Início » Computador » Intel renova linha Core i7 com três novos processadores Haswell-E

Intel renova linha Core i7 com três novos processadores Haswell-E

Emerson Alecrim Por
5 anos atrás

A Intel anunciou nesta sexta-feira (29) três novos processadores para a linha Core i7: os modelos 5960X, 5930K e 5820K. Todos pertencem à suntuosa família de chips Haswell-E e, como a maioria dos modelos i7, vêm para atender ao segmento de PCs de alto desempenho.

Novo Intel Core i7

Performance é mesmo a palavra de ordem nestes lançamentos. Os três processadores possuem suporte a memórias DDR4 (quad-channel), de 15 a 20 MB de cache L3, compatibilidade com PCI Express 3.0, tecnologia de fabricação de 22 nanômetros e transistores Tri-Gate 3D, por exemplo.

Com seus oito núcleos e clock de 3 GHz (3,5 GHz em modo turbo), o Core i7-5960X assume o posto de modelo mais sofisticado de toda a linha. Os chips i7-5930K e Core i7-5820K, por sua vez, contam com seis núcleos.

Mas o destaque fica mesmo para a compatibilidade com memórias DDR4. Além de terem ótimo desempenho, módulos do tipo conseguem ser mais econômicos no consumo energético por operarem com tensão de 1,2 V. Na tecnologia DDR3, o padrão é 1,5 V.

Outra vantagem está na maior densidade dos chips DDR4. Na prática, isso significa que é possível incluir mais gigabytes em um único módulo - teoricamente, até 128 GB.

chips Haswell-E

Os novos processadores chegam junto de um aliado importante: o também avançado chipset X99. O componente traz suporte nativo a uma série de tecnologias atuais, como USB 3.0 (até seis portas neste padrão, mais oito USB 2.0), Thunderbolt 2 e SATA Express.

Como os novos Core i7 vêm para fazer parte do segmento Extreme Edition (na verdade, apenas o modelo i7-5960X), ou seja, são voltados para gamers exigentes e entusiastas, não dá para esperar preços muitos convidativos. Nos Estados Unidos, os modelos chegam ao mercado nos próximos dias com os seguintes preços sugeridos:

  • i7-5960X: US$ 999;
  • i7-5930K: US$ 583;
  • i7-5820K: US$ 389.

Fabricantes como ASUS, Gigabyte e MSI já prometeram placas-mãe baseadas no Intel X99. Sofisticado que é, é óbvio que este chipset também não facilitará as coisas para o bolso.

Ainda não há informação de lançamento no Brasil.

Com informações: ExtremeTech

Mais sobre: , , ,