Início » Telecomunicações » Uso de 2G cai para menos da metade do total de celulares no Brasil; 3G e 4G avançam

Uso de 2G cai para menos da metade do total de celulares no Brasil; 3G e 4G avançam

Emerson Alecrim Por

Nesta quinta-feira (28), a Anatel publicou seu relatório mensal sobre a telefonia móvel no Brasil. Os dados divulgados mostram que, no mês de julho, o número de celulares que operavam apenas com redes 2G no país finalmente caiu para menos da metade.

Julho de 2014 encerrou com 276,15 milhões de linhas móveis ativas. Deste total, pouco mais de 134 milhões utilizaram somente tecnologias 2G (GSM e CDMA), número que corresponde a 48,5% da base.

É um decréscimo significativo se olharmos para o início do ano: janeiro de 2014 fechou com 157,57 milhões de acessos 2G de um total de 272,35 milhões de linhas móveis.

Parte da explicação está na adesão a celulares mais sofisticados que, consequentemente, levam à adoção crescente de redes móveis mais avançadas - ao mesmo tempo que o uso de 2G caiu, os acessos a redes 3G e 4G aumentaram consideravelmente.

Antena de telefonia móvel

Em janeiro, a quantidade de linhas habilitadas para 3G era de quase 105 milhões. Em julho, este número saltou para 130 milhões de linhas, aproximadamente.

Serviços LTE também avançaram bastante, mas ainda representam uma minúscula parcela: de 1,56 milhão de linhas em janeiro passaram para 3,67 milhões em julho.

A penetração de serviços 4G no Brasil só deve alcançar proporções mais expressivas depois da disponibilização da faixa de 700 MHz, cuja implementação será concluída apenas no final de 2018.

Em relação ao panorama atual, a Vivo continua como operadora líder do segmento, mas seguida de perto pela TIM: ambas fecharam julho com 28,75% e 26,93% de participação, respectivamente. A Claro aparece na terceira posição com 24,96%. Na quarta, um pouco mais distante, está a Oi com 18,5%.

Mais sobre: , , ,

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

gabriel henrique
eu moro em goiânia e viajo por goias inteiro da para contar nos dedos de UMA mão quantas cidades tem 3g. Uso tambem um celular da vivo e pqp tem vezes que nao tem sinal de telefone da tim e tem 3g da vivo
Eliezer
Cara e tem cidade por exemplo como Cambuí MG, a cidade tem 35 mil habitantes está as margens da Fernão Dias a 150 km de SP e não tem 3G.... não dá pra entender...
Adriano Garcez
Se o 3G funcionasse bem...

Moro na região metropolitana e, mesmo na capital, a internet não funciona bem. 4G só funciona em algumas regiões da capital.
Guilherme Macedo
Já tentei usar 3G (na verdade 3,5G) mas não dá. Simplesmente o sinal não existe na maior parte do tempo e fico fora de área para quem tenta ligar. E isso que moro em capital. Imagina no interior.
Wendel Schelhan
Com a TIM muitas vezes me deparo com o E de Edge lá no topo da tela do meu telefone.. E o pior é que ele simplemente não funciona nem para mandar e receber mensagens via WhatsApp.
Felipe Ferreira
3G com velocidade de Modem 56k nas grandes cidades, e mais longe ainda, ainda vejo o "E" no meu celular, ainda falta muito arroz com feijão pra isso mudar de verdade.
David Diniz
FINALMENTE! Aguardando o dia em que as operadoras aqui desliguem o arcaico 2G e fique no mesmo museu do 1G(AMPS)