Início » Celular » Motorola revela Droid Turbo; versão brasileira deve ser anunciada na próxima semana

Motorola revela Droid Turbo; versão brasileira deve ser anunciada na próxima semana

Moto Maxx, com bateria de 3.900 mAh, deve ser apresentado no Brasil em novembro

Paulo Higa Por

A Motorola oficializou nesta terça-feira (28) o Droid Turbo, um smartphone topo de linha vendido em parceria com a Verizon. Exclusivo da operadora norte-americana, o aparelho possui design diferente da atual linha Moto, com acabamento em Kevlar, e uma bateria que promete durar até dois dias. Uma versão internacional, vendida no Brasil, deve ser apresentada na próxima semana durante um evento em São Paulo.

motorola-convite-brasil-pequeno

O convite enviado para a mídia brasileira revela um aparelho com traseira semelhante ao Droid Turbo, apresentado hoje nos Estados Unidos. No evento, que acontecerá no dia 5 de novembro às 10 horas, a empresa pretende fazer um “lançamento global”. A imagem cita a expressão “experiência tecnológica sem limites“, que pode ser ligada ao fato do smartphone possuir uma bateria acima da média.

O Droid Turbo, da Verizon, tem hardware superior ao do Moto X: tela AMOLED de 5,2 polegadas com resolução de 2560×1440 pixels, 3 GB de RAM, processador quad-core Snapdragon 805 de 2,7 GHz, GPU Adreno 420 e câmera de 21 MP. Com o carregador Turbo Charger, a Motorola afirma que a bateria de 3.900 mAh é capaz de aguentar 8 horas de uso com apenas 15 minutos de recarga.

droid-turbo

Com atualização garantida para o Android 5.0 Lollipop, o Droid Turbo herda os principais recursos de software do Moto X, como o Moto Tela, que exibe uma prévia das notificações no display sem gastar muita energia. Os comandos de voz e o controle por gestos também são suportados pelo Droid Turbo.

Uma fonte do Tecnoblog sugere que o Droid Turbo se chamará Moto Maxx no Brasil, resgatando a antiga marca “Maxx” usada para indicar que o smartphone tem bateria de longa duração. O termo foi usado há dois anos, no RAZR Maxx, que possuía uma bateria de 3.300 mAh. A marca Moto Maxx foi registrada pela Motorola em julho no Escritório de Marcas e Patentes dos Estados Unidos.

Um novo smartphone ainda não anunciado oficialmente, denominado XT1225, foi homologado pela Anatel e está autorizado para ser vendido no Brasil. De acordo com o certificado de homologação e o cruzamento de informações, o “Moto Maxx” possuirá bateria de 3.900 mAh, mesma capacidade do Droid Turbo, e suportará o carregador Turbo Charger.

Nos Estados Unidos, o Droid Turbo será vendido pela Verizon a partir de quinta-feira (30), custando US$ 199,99 e US$ 249,99 nas versões com 32 GB e 64 GB de armazenamento interno, respectivamente, ambas com o típico contrato de dois anos das operadoras norte-americanas.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

André Cullen

O design dele me decepcionou, mas o poder dele. Pelo visto ele não é curvo, eu adoro a ergonomia dos demais Moto. Desculpem dizer, mas ele é feio, parece que voltamos no tempo, ele lembra muito os aparelhos da linha Razr, que por si só já dá aparência de antigo, e esse nylon balístico dá a cara ainda de mais antigo, já que é material da II Guerra Mundial. E pra que esses botões capacitivos? O próprio sistema já oferece os próprios botões, e eles se escondem em certas atividades, então não tem essa desculpa.

Fora o design, ele me agradou bastante. A minha única crítica é ao design mesmo, minha tia comprou um Moto X (2.ª geração) justamente por causa do design, mesmo que o Droid Turbo/Moto Maxx seja mais poderoso. Ainda bem que tem o Moto X Style, que oferece o mesmo poder com design premium.

Pietro Grande
O design dele me decepcionou, mas o poder dele. Pelo visto ele não é curvo, eu adoro a ergonomia dos demais Moto. Desculpem dizer, mas ele é feio, parece que voltamos no tempo, ele lembra muito os aparelhos da linha Razr, que por si só já dá aparência de antigo, e esse nylon balístico dá a cara ainda de mais antigo, já que é material da II Guerra Mundial. E pra que esses botões capacitivos? O próprio sistema já oferece os próprios botões, e eles se escondem em certas atividades, então não tem essa desculpa. Fora o design, ele me agradou bastante. A minha única crítica é ao design mesmo, minha tia comprou um Moto X (2.ª geração) justamente por causa do design, mesmo que o Droid Turbo/Moto Maxx seja mais poderoso. Ainda bem que tem o Moto X Style, que oferece o mesmo poder com design premium.
Luan Vinicius
verdade tambem prefiro a tela fica muito melhor aproveitada se comparado aos aparelhos que os botoes sao na tela a diferença é um dedo!
Djw O Imperador
NO BRASIL VALOR ALGUEM SABE ?
Eddy
The Motorola Droid Turbo Android Smartphone is a great phone. It has almost everything that I could want in a smartphone including a fast processor, great display, great camera, active display, long battery life and Qi wireless charging.
Jeu Gomes
TOMARA QUE PRESTE.O VALOR
Caio Daniel Nunes Santos
Eu não decifrei o endereço.
Marco Lancaster
Então, eles tem iluminação, mas tudo indica que mesmo apagados ainda estão ali, ou seja pintados também. Não tenho nada contra, apenas acho o design deles MT a la Jelly Bean, que colocassem no estilo do Lollipop pelo menos.
Yury Martins
Não acredito que sejam pintados, toda foto de divulgação de aparelhos que possuem botões capacitativos mostram eles acessos... Mas não me importo com isso, até prefiro capacitativos mesmo! :)
Henrique Ferreira Lima
Na verdade o Turbo faz parte de outra linha na Motorola. A linha Moto preserva o custo-benefício, enquanto a Droid (ou Razr aqui no Brasil) beneficia mais a duração da bateria e resistência de material por contar com Kevlar no acabamento. Tanto o Turbo quanto o Moto X são high-end, só pertencem a famílias diferentes.
Chazz Matthews
The USA AT&T version has already passed the FCC and will probably be called "Moto X Play" "Droid" may be "exclusive" to Verizon, but the same model under a different name often shows up at other carriers. "Droid Turbo" will become the "Moto X Play" for AT&T. Droid Turbo (Verizon: FCC ID IHDT56PK1) Moto X Play (AT&T: FCC ID IHDT56PK2 ) Has AT&T bands, and the documentation also states that the new device "is electrically equivalent to the certified device carrying FCC ID IHDT56PK1." What I'm REALLY waiting for is a "Pure Edition" of the "Moto X Play" -- like Motorola has done for the 2014 Moto X. No carrier branding, no bloatware, unlockable bootloader.
Marco Lancaster
Acho difícil, já que aparentemente os botões capacitivos parecem pintados + retroiluminação. Daria pra apagar a luz com algumas modificações, mas se forem pintados vão sempre ficar ali.
Caio Everton
Como feliz proprietário do Moto X, não vejo motivos pra sair dele, mas esse celular pqp vei!!! Tá pra assumir a liderança android com folga (pelo menos pra mim que não ligo absolutamente NADA pra câmera). Quem sabe é o sucesso do X quando ele eventualmente morrer/virar uma carroça. :)
Tiago
Kkkkkkkkk. Eu não vi mesmo. O meu iPad2 não está agüentando processar o JavaScript do disqus e aí eu não tenho paciência de rever o texto. Vou refazer a pergunta: esse telefone pode ser carregado pela porta USB de carros e/ou computadores comuns? Ficou melhor, né?
Stormwatch

> porta USB domarão ou deus computador

Ou esse aí estava lokão de dorgas, ou não viu o que o autocorretor do celular aprontou.

Exibir mais comentários