Início » Legislação » Sony BMG manda YouTube tirar RickRoll original do ar [e muda de ideia logo depois]

Sony BMG manda YouTube tirar RickRoll original do ar [e muda de ideia logo depois]

Por
9 anos e meio atrás

Se você chegou agora na internet (bem-vindo(a) e assine o feed do Tecnoblog), provavelmente não deve conhecer o RickRoll, um meme que habita a rede mundial de computadores há algum tempo. Ele consiste em sacanear seus amigos noobs enviando-os um link para um vídeo do YouTube e uma descrição interessante. Ao abrir, seu amigo vai perceber que o vídeo não é nada que foi descrito, mas sim o clipe da música “Never Gonna Give You Up”, do cantor americano Rick Astley.

"Never gonna give you up/ Never gonna let you down" #NOT

O vídeo se tornou um viral, atingindo mais de 30 milhões de views no site de compartilhamento de vídeos do Google. Esse número não deverá crescer mais, já que o vídeo original foi tirado do ar hoje pela atual detentora dos direitos autorais da música, a Sony BMG. Obedecendo ao chamado DMCA Takedown Notice (aviso de infração de copyright americano) enviado pela empresa, o YouTube não teve outra opção, senão tornar o vídeo inacessível (aqui está a prova, em forma de captura de tela).

Para ajudar a entender as possíveis causas para essa ação repentina por parte do braço musical da Sony, separei as três possibilidades mais plausíveis. 1: A Sony pode achar que vai ganhar mais dinheiro ao tirar o vídeo do ar, pois as pessoas irão comprar a música em vez de ver o clipe; 2: Os advogados da empresa têm bastante tempo livre e por isso vão tirar do ar todas as dezenas centenas milhares de cópias do clipe, começando pela enviada originalmente; 3: Algum executivo do alto escalão da companhia foi Rickroll’ado tantas vezes que se enfureceu e resolveu cortar o mal pela raiz.

Acredito que a terceira opção seja a mais crível. Ou, como se trata de uma gravadora, a menos estúpida. [Neowin]

[Atualização às 17:22]: Aparentemente a Sony voltou atrás na sua decisão e o vídeo está acessível novamente. Obrigado ao Matheus Bonela pela dica nos comentários!

Mais sobre: , , ,