF é só clicar com o botão direito que ele envia sem fio pro Kindle já em formato Mobi. Ah, ele envia livros mobi sem fio também. E manda .docx também. http://www.amazon.com/gp/sendtokindle/pc
Igor Rodrigues
Cara, a Amazon disponibiliza um programa chamado "Send to Kindle". Tu instala no PC, coloca a conta da Amazon e deixa quieto. Daí em diante sempre que tiver um PDF é só clicar com o botão direito que ele envia sem fio pro Kindle já em formato Mobi. Ah, ele envia livros mobi sem fio também.
Fabiana Alves
Obrigada Heitor pela opinião. Vejo que você gostou muito do Kindle.Bem os pontos que estou colocando para fechar a compra é a questão da luminosidade (principal), o preço, o PDF, e também o desempenho, não travar muito. Pois eu não vou me desfazer do meu Kobo Touch que gosto muito tb, mesmo com as suas travadas, a falta de luz e a impossibilidade de ler PDFs.
Fabiana Alves
Obrigada Heitor pela opinião. Vejo que você gostou muito do Kindle.
Bem os pontos que estou colocando para fechar a compra é a questão da luminosidade (principal), o preço, o PDF, e também o desempenho, não travar muito. Pois eu não vou me desfazer do meu Kobo Touch que gosto muito tb, mesmo com as suas travadas, a falta de luz e a impossibilidade de ler PDFs.
Heitor Silva de Almeida
Vou deixar minha opinião. Se você quer aliar preço a qualidade, no momento a melhor opção é um Kindle Paperwhite (comprei o meu por 373 reais na Girafa). A tela é muito boa, nítida e muito confortável para ler, com luz ou não. Nesse quesito é melhor que o Glo (já tive um), que apresenta pequenos vazamentos nas bordas e sendo um pouco azulada a luz que me causou um pequeno desconforto, fora os travamentos e lentidão para algumas ações, inexistentes no PW. Não é nada de mais, mas pelo preço atual (479 reais) não vale a pena. Já o Lev não o vi pessoalmente, mas vendo um vídeo no Youtube a iluminação dele me pareceu um tanto azulada e forçada, pois a diferença entre o mínimo e o máximo (regulagem da luz) é muito pequena, dando a impressão de um erro de calibragem que talvez possa ser corrigido com uma atualização. Outro ponto negativo, que pelo menos conta muito para minhas leituras, é sobre o dicionário do Lev, pt-pt, que é muito fraco (segundo comentários de quem comprou, no próprio site da Saraiva). No PW, vc tem dicionários pt-pt, en-en (Oxford), pt-en, en-pt, todos muito bons, além de ter a Wikipedia PT integrada! Mas vi que vc leva em consideração a leitura de PDFs. O PDF Reflow parace ser uma mão na roda mesmo, muito interessante e que pode ser o diferencial desse leitor. Finalizando, acho que se comprar qualquer um dos 3 terá uma boa experiência de leitura. Mas afirmo sem medo de errar que o PW está um passo a frente pela sua qualidade, praticamente perfeito.
Fabiana Alves
É Marcelo é a questão da oportunidade. Eu quero pois, notei que devido a trabalho, etc., o pouco tempo que me sobra é mais à noite, só que ler no Touch é ruim, justamente pela falta dessa luz.

Vou pensar nessa sugestão de comprar agora.
Fabiana Alves
Obrigada pela opinião.
Velho
Saraiva ta dando praticamente, 49% do valor do lev é imposto.
Weber Chaves
Pois é...comprei hoje, não resisti...rs!
Velho
Pensei a mesma coisa, não me arrependi. o reflow é otimo!
Velho
Abri meu LEV ontem e achei muito bom, é realemente LEVE, lê meus pdfzinhos sossegadamente, a luz é mto boa e o software é extremamente simples. ou seja, vc destrava e lê, sem firulas, checkboxes nem mimimi. logo sem distrações. e eu folheei um kobo na livraria sariava (n lembro qual) e achei a o software do meu lev beeeem + fluido.
Velho
Tambem gostei, pq é mto Simples, simples mesmo. sem firulas e tal e extremamente leve
Heitor Silva de Almeida
Já tive um Kobo glo e agora estou com o paperwhite e digo uma coisa: tem que surgir um e-reader muito bom no futuro para que eu troque o PW. O Kobo Glo é um bom aparelho, mas achava a luz muito azulada e percebia claramente alguns vazamentos, além dos travamentos ocasionais. Já no PW não encontrei nenhum defeito, tela muito nítida e iluminação uniforme, resposta boa aos toques e bons dicionários etc. Não vi o Lev pessoalmente, mas a iluminação me parece um tanto forçada e azulada, além do dicionário PT-PT ser muito fraco, segundo comentários de quem comprou. Ou seja, jamais trocaria o certo pelo duvidoso. Me parece que o único que se aproxima em qualidade do PW é o Kobo Aura HD (talvez este seja até melhor, mas o preço é extorsivo rs).
Itlof
Quem colocar o e-reader de 199 primeiro eu compro! Amazon ou Saraiva!
Italo F.
Quem colocar o e-reader de 199 primeiro eu compro! Amazon ou Saraiva!
Marcelo Munhoz
Bom dia, Fabiana.

Pelo o que você disse, já está habituada ao ecossistema de ePUBs e PDFs. Eu também tinha um Kobo Touch e há pouco tempo o troquei por um Kindle. No meu caso, a troca foi por ler muito, em qualquer lugar com pouca luminosidade ou não e também, por precisar pesquisar preços sites afora. Eu pesquisava na Saraiva, Cultura, Kobobooks e Gato Sabido antes de comprar. Por um lado é bom ter opções de loja (acervo e preços), porém eu cansei de garimbar. As promoções da Amazon são bem agressivas, e o acervo deles é bem interessante.

Quanto a "se o preço cair no fim do ano..." eu não quero ser chato, mas se você tiver grana agora e puder gastar, fazer em vezes ou à vista, faça sua escolha e seja feliz! Não podemos comprar algo e pensar depois: "Putz, o preço caiu!" A vida é movimento, o valores mudarão sempre.

O que você deve se perguntar é: "Eu quero/preciso mesmo?". Se a resposta for sim, e voltando ao ter grana, então compre! Caso contrário, serão QUATRO meses de espera.

Eu entendo que estamos falando de dinheiro, contudo, como diria a propaganda... "A vida é agora."
Fabiana Alves
Bom dia.


Essa foi a melhor resenha que vi na net até agora sobre o Lev.
Eu estou bem inclinada a comprá-lo, mas o que me pega e muito é a questão do preço.


Eu já tenho um Kobo Touch. Paguei um preço e depois foi baixando o que me deu raiva.

Depois eu vi que gostaria muito de poder ler a noite e por isso considerei em comprar o Glo só que perdi a grande promoção do começo do ano (na verdade estava sem dinheiro, rs...), o que me deu uma baita raiva e desde então estou aguardando para ver se abaixa esse preço e nada até agora.

Aí, surgiu nesse mês o Lev e comecei a ver as avaliações e comecei a considerar de comprar o Lev com luz. Essa resenha me convenceu, mas o preço nem tanto.

Eu tenho medo de comprar agora e depois abaixarem no final do ano ou o próprio Glo abaixar como estava esperando, ou nem abaixar e voltar para o preço normal e aí eu perder esse valor "promocional".

Ou seja, eu não sei o que fazer, rs... e o Higa ainda comenta para aguardar...

O que fazer? Comprar o Lev agora? Aguardar e ver se acontece alguma mudança no Glo, inclusive baixando o preço? O Lev poderá baixar o preço?


O que me fez considerar trocar o Kobo pelo Lev foi o PDF reflow.

Gente por favor me dê uma luz.... rs...
Victor Pereira
Ah, velho, eu gostei mais do Lev, sim. Talvez por motivos muito subjetivos, até por que, como aparelhos, ambos são muito parecidos... Na minha opinião, entre Kindle Paperwhite, Kobo Glo e Saraiva Lev, tentar definir qual é o melhor aparelho é quase como tentar dizer, entre loiras, morenas e ruivas, quais são as mais gatas: vai de cada um! :-)
Exibir mais comentários