Início » Celular » Zenfone 5: uma olhada no primeiro smartphone da Asus para o Brasil

Zenfone 5: uma olhada no primeiro smartphone da Asus para o Brasil

Por
5 anos atrás

asus-zenfone-5-hands-on-abre

A Asus é mais conhecida por vender placas-mãe, mas também está presente em outros mercados, incluindo o de smartphones. A taiwanesa está prestes a trazer seus primeiros aparelhos ao Brasil, começando pelo Zenfone 5, um intermediário de tela grande que roda Android e será lançado no país em outubro por menos de mil reais. O que ele tem de bom?

O Zenfone 5 logo chama a atenção pelo design, que gera um misto de sensações positivas e negativas. Positivas porque, realmente, ele é um aparelho muito bonito: a parte inferior frontal, que reflete a luz de maneira diferenciada, é sensacional. Negativas porque é quase um crime deixar uma moldura tão grande em volta da tela, contribuindo para aumentar ainda mais o tamanho de um aparelho que já não é compacto.

asus-zenfone-5-lateral-topo

Mesmo assim, o Zenfone 5 é confortável de segurar, principalmente por causa da traseira, que possui uma curvatura agradável para as mãos. Isso também colabora para tornar a espessura mais fina — nas bordas, o corpo chega a apenas 5,5 mm. É uma abordagem parecida com a do Moto G, que também possui uma pegada muito boa.

asus-zenfone-5-lateral

asus-zenfone-5-meteorologia

A tela IPS LCD de 5 polegadas tem resolução de 1280×720 pixels e uma ótima definição, com contraste satisfatório, brilho alto e saturação na medida — de qualquer forma, para quem prefere cores mais vivas e tons mais quentes ou frios, é possível ajustar estes e outros detalhes por meio de um aplicativo pré-instalado, o Splendid. O visor é coberto com Gorilla Glass 3 e pode ser usado inclusive se você estiver com luvas.

Screenshot_2014-09-22-11-54-43

O Android 4.3 Jelly Bean (a atualização para o KitKat está a caminho) roda a interface personalizada da Asus, chamada de ZenUI. Eu ainda prefiro a experiência pura do Android, mas não dá para negar que a Asus conseguiu desenvolver uma interface bem agradável, que adota tons claros, um visual mais plano, sem skeumorfismos, e aplicativos com interfaces caprichadas.

Quanto ao hardware, estamos falando de um conjunto respeitável que consegue manter um bom desempenho, ao menos nos minutos em que tive contato com o Zenfone 5. O processador é um Intel Atom Z2560 com dois núcleos x86 de 1,6 GHz — na prática, o poder de CPU é semelhante ao do Snapdragon 400 que equipa boa parte dos aparelhos dessa faixa de preço. O destaque fica por conta dos 2 GB de RAM (aí sim!).

Para provar que o Zenfone 5 é um aparelho para as massas, o modelo que será vendido no Brasil é o A501CG, que possui entrada para dois chips. A Asus diz que o aparelho possui duas antenas 3G, o que melhora a eficiência do sinal.

asus-zenfone-5-traseira-aberta

Completam o hardware o armazenamento interno de 8 GB (com direito a entrada para microSD de até 64 GB) e a bateria de 2.050 mAh. A câmera traseira traz alguns mimos no software, como a possibilidade de configurar o ISO, brincar com profundidade de campo e usar o HDR — e, com lente de abertura f/2,0 e sensor retroiluminado de 8 MP fabricado pela Sony, gera uma boa expectativa quanto à qualidade das fotos.

Quando chega

A Asus confirma que o Zenfone 5 será lançado no Brasil no dia 15 de outubro e terá fabricação nacional, o que deve contribuir para diminuir o preço. A empresa fará um evento de lançamento no país para apresentar também o Zenfone 6, um smartphone gigante com tela de 6 polegadas. Os preços dos aparelhos ainda não foram divulgados.

Saberemos mais sobre o desempenho no dia a dia, a qualidade da câmera e a duração da bateria do Zenfone 5 no review completo, que será publicado nas próximas semanas. O que você quer saber sobre ele?

Mais sobre: ,