whatsapp-logo

O Facebook anunciou em fevereiro que estava comprando o WhatsApp por US$ 16 bilhões (e mais três bilhões de dólares em ações para os funcionários). A compra passou pela aprovação dos órgãos regulatórios e finalmente está concluída: o Facebook é oficialmente o novo dono do aplicativo de mensagens após um investimento total de US$ 22 bilhões — o equivalente a R$ 53 bilhões pela cotação de hoje.

O valor é maior que o anunciado originalmente porque a compra foi paga em dinheiro e ações: foram US$ 4 bilhões em dinheiro vivo e US$ 15 bilhões em papéis do Facebook. As ações do Facebook valorizaram em torno de 15% nos últimos meses, e os funcionários do WhatsApp também se beneficiaram da alta.

US$ 22.000.000.000,00 é um número tão grande que nem conseguimos imaginar o que dá para fazer com tanto dinheiro. Então nós vamos fazer igual os jornais e mostrar algumas equivalências. Com esse montante, é possível comprar:

Com a conclusão da aquisição, o CEO do WhatsApp, Jan Koum, passa a ser membro do conselho do Facebook. Ele terá um salário anual simbólico de apenas US$ 1, o mesmo de Mark Zuckerberg. Seu “pagamento” é em ações: Koum recebeu 24.853.858 ações do Facebook como incentivo, que hoje valem o equivalente a R$ 4,7 bilhões.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

ReNas

Você vai me gerar algum bilhão? Se não eu mesmo faço (em mais de uma semana, com certeza).

R_nascimento
Você vai me gerar algum bilhão? Se não eu mesmo faço (em mais de uma semana, com certeza).
Kazz
Tranquilo, você paga minhas horas de desenvolvimento?
ReNas

Faz aí então.

R_nascimento
Faz aí então.
Lucio717
Não viaja não, eles não só deixaram oficial como sabem muito bem que se mudar eles perdem o app, o whatsapp é o maior mensageiro do planeta, eles não vão fazer cagada. "Estragaram" o instagram? Engraçado, pq todo dia ele ta entre os 10+, ninguém para de usar, foursquare já nasceu morto por ser inútil num mundo onde existe yelp.
Ramon Floriano
Cara, conheço muitas dessas "comprinhas" que já acabou com a vida de vários ótimos aplicativos. Independente? Fala isso pro Facebook que disse a mesma coisa pro Instagram e retirou a chamada de localização das fotos do BD do Foursquare e empurrou para o morto Facebook Places. Meu "não" enorme foi por isso, a qualquer momento o Facebook pode alterar o funcionamento do aplicativo sem se preocupar com ninguém. Não é drama, tenho bases. E, por favor, não subestime meu conhecimento. Abraços!
Lucio717
Não por quê? Mais um que pensa "hur facebook comprou agora estragou dur", tenha paciência. O Whatsapp vai continuar sendo independente, eles só tem suporte financeiro infinito do facebook, pessoal e questões administrativas, menos draminha, mais conhecimento
Lucio717
é horrível, acredite kkkkkkkk já comi num cinema daqui, 50 reais por aquela pipoca tamanho grande e com um óleo de sabor, simplesmente ridícula de ruim kkkkk
Ramon Gonçalves
1 semana cara??? sério? ah nem viu
Michael Felipe
Sim Kazz. Mas, por coincidência ou não, o aplicativo Messenger do Facebook melhorou muito após anunciada a compra do WhatsApp.
Kazz
Isso não é nenhuma mágica específica deles, Michael. Uma mensagem escrita possui apenas alguns bytes, o que pode ser enviado utilizando até mesmo redes EDGE (pré-3G), por isto que ele consegue enviá-las (e recebê-las) sem problemas.
Michael Felipe
A tecnologia também. Acho incrível como consigo enviar mensagens no WhatsApp e, no mesmo instante, não consigo fazer mais nada com o ruim sinal da 3G. Com certeza o WhatsApp possui um protocolo de rede especial que permite essa facilidade de envio.
Guilherme C.
Não é pago em dinheiro. São ações ordinárias e preferenciais, ou seja, dinheiro virtual e futuro, que pode ou não aparecer, e direito de voto no conselho da Facebook Inc.
Kazz
Todo esse montante por um aplicativo que (nas suas versões iniciais) deve ter levado uma semana para ser feito. Isto prova que o que importa não é a tecnologia, mas sim sua base de usuários.
Exibir mais comentários