Início » Aplicativos e Software » Google lança versão final do Chrome de 64 bits para Windows

Google lança versão final do Chrome de 64 bits para Windows

Por
5 anos atrás

O Google disponibilizou hoje (26) a versão 37 do Chrome, cujo destaque está no suporte ao DirectWrite, técnica que melhora a aparência das fontes renderizadas. Mas esta não é a única grande novidade: na surdina, a empresa lançou também a primeira versão estável (final) do Chrome de 64 bits para Windows 7 e 8.

Uma prévia da novidade havia sido disponibilizada em junho nos canais experimentais Dev e Canary. No final de julho, o Chrome de 64 bits chegou à fase beta, sinalizando que a liberação da versão final estava próxima.

De lá para cá, de fato, apenas retoques finais foram aplicados. Não houve mudanças na interface ou acréscimo de funcionalidades. Externamente, a versão praticamente não difere do tradicional Chrome de 32 bits.

Quais as vantagens da versão de 64 bits, então? Segundo o Google, melhor desempenho, estabilidade e segurança.

Chrome para Windows

A empresa explica, por exemplo, que a execução do codec VP9, usado para reproduzir vídeos em alta definição, está 15% mais ágil no Chrome de 64 bits. Além disso, a renderização de páginas nesta versão consegue ser quase duas vezes mais rápida que no Chrome de 32 bits.

No aspecto da segurança, o diferencial está no suporte ao ASLR (Address Space Load Randomization) do Windows, recurso que atribui endereços de memória aleatórios a bibliotecas, executáveis e afins, dificultando a localização destes dados para ataques ou infiltração de softwares maliciosos.

O Google ressaltou que o Chrome de 64 bits não tem suporte a plugins NPAPI, mas esta não é necessariamente uma notícia ruim: a empresa vem desestimulando o uso desta API desde 2013 por causa da sua segurança reduzida. A companhia espera inclusive poder eliminar o suporte a NPAPI do Chrome de 32 bits em um futuro próximo.

A despeito dos testes exaustivos, o Google sabe que o novo Chrome pode ter problemas consideráveis ainda não descobertos, o que explica a discrição no lançamento.

Quem quiser instalar a versão de 64 bits deve acessar a página de download do Chrome e clicar no link com os dizeres “Windows 64-bit”. Caso a opção não esteja aparecendo, o link direto é este. Vale frisar que esta versão substitui instalações de 32 bits previamente existentes.

De acordo com o Google, o lançamento não afetará o desenvolvimento do Chrome de 32 bits.