Início » Celular » Negócio concluído: Lenovo é a nova dona da Motorola

Negócio concluído: Lenovo é a nova dona da Motorola

Google vendeu Motorola Mobility para a chinesa em janeiro por US$ 2,91 bilhões

Paulo Higa Por

Em janeiro, o Google anunciou que havia fechado um acordo com a chinesa Lenovo para vender a Motorola Mobility por US$ 2,91 bilhões. O negócio passou pela aprovação dos órgãos regulatórios, incluindo o Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica), e finalmente foi concluído na manhã desta quinta-feira (30). Com a compra, a Lenovo se torna a terceira maior fabricante de smartphones do mundo.

A Lenovo diz no comunicado: “Hoje atingimos uma marca histórica para a Lenovo e Motorola — e juntas estamos prontas para competir, crescer e vencer no mercado global de smartphones. (…) A Motorola já construiu uma posição sólida no mercado e seus resultados recentes mostram que os consumidores estão animados sobre seus produtos excepcionais que se destacam pelo design e simplicidade”.

motorola-lenovo-logo

A compra da Motorola, além de impulsionar a fatia de mercado da Lenovo, vai permitir que a chinesa tenha participação em todo o mundo. A Lenovo até vende mais smartphones que a Motorola, mas a primeira atua em um mercado mais restrito: seus aparelhos são lançados apenas em alguns países da Ásia e Europa, enquanto a Motorola é conhecida mundialmente.

Os US$ 2,91 bilhões investidos incluem a linha de smartphones da norte-americana (Moto X, Moto G, Moto E e Droid), 3.500 funcionários em todo o mundo e as marcas registradas. A sede da Motorola Mobility continuará em Chicago. O acordo da Lenovo não inclui a aquisição da Motorola Solutions, divisão de serviços para o mercado corporativo e governamental, que irá funcionar de maneira independente.

Embora a nova Motorola Mobility possa usar suas patentes, a maioria será de propriedade do Google — o que explica por que o Google comprou uma empresa por US$ 12,5 bilhões e a vendeu por um quarto do valor.

Na próxima semana, a Motorola Mobility fará seu primeiro evento no Brasil como uma subsidiária da Lenovo. A empresa deverá apresentar uma versão internacional do Droid Turbo, smartphone com acabamento diferenciado, bateria de dois dias e hardware topo de linha, acima do atual Moto X. Segundo nossa fonte, o aparelho se chamará Moto Maxx no país.

Comentários

Envie uma pergunta

Os mais notáveis

Comentários com a maior pontuação

Thomas Gonçalves Rodrigues

Queria que isso estivesse certo! Foram 5 anos usando smarthphones da motorola, estava tudo perfeito com meu moto G3, até que ele morreu. Queria continuar usando moto G, comprei um G5S Plus e estragou rápido de mais.

Juliana Pires

Infelizmente sua previsão estava errada! Eu vinha ha anos com celular motorola, até comprar um G5s da Lenovo, celular apodreceu em 3 meses...

BRUNO PENCHEL SANTOS
Adoro a LENOVO, meu notebook é da Lenovo IDEAPAD 300 16GB DE RAM, INTEL CORE 7,AMD RADEON 2GB 1TERA DE HD,só não ascende a luz dos teclados, como a Samsung. Más percebi, que a Lenovo se importa com aceleração gráfica e o desempenho ao invés de aparência estética, que é o mais importante em recursos. Não é a toa que quando diminuímos o brilho da tela, a bateria dura mais, o celular não esquenta e conseguimos usar o sistema sem travar. Achava antes que a Lenovo era uma simples marca genérica, hoje entendo que, pra quem gosta de desempenho pra jogos e filmes, a Lenovo está investindo nesta parte,posso está enganado. Más, Sony Vaio, Samsung e Dell sendo marcas de respeito e ótimas pra trabalho, vindo de fábrica atendem perfeitamente este requisito. Agora falando e celular,meu penúltimo foi o Samsung Galaxy A9 4GB de Ram, cãmera 16MP bateria 5000mha ótimo aparelho modelo recente 2017.Más... nem sempre as Ram de 4GB dava conta de processar direito por ter muito aplicativo da versão do sistema Android atualmente usado pela Samsung, não administra bem como as versões usadas pela Motorola atualmente, depois que foi comprada pela Lenovo. Estamos ciente que o aplicativo facebook , instagram e Messenger(Facebook) são os que consomem mais bateria e recursos do sistema. Espaço livre no celular e cartão de memória, agiliza mais a velocidade do aparelho do que a memória ram. Os aplicativos gerenciam automaticamente espaço livre para atualizações, backup e se preciso download automático. Se não tiver espaço ,os aplicativos forçam a bateria esquentando o aparelho porquê não consegue mais fazer o serviço de gerenciamento do app por falta de espaço até parecendo que a placa está oxidada ou que o aparelho molhou.Digo isto com a tela desligada,celular no bolso e esquentando sem está ligado carregando na tomada. Até agora depois que comprei o Moto G5,não percebi ele esquentando sozinho com a tela apagada com muitos aplicativos rodando ao mesmo tempo, sem contar que carregando o aparelho e mechendo nele com o brilho no talo,não tem jeito de qualquer aparelho não esquentar.
Milianrodrigues Andrade
Comprei Celular Lenovo, queimou a placa com um mês, já esta com mais de 30 dias pra concertar, não tem peça para substituir.
Ricardo Fontes

um dus que ja sei foi o moto g4 play, ja comecou errado, pois um celular fabricado agora, e com praticamente as memsa configurações e mesma recursos do anterior moto g3, e alguns perdas,ao inves de evoluir , ta regredindo , pois o g3 a camera era de 13 megapixel,agora o mai snovo g4 é 8, a tela do g4 nao tem gorrila, resistente a risco, nao sei nao mais acho que os aparelhos agora vao perde espaço no mercado

Ricardo Fontes
um dus que ja sei foi o moto g4 play, ja comecou errado, pois um celular fabricado agora, e com praticamente as memsa configurações e mesma recursos do anterior moto g3, e alguns perdas,ao inves de evoluir , ta regredindo , pois o g3 a camera era de 13 megapixel,agora o mai snovo g4 é 8, a tela do g4 nao tem gorrila, resistente a risco, nao sei nao mais acho que os aparelhos agora vao perde espaço no mercado
Rodrigo Oliveira

pensei que era parceria , mas agora motorola vendeu , queria fazer uma pergunta , quaisos celulas que lenovo ja fez aparti do momento que ela comprou ?

Rodrigo Oliveira
pensei que era parceria , mas agora motorola vendeu , queria fazer uma pergunta , quaisos celulas que lenovo ja fez aparti do momento que ela comprou ?
helder diniz silva Diniz

Estamos criando uma das
melhores empresas em energia e engenharia.

www.hdsgrupo.com.br

E-mail:
[email protected]

HDSGRUPO

Helder Diniz Silva

Sócio Diretor

Keaton
Vixi... a Lenovo comprou a CCE Info e acabou com o (excelente, nunca tive nenhum problema antes da compra) serviço de atendimento ao consumidor deles... quero nem ver o sac da motorola que já era ruim...
Ed. Blake

Como se isso fosse novidade... =\

Tem uma maldita pasta Baidu que aparece a cada app que eu instalo.
Esta empresa é mais viral do que "Mamilos são polêmicos"!

RS_66
Como se isso fosse novidade... = Tem uma maldita pasta Baidu que aparece a cada app que eu instalo. Esta empresa é mais viral do que "Mamilos são polêmicos"!
Leonardo Barros
Mesmo sendo da Lenovo. A Motorola não vai perder a sua identidade. Seria um tiro no pé mudar a fórmula que está dando certo. Se continuar com produtos e preços acessíveis, quando trocar de smartphone vou trocar por uma da empresa.
Julio
Só espero que não ferrem com a melhor empresa de smartphones do momento. Pelo que a Lenovo vem mostrando, acho que não deve acontecer mas...
Luke Skywalker
prevejo baidu nos celulares daqui pra frente