A Motorola está trabalhando em um smartphone topo de linha que ficará posicionado acima do novo Moto X. As informações do manual do Droid Turbo, que vazou nesta semana, indicam que o aparelho terá uma tela de 5,2 polegadas com resolução de 2560×1440 pixels, câmera de 21 megapixels com filmagem em 4K e bateria com capacidade acima da média.

moto-droid-turbo

Só que a linha Droid é exclusiva da operadora norte-americana Verizon, então qual a relevância disso para quem mora no Brasil? A princípio, nenhuma. Mas não é raro a Motorola lançar variantes internacionais de seus aparelhos Droid. E há boas razões para acreditar que um modelo semelhante chegará ao Brasil.

O argumento mais óbvio é que há um buraco na linha de smartphones da Motorola quando comparamos com as outras fabricantes. A empresa de Chicago trouxe o Moto X ao Brasil por R$ 1.499. Ele já mostrou que compete igualmente com smartphones mais caros, mas possui uma câmera nada surpreendente — um aparelho na faixa dos dois mil reais com sensor de alta resolução tem potencial para satisfazer os mais exigentes.

O manual do Droid Turbo mostra que ele é chamado internamente de XT1254. A Anatel homologou na última semana um smartphone da Motorola denominado XT1225, um código de modelo bem próximo — e, portanto, uma possível variante internacional do Droid Turbo. Como ele passou sob confidencialidade, não há detalhes divulgados; por enquanto, sabe-se que o aparelho é compatível com o 4G brasileiro de 2.600 MHz.

Além disso, um passarinho me contou que teremos novidades até o final de outubro.

De resto, o documento indica a presença de NFC, botões capacitivos na parte frontal (!) e os mesmos truques de software do Moto X, incluindo o Moto Voice, que escuta seus comandos de voz mesmo quando a tela estiver desligada; e o Moto Display, que exibe notificações, como mensagens e ligações perdidas de maneira discreta, com o smartphone em standby. Vazamentos anteriores indicavam processador quad-core de 2,65 GHz (Snapdragon 805), 3 GB de RAM e armazenamento de 32 GB.

Você pode ler mais informações sobre o aparelho no manual do Droid Turbo hospedado no Motofirmware.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Christine Silveira
Tem alguma diferença de tamanho entre o xt1254 e o xt1225? Obrigada
Felipe Menezes
Eu fui sábado em uma fabrica de embalagens em Jaguariuna, que fornece para a Motorola e para a Samsung de campinas e esse aparelho vai resgatar a sigla MAXX, pelo menos a imagem é parecida com a imagem da caixa que estava em produção.
Dids
Vendeu.
tchub27
eu tive um razr maxx em 2012 e a bateria dele durava muito, só a camera que era terrivel, o desempenho pra epoca era até bom, mas bem que podiam lançar uma versão nova dele
Arakaki

Deveriam lançar é uma versão nova do Maxx, aquele era legal, pra mim não importa tanto uma câmera com 100MP, prefiro uma bateria que dure mais de um dia tranquilo.

Marcelo Arakaki Guimarães
Deveriam lançar é uma versão nova do Maxx, aquele era legal, pra mim não importa tanto uma câmera com 100MP, prefiro uma bateria que dure mais de um dia tranquilo.
edigital

Ei! google n^comprou a motorola e fez o moto x? Agora vem com outro produto sem o nome google? comprou ou não comprou? rssssss

FreD&RiCo
Ei! google n^comprou a motorola e fez o moto x? Agora vem com outro produto sem o nome google? comprou ou não comprou? rssssss
Commie Jew Nazi
Estas resoluções de ecrã tão altas são ridículas, especialmente para telemóveis com pouco mais que 5 polegadas de ecrã. A única maneira de se notar alguma diferença em relação a resoluções 720p é ao andar com o telemóvel encostado à cara e fazer figura de urso.
Quitto

que celular feio, parece aqueles primeiros smartphones com android 2.1

Henirque
que celular feio, parece aqueles primeiros smartphones com android 2.1
Vitor Mikaelson
Acredite, é péssimo. Vou dar exemplo um exemplo... Lumia 930/Icon, Samsung Ativ SE, HTC One M8 (WP) só é vendido na Verizon. Se você quiser ter um high-end com WP na sua operadora (AT&T, T-Mobile, Sprint) E espera o contrato atual seu acabar, de dois anos normalmente, e vai para outra operadora SOMENTE por causa de um aparelho. Se quiser ter um aparelho na sua operadora atual, tem que ter sorte da fabricante ter lançado nela.
Vitor Mikaelson
Acho isso ótimo, na verdade. hahahahha
Di Almeida
Botões capacitivos? Que fora!
Rafael
Ja vi esse aparelho! Conheço uma pessoa que esta trabalhando nos testes. O aparelho realmente é show de bola.
Exibir mais comentários