Início » Internet » Google Play Music começa a funcionar no Brasil, mas restrito a alguns aparelhos da Samsung

Google Play Music começa a funcionar no Brasil, mas restrito a alguns aparelhos da Samsung

Emerson Alecrim Por
5 anos atrás

O mercado de streaming de áudio no Brasil acaba de ganhar mais um forte competidor: o Google Play Música - lá fora conhecido como Google Play Music - começou a funcionar nesta segunda-feira (22) no país. Mas, nesta fase inicial, apenas usuários de alguns aparelhos da Samsung poderão acessar o serviço.

Há uma explicação para esta decisão. A Samsung não pretende lançar seu serviço de streaming Milk Music na América Latina, logo, optou por fechar um acordo com o Google para que este ofereça o Play Música na região para novos usuários dos modelos Galaxy S4 e S5 (incluindo as versões Duos e Mini deste último), dos tablets Galaxy Tab S e do futuro Galaxy Note 4.

Donos destes aparelhos poderão acessar o Google Play Música gratuitamente por seis meses, desde que a conta seja ativada até 31 de janeiro de 2015. Usuários de outros smartphones da Samsung e da linha de fones e caixas de som Level poderão fazer o mesmo a partir de 1º de novembro. Para estes, o período de gratuidade será de três meses.

Google Play Music

Convém destacar que os usuários que ativarem o Google Play Música em um aparelho da Samsung poderão acessar o serviço a partir de outros smartphones. Conforme explica o jornalista Henrique Martin, do ZTOP, cada conta devidamente habilitada pode funcionar na web e em até dez dispositivos Android diferentes, não importa o fabricante.

De acordo com Ady Hardy, executivo que cuida das parcerias do Google Play na América Latina, usuários de dispositivos Android de outras marcas terão acesso ao Play Música até o final do ano. Os preços para o mercado brasileiro ainda não foram definidos. Nos Estados Unidos, a assinatura custa US$ 9,99 por mês. Podemos esperar algo que não ultrapasse a casa dos R$ 20, portanto.

Brigar com serviços como Rdio, Deezer e Spotify não será tarefa fácil, mas potencial o Play Música tem: além de ostentar o nome "Google", o serviço conta com um acervo de mais de 25 milhões de músicas (incluindo artistas brasileiros), faz reprodução offline, permite ao usuário complementar a sua biblioteca online com arquivos MP3 (independente da origem deles) e vende faixas no melhor estilo iTunes.

Atualização às 20:30: a Samsung informou que o Google Play Música "completo" só está sendo liberado para quem comprar um dos mencionados aparelhos da marca a partir de hoje (22). Os demais usuários terão acesso ao serviço a partir de 1º de novembro. É importante informar também que alguns usuários de dispositivos de outros fabricantes estão conseguindo utilizar a loja do serviço, embora ainda não estejam tendo acesso ao streaming ilimitado.