Início » Celular » Moto 360 é desmontado pelo iFixit

Moto 360 é desmontado pelo iFixit

Sim, ele é bem difícil de ser reparado

Paulo Higa Por

moto-360-desmontado

O iFixit costuma desmontar novos gadgets assim que chegam ao mercado e fez o mesmo com o Moto 360. Com alguma dificuldade, eles destrincharam todos os minúsculos componentes do primeiro smartwatch da Motorola com Android Wear e concluíram o que você provavelmente já suspeitava: sim, o Moto 360 é um produto bem difícil de ser consertado.

A dificuldade começa logo ao remover a parte traseira da caixa do relógio: ela é grudada com uma cola bem forte, e o iFixit precisou esquentá-la várias vezes com um acessório específico para conseguir retirar a tampa. Mesmo fazendo tudo com cuidado, a tampa quebrou. Pensando pelo lado positivo, isso significa que você não deverá ter problemas com água ou poeira entrando ali (isto é, se não decidir desmontar o relógio).

Oops!

Oops!

moto-360-abre

Ao abrir o Moto 360, você verá um anel de borracha (para proteção contra água), uma pequena placa-mãe fixada a cabos flat aparentemente bem sensíveis, e a bateria de apenas 300 mAh — lá fora, onde o Moto 360 já está sendo vendido, os primeiros reviews criticaram bastante a autonomia do relógio, dizendo que às vezes o Moto 360 chega a morrer antes do smartphone.

moto-360-bateria

Nos circuitos, há um módulo LPDDR de 512 MB, uma memória flash de 4 GB e controladores de USB 2.0 e touchscreen. O destaque (negativo) fica por conta do OMAP3630, um processador da Texas Instruments bem antigo. A Motorola havia usado o mesmo chip no smartwatch MOTOACTV (lembra dele?) e quase o mesmo no Milestone 2, de 2010 — este último usava um SoC um pouco melhor, o OMAP3640. É bem verdade que não precisamos de um poder de processamento monstruoso em um relógio, mas… né?

O iFixit concluiu que, embora a pulseira seja bem fácil de ser substituída (nada mais natural), o Moto 360 possui uma cola muito difícil de ser removida sem afetar a proteção contra água do relógio. Além disso, a bateria e a tela só podem ser substituídas ao desmontar completamente o Moto 360, o que é bem trabalhoso. Por isso, o índice de reparabilidade (10 é mais fácil de ser consertado), foi de apenas 3/10.

Você pode conferir o desmanche completo do Moto 360 (e do carregador sem fio) no iFixit.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Junior Gregorio

Pois é, mas pra trocar a bateria, fica em R$ 399

Junior Gregorio
Pois é, mas pra trocar a bateria, fica em R$ 399
Eduardo Verga
Comprei esse relógio recentemente e quase arranquei os cabelos quando vi a tampa traseira trincada POR NADA. É muito frágil, decepção total. :(
Orlando Filpo

INFORMATIVO!! Proteja-se dos assaltos! Relógios Replicas com qualidade AAA, as melhores lojas de réplicas no Brasil em SP.. Réplicas de Relógios, dicas e promoções exclusivas...vários modelos temático sobre carros e motos das marcas de Réplicas de Relógios Masculinos , Réplicas de Relógios de Luxo.
Acesse: www.replicasderelogiosfamosos.eco.br.

Leonardo
Já esta aí o v2 e não mudou o processador.
Gabriel Arruda
O processador é de 40nm, certamente um com processo de fabricação mais moderno seria melhor em relação ao consumo.
Anayran Pinheiro
Mas aí tem que ver se eles otimizaram o software... Só ver que a Samsung sempre tem um belo hardware mas que quase sempre leva um pau de midranges da Sony e motorola...
SKY

Curioso reparar que a versão do Moto 360 do ifixit é a brasileira...

André Mokwa
Curioso reparar que a versão do Moto 360 do ifixit é a brasileira...
Abimael Eugenio
Fico imaginando,qual seria a sensação de estar com uma bomba no pulso,imaginem quando essas baterias começarem a explodir a exemplo do que tem ocorrido com freqüência com os Smartphones?
Rodrigo Cerqueira
Que mancada esse processador. Enquanto o LG G Watch R vem com um mais moderno (consumo bateria otimizado, em tese). Ponto para a LG na minha lista de preferência Moto 360 x LG G Watch R
Marcão Sparcos
Esse cara que está desmontando, tem que dar uma cortada nas unhas huahuauhauhuha
Thiago
Agora é para os beta testers... a V2 ano que vem imagino que virá mais moderna... E também penso como você, só vale a pena o upgrade se for para economizar energia porque, afinal, se você quer processamento pesado, vai pegar o celular do bolso mesmo.
Eliezer
Oops... se até eles quebraram, fico feliz já que são especialista, eu já fiz alguma proezas fazenso reparos e manutenções de telefones e smarts aqui..
Cardoso
Eu sou o tipo de pessoa que ainda se impressiona com a genialidade por trás de tais criações... Esse Moto 360 é um espetáculo!
Exibir mais comentários